Rey Mysterio comenta sobre sua primeira passagem pela WWE e mais

Rey Mysterio recentemente concedeu uma entrevista ao Wrestling Podcast de Sam Robert, onde comentou sobre vários pontos em sua carreira. Em especial, sua passagem pela WCW a WWE e muito mais. Confira abaixo os destaques:

 Sobre ser chamado pela WWE:
"Honestamente, não acreditei que me chamaram porque muita gente me havia dito que Vince McMahon não gostava de lutadores pequenos e sim de grandes. Quando compraram a WCW, disseram 'Sente-se com o seu contrato em mãos e desconta os cheques. Não terá que trabalhar. Cobra o salário e quando seu contrato termine, sentaremos para negociar' Sabe o que ? mantiveram a sua palavra. Lembro que em janeiro de 2001, fiz um par de shows em Porto Rico porque nunca havia estado ali, trabalhe na Arena México pela primeira vez, passaram um monte de coisas e queria ganhar o respeito das pessoas. E me chamaram. Jim Ross me disse 'Hey, está pronto para sentar e negociar?' Nos sentamos e negociamos. Eu disse 'todo o que quero é uma oportunidade'. E é isso que eu tive"
Sobre retornar como mascarado na WWE:
"Foi uma ideia dele. E bom, eu gostei. Me disseram que era para voltar mascarado e bom, vinha lutando como um ano e meio sem máscara, pela qual era refrescante, mas também queria voltar a ver um novo Rey Mysterio."

Sobre ser advertido por usar roupas de super-heróis:
"Sempre me preocupei com minha imagem no ringue, por isso sou bem cuidadoso com minhas roupas. Creio que consigo muita presença com eles no ringue. Quando entrei na WWE, eu sabia que tinha que ser assim e sempre fazer coisas diferentes. PPV? Super-heróis? Vamos misturar isso. E de verdade, não tente tirar beneficio de tudo isso. Em um ponto me disseram para parar de fazer isso porque iam me processar. Mas sempre tentei ser divertido e misterioso para os fãs, para que sempre eles perguntem o que será o próximo. Incluindo me davam ideias."