O SITE ESTÁ PASSANDO POR ALGUMAS MUDANÇAS. VOLTAREMOS AO NORMAL EM BREVE!

HOW Entrevista: Gaston Mateo

Confiram mais uma entrevista do HOW.

Quantos anos de Carreira?

16 Anos

Porque entrou na Luta Livre?

Desde pequeno eu sempre gostei da Luta Livre. Assistia Luta Livre desde os 5 anos e ali tomei um enorme carinho. Depois de grande tive a oportunidade de treinar e se apaixonar por tudo o que ela leva (Espetáculo, esporte a magia)

Quais são seus planos para o futuro?

Ganhar o título mundial da XNL, seguir lutando em outros países, melhorando e continuar com meus alunos, entregando-os meus conhecimentos.

O que você tem a dizer sobre a recente participação de XL na CWC?

Genial! Isso levanta a Luta Livre Chilena e a Sul-Americana em geral. Demonstra que com esforço e dedicação se pode chegar a coisas grandes.  XL é um grande nome da Luta Livre e que esse é o início de um Caminho genial. 

Qual é a importância disto para a Luta Livre Chilena?

Uma grande importância! Já que mostra que sendo profissional, se pode chegar a coisas, que por agora quem as busque de verdade, tenham que trabalhar como tal. 

Atualmente a XNL é uma das Principais Federações da América Latina de Luta Livre. Quem abriu as portas para que possa trabalhar em outras empresas?

Absolutamente, XNL mostrou que podiam chegar a coisas grandes no Chile para o mundo, junto com LWA, BWF, WAR entre outros temos demonstrado que o trabalho na Sulamérica pode chegar ao nível profissional, entre elas, pode se vir estrelas internacionais.

No Japão, se tem identificado muitas diferenças. Existe estilo para o estilo da América do Sul?

O estilo da Sulamérica em comparação ao Japonês antigamente era muito distinto. Agora tem mais proximidade ao estilo americano, o que é bem semelhando ao Japonês. 

Com quem você gostaria de trabalhar no Japão?

Gostaria de voltar a NOAH e lutar. Gostaria de ter diversas lutas, seja com lutadores da NOAH ou outras empresas. Principalmente me encantaria lutar contra Marufuji, Nakajima e Ohara principalmente de NOAH. De outras empresas, Jushin Liger, Okada, Kushida, entre outros. Sendo sincero, quem me colocarem, enfrentarei feliz de trabalhar, mas com os mencionados estão a minha mente de lutar com eles caso eu voltar.

Obrigado pela entrevista!

Nenhum comentário:

Postar um comentário