Vários lutadores entram com forte processo contra a WWE

Um forte processo coletivo foi apresentado por um total de 53 lutadores contra a WWE em uma corte nos Estados Unidos e entre estes lutadores, três membros do WWE Hall of Famer estão envolvidos.

O jornalista Chris Dolmetsch do portal web da revista "Bloomberg" revelou a informação. De acordo com a informação publicada, na manhã desta segunda-feira um advogado entrou com um forte processo na corte federal de New Have, Connecticut, onde 22 lutadores ativos e inativos processam a empresa. Confira abaixo a lista de nomes que estão processando a companhia de Stamford.

- Bryan Emmett Clark Jr.

– Adam Bomb.

- Anthony Norris

– Ahmed Johnson.

- Dave Hebner.

- Earl Hebner.

- Ken Pantera.

- John Nord.

- The Bezerker.

- Jonathan Hugger

– Johnny The Bull.

- James Brunzell – Jumpin’ Jim.

- Susan Green – Sue Green.

- Angelo Mosca – King Kong Mosca.

- James Manley – Jim Powers.

- Michael “Mike” Enos.

- Bruce “Butch” Reed – The Natural.

- Carlene Moore-Begnaud – Jazz.

- Sylvain Grenier.

- Omar Mijares – Omar Atlas.

- Don Leo Heaton – Don Leo Jonathan.

- Mark Canterbury – Henry Godwin.

- Victoria Otis – Princess Victoria.

- Judy Hardee – Judy Martin.

- Mark Jindrak – Marco Corleone.

- Bernard Knighton em representação de Brian Knighton (Axl Rotten) e seus herdeiros.
- Jon Heidenreich.

- Terry Szopinski – The Warlord.

- Sione Havea Vailahi – The Barbarian.

- Larry Oliver – The Crippler.

- Bobbi Billiard.

- Timothy Smith – Rex King.

- Tracy Smothers – Freddie Joe Floyd.

- Michael Halac – Mantaur.

- Rick Jones – Black Bart.

- Ferrin Jesse Barr – JJ Funk.

- Lou Maarconi.

- Rod Price.

- Donald Driggers.

- Rodney Begnaud – Rodney Mack.

- Ronald Scott Heard – Outlaw Ron Bass.

- Boris Zhukov.

- George Gray – One Man Gang.

- Ken Johnson – Slick.

- Chris Pallies – King Kong Bundy.

- Barry Darsow – Smash.

- Bill Eadie – Ax.

- Marty Jannetty.

- Marc Copani – Muhammad Hassaan.

- Toy Martin – Shane Douglas.

- Paul Orndorff – Mr. Wonderful.

- James Harris – Kamala.

- Salvador Guerrero IV – Chavo Guerrero Jr.

- Chavo Guerrero Sr. – Chavo Classic.

- Terry Michael Brunk – Sabu.

- Joseph M. Laurinaitis – Road Warrior Animal

- Carole Snuka em representação de Jimmy “Superfly” Snuka.

Segundo o Bloomberg, o processo afirma que "a WWE ocultou os efeitos a longo prazo das lesões neurológicas depois de anos de golpes dentro e fora do ringue". Além de "não cuidar os lutadores com suas repetitivas lesões na cabeça de uma maneira medicamente competente ou significativa", além de "distorcer e ocultar" informações. Confira abaixo a razão pela qual este processo está sendo movido.
WWE coloca seus ganhos como uma corporação sobre a saúde dos lutadores, sua segurança e sua segurança financeira, escolhendo deixar os autores gravemente lesionados e sem recursos para o tratamento dos danos ao corpo e a mente. Esses lutadores não tem benefícios médicos, são artistas independentes.

A WWE em uma nota de imprensa enviada aos principais meios de comunicações respondeu as acusações. Confira abaixo.
Essa é outra tentativa ridícula realizada pelo mesmo advogado que apresentou processos similares contra a WWE, ambos processos ignorados. Um juíz federal soube que este advogado tem feito alegações falsas contra a WWE e isto é mais do que em si. Estamos confiantes de que esse processo vai sofrer o mesmo destino que as anteriores." 

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook