10 Curiosidades #7: Shawn Michaels


Bem vindos ao "10 curiosidades" e o escolhido para o curiosidades dessa semana,foi o HBK,Shawn Michaels, ele foi o mais votado semana passada com 9 votos e o segundo mais votado foi The Undertaker com 5 votos, então para semana que vem trarei um do The Undertaker, vamos para as curiosidades:

10 - Lesão
Shawn Michaels sofreu uma lesão em 1998 enquanto lutava contra The Undertaker, levando a sua saída da WWE depois do Wrestlemania do mesmo ano. Isso ocorreu no Royal Rumble, durante uma casket match pelo WWE Championship. Durante o combate era para Undertaker ter jogado ele no caixão mas Shawn não soube receber bem o golpe quando caiu, isso resultou em três discos da coluna quebrados, depois do Wrestlemania 14 ele abandonou o Wrestling de forma temporária para se concentrar em sua recuperação.

09 - Texas Wrestling Academy
Em 1998 Shawn Michaels recebeu uma operação na coluna e o mesmo pensou que sua carreira havia chegado ao fim. Como sabem ele retornou anos depois para a WWE, mas o que ele fez durante esse tempo? Shawn abriu um academia de Wrestling junto com Rudy Boy Gonzalez. Essa academia também funciona como uma companhia de Wrestling indy, chamada de Texas Wrestling Academy (também conhecida como Shawn Michaels Wrestling Academy). Apesar de Michaels ter deixado a academia para voltar a WWE, ele deixou que  Rudy Boy Gonzalez tomasse conta dela. Essa academia treinou muitos Wrestlers, entre eles estão Daniel Bryan & Brian Kendrick.

08 -  Ódio por Bret Hart
No final dos anos 80 para o começo dos 90, Shawn Michaels & Bret Hart não gostavam um do outro e isso se tornaria uma das mais importantes rivalidades dos anos 90 e iria afetar muito a WWE. Shawn Michaels fazia parte da tag "The Rockers" e Bret Hart da "The Hart Foundation".

Na década de 90, Hart se tornou a cara da WWE e Michaels não suportava isso, Brat dá mais detalhes disso no documentário lançado em 1998 chamado "Hitman Hart: Wrestling with Shadows", Nele Hart expressa o que sentia quando foi heel e o mundo "imaginário de kayfabe” da WWE.

Assim que Hart foi para a WCW, seu relacionamento com Michaels foi "desintegrado" completamente. Isso se deve ao fato do "Montreal Screwjob" e de outras coisas acontecerem com Hart na mesma época, como o fato deles "namorarem"  a mesma mulher, chamada de Tammy Lynn Sytch (Sunny),  Bret Hart em um dos episódios do Raw chamou Shawn Michaels para o ringue e o desafiou para um combate de 10 minutos para o King of the Ring, durante a conversa Michaels nocauteou Hart por ele estar em um "romance" com Sunny, na qual Michaels teve um romance de 9 meses com ela, Após o nocaute, Michaels disse para Bret:

“Nós iremos nós enfrentar e resolveremos isso de uma vez por todas, isso é, se Bret “The Hitman” Hart conseguir apanhar que nem homem. Bret acredite em mim, você não aguenta 10 minutos em qualquer coisa, se é que você me entende. Até mesmo agora que você tem "Sunny Days", você ainda não consegue me derrotar.”

No entanto Sunny, negou o relacionamento com Hart, dizendo. “Quando eu e Michaels paramos de nós ver, do nada, por alguma razão que eu não entendo,ele colocou na cabeça que eu estava vendo Bret Hart…Bret e eu somos amigos, só isso.” O ciumes de Michaels fez com que seu ódio por Bret Hart aumentasse, tanto que eles brigavam nos bastidores, isso também ajudou no"Montreal Screwjob".

Shawn Michaels achava que Bret Hart era um homem que não respeitava a empresa, tanto que Bret foi para a WCW, e Michaels nunca traiu a WWE para ir para uma empresa rival.

Durante o ultimo Raw de 2009, Shawn Michaels pediu para Vince chamar Bret Hart para o primeiro Raw de 2010, dizendo que só coisas boas iriam acontecer para a WWE se Bret retornasse e Vince concordou com isso, no primeiro episodio do Raw em 2010, Shawn Michaels e Bret Hart finalmente fizeram as pazes.

07 - Montreal Screwjob 
Bret queria reter o WWE Championship no Survivor Series e no Raw seguinte ele deixaria o cinturão vago, pois Bret queria que Shawn Michaels demostrasse respeito para ele, mas Shawn não gostava de Bret Hart e nunca iria fazer isso,pois achava que Bret não respeitava a WWE da forma que ele respeitava, Vince pediu para que Bret perdesse o cinturão no Survivor Series, mas como o evento foi no Canadá, Bret se negou a fazer, ainda mais para Michaels, Vince não confiava em Bret Hart, afinal ele estava indo para a WCW e poderia muito bem pegar o cinturão da WWE e ir para a WCW no dia seguinte, o que seria uma vergonha para Vince.

Já Michaels nunca traiu a WWE, Vince McMahon decidiu que Michaels iria se tornar campeão no Survivor Series. Para ter certeza de que Bret Hart fosse perder o cinturão, McMahon veio até o ringue e ordenou que o gongo fosse tocado quando Michaels aplicou o "sharpshooter" em Bret, nas palavras de Vince “ring the fu...king bell.” mesmo Hart não fazendo o "tap out" para o sharpshooter de Michaels.

Shawn & Bret falam sobre o Montreal Screwjob nesse vídeo.

06 - Amor pela WWE & Debut
Quando Michaels entrou na WWE, ele trabalhou com Marty Janetty para fazer a tag "The Rockers", Mas essa dupla não durou muito, Michaels disse que ele e Marty entraram num bar e brigaram com outros membros do bar, que também eram Wrestlers, nesse incidente um dos membros pegou uma garrafa e quebrou ela na cabeça de Shawn, na qual Michaels se lesionou. No dia seguinte Vince perguntou o que houve com eles e porque Michaels estava machucado, ao invés de falar a verdade,Michaels inventou uma historia na qual Vince não acreditou, ele também disse que acreditava que não era a hora certa deles estarem na WWE, eles então foram demitidos e foram para a AWA federation mas Vince iria contratar ambos um ano depois.

Shawn ficou mais algum tempo sendo parceiro de Marty, até ele mudar sua Gimmick para "The Heartbreak Kid" e desfazer a tag, ele também mudou a sua theme song, Michaels que canta a sua própria canção chamada de "Sexy Boy", quem escreveu a música foi Jimmy Hart, Michaels disse que não queria gravar a música pelo fato dele não saber cantar,mas gostou do resultado final, ele usa a música "Sexy Boy" desde 1992.

Anos depois Shawn Michaels conheceria seus melhores amigos Scott Hall,Kevin Nash,Triple H & X-Pac e formariam o The Kliq, como Scott Hall e Kevin Nash foram para a WCW, Quando o Kliq chegou ao fim. Outro grupo foi formado chamado de D-Generation X, grupo formado na época por Triple H, Shawn Michaels,Road Dogg,Billy Gunn,X-Pac & Chyna.

Em 2011 Shawn entrou para o WWE Hall of Fame de 2011, sendo introduzido pelo seu melhor amigo Triple H, HBK foi um dos poucos Wrestlers que nunca foram para WCW durante os anos 90. Mesmo em tempos de incertezas, quando seus amigos (Scott Hall & Kevin Nash) assinaram com a WCW, ele permaneceu na WWE porque acreditava que ela era melhor do que a WCW. Porém ele pensou em sair da WWE. A WCW lucrava bastante e estava em ascensão. Michaels não imagina que seus amigos formariam a nWo, o principal grupo que ajudaria a WCW Monday Nitro vencer o Raw por 84 semanas seguidas na audiência.

Será que Michaels deixaria a WWE se soubesse que a WCW daria tanto trabalho assim? em uma entrevista para o "Busted Open Radio", Michaels explicou porque ficou ao lado de Vince McMahon.

“Ouve um tempo que eu estava passando por um situação difícil, chegando a um ponto em que eu fiquei desesperado e disse para Vince, me libere logo, apenas me libere logo. E vince disse ‘Não, olha,você seria miserável, eles não iriam te aproveitar ao máximo lá. Nem saberiam o que fazer com você, não quero pensar que eles vão colocar você contra mim, como fizeram com os outros.’ E isso foi o fim, foi por causa disso que eu fiquei na companhia e é por isso que eu sempre gostei do Vince.”

05 - Aposentadoria
Existiu uma razão para Shawn ter decidido sair do Wrestling de forma definitiva, Alguns diziam que era por causa de sua saúde que estava impedindo ele de lutar, mas na verdade a verdadeira razão foi sua família que o ajudou a sair dos ringues. Isso foi antes do WrestleMania XXV, ele estava falando com o pessoal da equipe da WWE nos bastidores sobre a idade de seu filho que na época tinha 9 anos e o pessoal da equipe disse "Nossa, metade do caminho está feito",Pra quem não entendeu a frase,quando o adolescente completa 18 anos nos estados unidos, significa que ele pode mudar da casa dos pais,por isso ele disse metade do caminho está feito, pois a metade de 18 é 9. Isso deixou Shawn Michaels chocado, pois havia perdido 9 anos ao lado de filho por causa do Wrestling, e ele decidiu que não perderia os próximos 9 anos.

04 -  Conquistas
Shawn michaels foi ao todo 14 vezes campeão pela WWE e é recordista da empresa no quesito "Match Of The Year", a maioria delas foi nos Wrestlemania's (por isso o apelido de MR. Wrestlemania,e também porque a maioria de seus combates eram um dos melhores mesmo não que não tenham ganho o premio de "Match Of The Year")

Cinturões
World Heavyweight Championship (1 vez)
WWE Tag Team Championship (1 vez) com Triple H
WWF European Championship (1 vez)
WWF Intercontinental Championship (3 vezes)
WWF Tag Team/World Tag Team Championship (5 vezes) duas vezes com Diesel, uma com Stone Cold Steve Austin, uma com John Cena & uma com Triple H
WWE Championship (3 vezes)

Titulos
2 Vezes vencedor do Royal Rumble (1995, 1996)
Primeiro Grand Slam Champion
Quarto Triple Crown Champion

Slammy Awards (15 vezes)
Best Finisher (1997)
Best Slammin' Jammin' Entrance (1996)
Best Tag Team (1994) – com Diesel
Best Threads (1996)
Double-Cross of the Year (2013) – Por trair Daniel Bryan e custar ele o WWE Championship em Hell in a Cell.
Leader of the New Generation (1996)
Master of Mat Mechanics (1996)
Match of the Year (1994, 1996, 1997, 2008, 2009) (veja mais sobre isso na curiosidade 1)
Moment of the Year (2010) – vs. The Undertaker no WrestleMania XXVI
Squared Circle Shocker (1996) – Owen Hart aceitou o award por fazer Michaels entrar em colapso
Worst Tag Team (1994) – Com Diesel
WWE Hall of Fame 2011

03 - Vicios
Michaels formou uma reputação no ringue, que o perseguia fora dele. Isso ocorria antes mesmo de  se unir com seu antigo parceiro Marty Janetty.

Como já foi citado, Michaels foi demitido no seu primeiro ano na WWE por causa do incidente no bar, mas Michaels era viciado em drogas e em bebidas, o que deixou Vince desapontado com ambos quando descobriu. E as drogas se tornariam seu vicio mais tarde.

Isso mudaria quando Michaels conheceu sua esposa Rebecca (Ex-WCW Nitro Girl) e teria seu primeiro filho, a partir desse momento Michaels se tornaria outro homem, deixaria os vícios para trás e construiria uma família, no começo do ano 2000 Michaels se tornou cristão e isso o ajudou bastante também.

Durante uma entrevista para a WWE, Michael descreve o que levou ele a largar seus vícios:

“Meu filho tinha dois anos na época e eu estava dormindo no sofá, totalmente exausto, foi ai que eu pensei ‘Meu Deus e se ele começar a notar o meu estado, isso seria algo que eu não poderia esconder a medida que ele crescesse.’ Esse pensamento partiu meu coração. Eu não queria pensar que um bebê inocente teria seu futuro arruinado por um pai viciado. Então eu decidi que mudaria por causa dele, e isso foi uma mudança drástica.”

Michaels dá mais detalhes nesse vídeo.

Shawn Michaels também foi casado com Theresa Wood mas se separaram de forma amigável, depois de alguns anos ele se casou com Rebecca e atualmente tem dois filhos, seu primeiro filho nasceu em 2000 e sua filha nasceu em 2004.

02 - Retorno e Cristianismo
Como já foi dito antes, Shawn Michaels se tornou cristão pois queria uma segunda chance na vida. Shawn disse que durante um voo, ele pegou a Bíblia e leu uma passagem que dizia “Seja forte e corajoso. Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar",”  depois disso ele resolveu ligar para Vince para marcar seu retorno.

Michaels sugeriu um combate contra o próprio Vince, só que com regras Hardcore, mas Vince achou melhor colocar ele contra Triple H e trabalhar em uma rivalidade para ambos, e essa decisão fez ambos ganharem o "feud of the year" em 2004. Depois de seu retorno, Shawn Michaels também mudou as suas roupas, agora as suas calças possuam cruzes e antes de entrar no ringue ele se ajoelhava e depois olhava para cima, Shawn também é instrutor e ensina sobre a Bíblia para quem quiser aprender, em 2008 ele foi entrevistado por Sting que também é cristão no "Trinity Broadcasting Network".

01 - Mr. “Match Of The Year”
Apesar de ter o apelido de "MR. Wrestlemania" Michaels poderia ser facilmente chamado de "Mr Match Of The Year", ao todo Shawn Michaels ganhou 12 vezes o "Match Of The Year", 9 delas em Wrestlemania's, e ganhou o premio de "Match of the Decade " os prêmios foram dados pela Pro Wrestling Illustrated,WWE e Wrestling Observer Newsletter.

1993: vs Marty Jannetty – Monday Night Raw
Dado pela Pro Wrestling Illustrated

1994: vs Razor Ramon – Wrestlemania 10
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated,WWE & Wrestling Observer Newsletter

1995: vs Diesel – Wrestlemania 11
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

1996: vs Bret Hart – Wrestlemania 12
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated e WWE

2004: vs Triple H vs Chris Benoit – Wrestlemania 20
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

2005: vs Kurt Angle – Wrestlemania 21
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

2006: vs Vince McMahon – Wrestlemania 22
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

2007: vs John Cena – Monday Night Raw
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

2008: vs Ric Flair – Wrestlemania 24
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated,WWE & Wrestling Observer Newsletter

2008: vs Chris Jericho – No Mercy
Dado pelo Wrestling Observer Newsletter

2009: vs The Undertaker – Wrestlemania 25
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated,WWE & Wrestling Observer Newsletter

2010: vs The Undertaker – Wrestlemania 26
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated, & Wrestling Observer Newsletter

Match of the Decade (2000–2009) vs. Ric Flair at WrestleMania XXIV
Dado pelo Pro Wrestling Illustrated

Todos os combates do Wrestlemania estão no DVD/Blu Ray “Shawn Michaels: Mr. WrestleMania”, todos menos o Wrestlemania 20 contra Triple H & Chris Benoit.

Shawn Michaels foi considerado como melhor Wrestler da historia da WWE no DVD  "WWE: Top 50 Superstars of All Time" lançado em 2011.

Até sexta feira com o 10 curiosidades sobre The Undertkaer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário