O SITE ESTÁ PASSANDO POR ALGUMAS MUDANÇAS. VOLTAREMOS AO NORMAL EM BREVE!

Hulk Hogan entra com processo contra empresário envolvido em vazamento de vídeos com o Gawker

A saga entre Hulk Hogan e Gawker parece não ter fim. Hogan processou o grupo Gawker Media após vazamentos de vídeos de relações sexuais com a esposa do radialista Bubba The Love Sponge, Heather Clem.

O caso foi a julgamento e o júri decidiu que Hulk Hogan seria beneficiado com US$ 115 milhões de dólares por danos morais em março. Hogan, em seguida, foi premiado com um benefício de US$ 25 milhões de dólares por danos punitivos. O grupo Gawker deve a Hogan uma quantia avaliada em US$ 15 milhões de dólares, enquanto que o próprietario do site Nick Denton deve uma quantia avaliada em US$ 10 milhões de dólares e Daulerio deve uma quantia avaliada em US$ 100 mil dólares. Em junho, um juiz emitiu uma sentença definitiva de US$ 140 milhões de dólares a favor de Hogan.

O jornal The New York Post recentemente publicou um artigo sobre a ação de Hogan contra o empresário Tony Burton por supostamente enviar seu vídeo que continha relações sexuais para o editor do Gawker AJ Daulerio em 2012. Hogan está processando Burton, bem como sua empresa, Don Buchwald & Associates, por conspirar na extorção do dinheiro dele e por vazar seus comentários racistas para o tabloide norte-americano ,National Enquirer. Hogan entrou com a ação em maio e o The New York Post está relatado que a companhia de seguros de Burton, Zurich American Insurance Company e American Zurich Insurance Company, apresentou documentos na quarta-feira na Suprema Corte de Manhattan.

A apresentação afirma que os "autores não têm nenhuma obrigação de defender" Burton e sua empresa, "porque ele violou os termos de suas políticas primárias e umbrella policies, portanto, não se qualifica para a cobertura."

Nenhum comentário:

Postar um comentário