WWE decide não punir Brock Lesnar

O combate entre Brock Lesnar e Randy Orton no WWE SummerSlam não será cancelado, segundo informa o Wrestling Observer Newsletter. Logo após Lesnar ser flagrado em exames anti-doping, a WWE tinha a possibilidade de punir Brock Lesnar. A propria comissão do estado de Nova York, cidade onde será realizado o SummerSlam, assegurou que não poderia punir Brock porque não reconhece o wrestling professional como uma disciplina esportiva e que portanto a decisão estaria nas mãos da WWE.

Os dois test médicos que apresentaram anomalias estão sendo investigados. Uma vez que os resultados sairem, conheceremos a sanção imposta pela companhia de artes marciais mistas Ultimate Fighting Championship (UFC). A substância que provocou o positivo no test anti-doping segue sendo um mistério. Um jornalista da Los Angeles Time afirma que se trata de um Clomifeno, um bloqueador de estrógeno, no entanto, o nome da substância permanecerá em segredo se o lutador, neste caso Brock Lesnar, deseja que seja assim.

O Wrestling Observer Newsletter comenta que a WWE decidiu não punir diretamente Brock Lesnar pela importância que ele tem dentro da companhia. Sua luta é uma das mais esperadas para o WWE SummerSlam e não querem que a imagem da companhia fique sujo por uma cancelação em consequência de um test anti-doping positivo. Apesar de não punir Lesnar, a WWE alterou alguns planos criativos que tinham em mente para Brock. O exemplo mais é o WWE Draft, em que Lesnar deveria ter sido o primeiro escolhido.
Tem alguma dica de notícia ou correção? Envie-nos clicando aqui!

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook