Previsão: NJPW Dominion 6.19


Para muitos amanhã é dia só de Money in the Bank mas para uma grande parte de pessoas na IWC mundial é também dia de Dominion da NJPW! O segundo evento mais importante da New Japan no ano vai rolar na madrugada deste Domingo diretamente do Osaka jo-Hall em Osaka e na preparação para este supershow, o já conhecido daqui da House of Wrestling e administrador do Fórum de Pro Wrestling, Renato fez essa previsão e autorizou a publicação dela aqui no HOW. 

Antes de começar a previsão, gostaria de agradecer novamente o Renato por deixar eu usar o seu texto aqui no blog. Então, sem mais delongas, confira.

Tag Team Match - Jay White Send-Off (Dark Match)
Hiroyoshi Tenzan, Satoshi Kojima & Manabu Nakanishi vs. Jay White, Juice Robinson & David Finlay
Este combate será a despedida de Jay White da NJPW, sendo que já no próximo fim-de-semana irá iniciar o seu período de excursão na ROH. Jay White já tem a sua estreia marcada na ROH frente a Kamaitachi e estou muito entusiasmado para o ver que ele fará nesse ambiente diferente. Apesar do seu estatuto de "Young Lion", nos últimos tempos foi mostrando ser um lutador cheio de potencial e que com apenas 23 anos já trabalha no ringue como gente grande.

White fará equipa com outros dois novatos para defrontar a equipa dos veteranos. Sendo isto um combate pré-show, nem sei se este combate vai estar disponível para visualização na NJPW World ou não. Mesmo que esteja, este é daqueles combates que facilmente se pode passar à frente. O próprio resultado não traz dúvidas, qualquer pessoa que acompanhe New Japan há três dias consegue prever que a equipa de Tenzan, Kojima e Nakanishi vencerá o combate.

Tag Team Match
Bullet Club (Bad Luck Fale, Yujiro Takahashi & Hangman Page) vs. Togi Mabake, Yoshitatsu & Captain New Japan
Adam Page faz aqui a sua estreia na New Japan, depois de ser ter aliado aos Bullet Club no ROH War of the Worlds do mês passado. Nunca pensei que Adam Page pudesse combater pela New Japan antes de Adam Cole mas pronto, o Gedo lá terá as suas razões. Não me parece que ele traga alguma coisa de novo ou de especial qualidade ao roster, mas veremos como se porta nesta oportunidade.

Este é um combate que também deverá ser curto e inofensivo, entre homens sem grande rumo neste momento, em especial Togi Makabe que aguarda o regresso de lesão do seu parceiro Tomoaki Honma. Já Yoshitatsu continua aqui a missão de "Bullet Club Hunter", que tem tido nos últimos meses resultados algo... duvidosos, apesar da recente aliança com Captain New Japan. Mas quando CNJ está numa das equipas, na maioria das vezes já se sabe qual o resultado final, por isso a aposta lógica neste combate vai para os Bullet Club.

Tag Team Match
CHAOS (Tomohiro Ishii & YOSHI-HASHI) vs. Los Ingobernables de Japón (SANADA & BUSHI)
O grande destaque deste combate vai para o desenvolvimento da recente rivalidade entre YOSHI-HASHI e SANADA. A história aqui é basicamente que HASHI se sente desrespeitado por ter passado anos na empresa a "pagar as suas dívidas" enquanto vê SANADA, da mesma geração mas que escolheu o caminho mais fácil, fazer carreira por outras empresas para agora regressar e ser recebido como uma estrela. Com os acontecimentos das últimas semanas, pensei que fossem apostar num combate um contra um entre SANADA e YOSHI-HASHI já para este evento, mas provavelmente estão a guardar isso para o G1 Climax. 

Para além deste pormenor, há claro a mais abrangente rivalidade entre Los Ingobernables de Japón e CHAOS, que têm travado inúmeras batalhas nos últimos meses como Tetsuya Naito e Kazuchika Okada a liderarem as suas stables. Nas últimas semanas os LIdJ têm levado a melhor em quase todos os duelos entre os grupos, por isso acho que aqui será uma vitória necessária para os CHAOS, num combate que pode vir a ser muito interessante.

Singles Match
Hirooki Goto vs. "King of Darkness" EVIL
Mais um combate entre membros dos CHAOS (Goto) e Los Ingobernables de Japón (EVIL). A rivalidade entre estes dois já remonta ao ano passado, ainda Goto não era membro dos CHAOS. No Power Struggle 2015, EVIL fez a sua estreia nos ringue frente a Hirooki Goto, que na altura venceu o combate por DQ. A guerra entre os grupos rivais nos últimos meses veio reacender esta rivalidade, tendo-se defrontado novamente no Wrestling Dontaku do passado mês de Maio, com a vitória a sorrir ao "King of Darkness". 

Nas últimas semanas têm-se repetido as brawls intensas entre estes dois lutadores, e é esse tipo de combate que se pode esperar destes dois. Se Goto estava perdido em termos de booking antes de se juntar aos CHAOS, a mudança não lhe trouxe grandes novidades nesse aspecto. Não sei quais os planos de médio-longo prazo que têm para ele, mas acho que não pode levar aqui mais uma derrota, por isso penso que Goto vencerá este combate.

IWGP Junior Heavyweight Tag Team Championship, Four Way Elimination Match
Ricochet & Matt Sydal (c) vs. reDRagon (Kyle O'Reilly & Bobby Fish) vs. Roppongi Vice (Rocky Romero & Beretta) vs. Young Bucks (Matt Jackson & Nick Jackson)
Mesmo que nunca tenham visto um combate de Puroresu na vida, estas quatro equipas certamente serão conhecidas na maioria, como regulares em Indys como a ROH, EVOLVE e PWG. No Wrestle Kingdom 10, estas mesmas quatro equipas defrontaram-se, mas nunca combate Four Way tradicional, na altura conquistado pelos Young Bucks. Desde aí, estes títulos já deram muitas voltas. Matt Sydal & Ricochet conquistaram os títulos no The New Beginning in Osaka, perderam-nos para os Roppongi Vice no Invasion Attack e voltaram a recuperá-los no Wrestling Dontaku. Confuso, mas na verdade todo o booking desta divisão de tag team o é. RV e reDRagon invocam as suas cláusulas de rematch enquanto os Young Bucks... são os Young Bucks, não sei bem porque foram adicionados ao combate. 

De certeza que será um espectáculo muito bom, mas torna-se difícil apostar numa equipa vencedora. Se os Young Bucks conquistarem os títulos tornam-se na equipa com maior número de reinados na história da NJPW, por isso não descarto uma vitória, apesar de tanto a retenção de Sydal & Ricochet bem como uma conquista dos reDRagon serem opções perfeitamente possíveis.

IWGP Junior Heavyweight Championship
KUSHIDA (c) vs. Will Ospreay
Will Ospreay é aos 23 anos um dos melhores high-flyers do mundo, e está a ter um ano de 2016 com grandes combates num número que muitos lutadores invejariam ter em toda a sua carreira. KUSHIDA é a cara da divisão Junior, campeão desde o Wrestle Kingdom, e também um dos melhores talentos da NJPW dentro do ringue. Não é por isso surpresa que no primeiro duelo entre estes dois, no Invasion Attack, tenhamos tido um combate que foi votado pelos membros do Fórum de Pro Wrestling como o segundo melhor combate do mundo no mês de Abril, só atrás de Sami Zayn vs. Shinsuke Nakamura. Essa foi a estreia de Ospreay na NJPW e, apesar de não ter conquistado o título, deixou o público japonês de boca aberta com as suas capacidades, justificando a aposta de que foi alvo. 

Ospreay conquistou o torneio Best of the Super Juniors, que culminou há cerca de duas semanas, derrotando Ryusuke Taguchi na final, para ter direito a nova oportunidade de defrontar o campeão. Também estou divido em relação ao desfeixo deste combate. Por um lado, KUSHIDA merece ter um reinado longo que o legitime realmente como "Ás" da divisão Junior, mas por outro lado, com duas derrotas consecutivas para Ospreay frente ao campeão o seu momentum poderá abrandar um pouco. Mas uma coisa é certa: este combate vai ser fantástico.

IWGP Tag Team Championship
Guerrillas of Destiny (Tama Tonga & Tanga Loa) (c) vs. The Briscoes (Jay Briscoe & Mark Briscoe)
Para os mais distraídos, Tanga Loa é o ex-Camacho na WWE, Micah na TNA, e irmão real de Tama Tonga, daí a sua aliança natural. Loa estreou-se na NJPW no mês de Março, e logo no seu primeiro combate num grande evento os Guerrillas of Destiny conquistaram o IWGP Tag Team Championship frente a Togi Makabe e Tomoaki Honma, no Invasion Attack. Defenderam depois com sucesso frente aos mesmos adversários no Wrestling Dontaku. Durante os shows da ROH War of Worlds do mês de Maio, onde estiveram presentes várias estrelas da NJPW, os Briscoes conquistaram uma vitória num combate 3 vs. 3 derrotando um dos membros dos G.O.D., e foi a partir daí que este combate surgiu. 

Os Briscoes já não são estranhos ao Japão, tendo estado presentes em vários shows no início deste ano. Tama Tonga e Tanga Loa têm deixado a desejar neste push que têm recebido, tanto no trabalho em ringue como na própria aceitação e interesse do público, por isso veria com bons olhos uma mudança de campeões. No entanto, isso implicaria ter os Briscoes como presenças mais assíduas na NJPW, o que não sei se acontecerá, por isso jogo pelo seguro e aposto na defesa dos campeões.

NEVER Openweight Championship
Yuji Nagata (c) vs. Katsuyori Shibata
Depois de conquistar o NEVER Openweight Champion no Wrestle Kingdom frente a Tomohiro Ishii, defendendo com sucesso contra o mesmo homem no The New Beginning in Osaka, Shibata entrou numa rivalidade com a denominada Terceira Geração da NJPW desrespeitando constantemente as lendas, com uma atitude arrogante que ia sendo alimentada a cada vitória com sucesso do campeão. Shibata conseguiu defender o NEVER Openweight Championship frente a Satoshi Kojima no Road To Invasion Attack 2016 e Hiroyoshi Tenzan no Invasion Attack. Mas no Wrestling Dontaku, Yuji Nagata acabou por dar um banho de humildade ao "The Wrestler", derrotando-o para surpresa de muitos e conquistar o título. No Dominion teremos o rematch entre estes dois, onde Shibata quer mostrar que o que aconteceu no Dontaku foi só um golpe de sorte.

Velhos são os trapos, e Nagata com os seus 48 anos ainda está para as curvas quando a ocasião assim o exige, e no Wrestling Dontaku estes dois deram um combate bastante bom. Aliás, toda esta rivalidade entre Shibata e as lendas tem trazido combates melhores do que muitos esperariam. Sou um daquele que gostaria de ver Shibata ter vôos maiores dentro da NJPW, por isso parte de mim quer que Nagata vença este combate para libertar Shibata para entrar na luta por outros títulos superiores, começando com uma boa prestação no G1 Climax. Mas não fico surpreendido se houver nova troca de campeão.

IWGP Heavyweight Championship, Ladder Match
Kenny Omega (c) vs. Michael Elgin
Até há poucas semanas atrás, era Hiroshi Tanahashi que deveria defrontar Kenny Omega neste combate, num rematch do seu fantástico embate do The New Beginning in Niigata de Fevereiro. No entanto, o japonês sofreu uma lesão grande num ombro que o deixará fora dos ringues durante cerca de dois meses e viu-se assim obrigado a renunciar ao combate. Michael Elgin chegou-se à frente para desafiar o campeão, conseguindo inclusivamente derrotá-lo num combate tag-team dias depois, para legitimar assim a posição, deixando Omega sem outra solução que não aceitar o desafio do ex-ROH World Champion. 

Este não será o primeiro duelo entre Omega e Elgin pelo Intercontinental Championship, tendo-se defrontado no Road to Invasion Attack no mês de Abril, com vitória para Omega. Mas será a primeira vez que se defrontam num Ladder Match. Aliás, será a primeira vez NA HISTÓRIA que um show oficial da NJPW será palco de um Ladder Match. 

Apesar de ter algumas reservas em relação ao facto de estarem a gastar este momento histórico num combate que não é mais que um plano B, não tenho dúvidas de que Elgin será um substituto à medida da ocasião. A sua evolução na NJPW tem sido excelente, principalmente tendo em conta as críticas que os fãs da ROH tinham em relação ao seu trabalho, mas mesmo assim isso não justifica que haja uma mudança de título aqui. O push de Omega ao longo deste ano foi desenvolvido de forma excelente e dentro do ringue está a mostrar ser dos melhores do mundo, por isso este combate tem tudo para ser um daquele que roubará o show.

IWGP Heavyweight Championship
Tetsuya Naito (c) vs. Kazuchika Okada
Para quem está menos familiarizado com a New Japan, Tetsuya Naito teve uma transformação fantástica nos últimos anos que culminou com a conquista do título máximo da NJPW no Invasion Attack, frente a este mesmo Okada. Depois de um período onde esteve bastante perdido em termos de booking, Naito passou parte do ano de 2015 na CMLL, onde reinventou a sua personagem e com isso a sua carreira, dando início àquilo que agora conhecemos como Los Ingobernables de Japón. A sua atitude irreverente e sem respeito por ninguém, nem sequer pelo título que possui, tornou rapidamente num favorito dos fãs, os mesmos que há anos o rejeitavam no main-event. 

Do outro lado temos Kazuchika Okada, o grande nome à volta do qual NJPW está a construir o seu negócio para o presente o futuro dos próximos anos. Apesar de ser IWGP Heavyweight Champion por três vezes, nenhuma teve tanto significado com a sua conquista do início de 2016, derrotando finalmente Hiroshi Tanahashi em pleno Wrestle Kingdom, num combate que serviu para "passar a tocha" e estabelecer o "Rainmaker" finalmente como a grande cara da empresa. Esta posição de Okada tem sido pretexto para muitas palavras fortes de Naito, considerando que Okada tem tido um tratamento privilegiado que não merece, acusando-o de não ter feito nada para merecer esta oportunidade pelo título que terá no Dominion,

Uma teoria bastante popular pela internet é a de que Naito irá reter aqui o título, com Okada a conquistar o torneio G1 Climax que arranca no mês que vem, para conquistar nova oportunidade e finalmente derrotar Naito no Wrestle Kingdom do próximo ano. Mesmo que esses não sejam os planos, não acredito que seja altura para Okada recuperar o título, apesar de o seu ímpeto ser arrefecido um pouco depois da vitória frente a Hiroshi Tanahashi no Tokyo Dome. No Invasion Attack estes dois tiveram um excelente combate, embora ligeiramente manchado pelas interferências de membros de Los Ingobernables e CHAOS. As expectativas estão altas para este main-event.

Confira as notícias mais quentes do pro wrestling, se divirta com os passatempos e muito mais no Fórum de Pro Wrestling!