Kevin Owens: "Eu não sei se o NXT teria atingido o nível que tem hoje sem Finn Bálor"

Kevin Owens se encontra promovendo o WWE SummerSlam. Em uma recente entrevista concedida ao Sky Sports, o ex-campeão do NXT elogiou o trabalho de companheiros como Finn Bálor e Tye Dillinger.

"Quando Finn, Hideo Itami e eu começamos no NXT, a marca estava em pleno auge" declarou Owens. "Que fique claro que não era somente por nós, mas sim pelo profissionalismo de cada lutador e cada treinador, sem esquecer da equipe de gestão; todos trabalhamos muito para fazer de cada show algo especial. Mais tarde, Hideo e Zayn se lesionaram, e chamaram eu e Neville para o roster principal, então eu não sei se sem Finn Bálor, o NXT poderia ter atingido o nível que tem hoje. Sempre precisa de alguém para puxar o carro e ele era a pessoa "

Segundo com as declarações sobre o NXT, o ex-campeão Intercontinental elogiou Tye Dillinger, ele disse que "se eu pudesse escolher alguém para lutar contra ele e que assim mais público o visse e obtivesse mais reconhecimento, sem dúvidas seria Tye Dillinger. Há muitos lutadores no NXT que merecem mais atenção, mas creio que ele é um dos melhores, não somente do NXT, mas sim de toda a WWE", acrescentou "Há wrestlers no NXT que há muito tempo que não lutam... outros nunca lutaram... mas Dillinger está há muito tempo no mundo. Se há alguém que deve se promover, sem dúvidas é ele, é um grande profissional e uma grande pessoa, dentro e fora do ringues."

Sobre voltar a enfrentar Sami Zayn, o lutador canadense declarou "não sei o que o futuro nos reserva, mas estou convencido de que nossos caminhos se encontrarão novamente. Talvez nosso combate no Battleground foi o último de momento, mas tenho certeza que não vai ser a última vez que vemos nossos rostos no ringue" e terminou "creio que Sami e eu vamos ficar na WWE durante muito tempo e que, durante esse tempo, vamos fazer grandes coisas."