Jim Ross: "Os exames antidoping da WWE são, de longe, os melhores"

Jim Ross está de acordo com a política de bem-estar da companhia de Stamford. Logo após o escândalo formado em torno da não punição da WWE a Brock Lesnar após cair em um exame antidoping, Jim Ross comentou sobre sua visão do caso por meio de um novo artigo em seu site oficial, JRsBarBq.com:
"A política de bem-estar da WWE somente se aplica aos lutadores por tempo integral. Não tenho problemas com essa filosofia, está mal visto fazer testes em lutadores a tempo parcial que não estão cada dia trabalhando para a empresa. Os exames antidoping da WWE são, de longe, os melhores e me parece raro que outra empresa que realiza testes com menor regularidade questione essas coisas. Por acaso o bem-estar dos atletas não é uma parte vital do negócio? Muita pessoas que criticam este caso não tem nem ideia de qual é o contrato de Brock Lesnar e nem entende a política de bem-estar. Por favor não interpretem isso como uma desculpa que estou colocando para afastar o uso de substâncias dopantes no mundo do entretenimento. Não é assim. Os lutadores não precisam, mas a natureza narcisista de alguns lutadores profissionais revela sua pior cara quando querem melhorar seu aspecto e pegam o caminho mais fácil para conseguir um aspecto sobrenatural."
Cabe destacar que Brock Lesnar caiu em dois exames antidoping em que foi submetido durante sua curta e rápida passagem pela Ultimate Fighting Championship (UFC). No entanto, executivos da WWE decidiram não o punir porque ele é um lutador de tempo parcial.