Kenny Omega fala sobre sua carreira no Japão e sua evolução em 2016

O vencedor da edição 2016 do prestigioso torneio G1 Climax da New Japan Pro Wrestling, Kenny Omega, recentemente concedeu uma entrevista ao canal esportivo ESPN para promover os eventos do Road To Power Struggle. Durante a entrevista, o lutador canadense falou sobre seu amor pela cultura japonesa, o orgulho das suas conquistas conseguidas em sua carreira e o momento em que se encontra na New Japan Pro Wrestling, entre outros temas. Confira abaixo os destaques:

Sobre sua paixão pela cultura japonesa:

"Amo a cultura japonesa incluindo antes de saber o que era em si a cultura japonesa. Os desenhos e animes que assistia durante minha infância, meus jogos favoritos, incluindo o Pro Wrestling, meus combates e wrestlers favoritos eram todos do Japão. Aprender japonês não foi nada fácil, mas minha paixão pela cultura e por este país, além de ter que me comunicar com os fãs e com amigos, sempre me incentivou a continuar a melhorar."

Sobre sua atuação na edição deste ano do G1 Climax:

"Estou muito orgulhoso de minha atuação durante todo o G1. Já disse anteriormente, mas simplesmente estar no G1 e fazer para dele nunca foi o suficiente para mim. Queria ter o combate do torneio e ser o MVP. Queria que cada um de meus combates fossem muito distintos do resto de combates de qualquer outro. Me deixou mentalmente exausto tudo aquilo, mas estou muito feliz com o resultado. É todos os dias, e sem nenhuma trégua. Há dias que você somente tem um combate por duplas, mas você tem que se preparar no mesmo dia para seu próximo combate individual do torneio. E tudo isso tem que combinar com manter seu treinamento físico, se recuperar de possíveis lesões, controlar sua dieta, satisfazer os seus patrocinadores e fazer encontros com os fãs. Sei que existe programações similares lá fora em outro lugares, mas ninguém demanda o nível de atuação e desempenho como o G1: combates de alto nível no card de um PPV durante todas as noites de uma grande parte do mês."

Sobre suas conquistas e a evolução de sua carreira:

"Estou muito orgulhoso de poder dizer que ganhei prêmios por seis lutas do ano no Japão. Eu estive no evento principal de uma Budokan Arena com todos os ingressos vendidos, participei no primeiro combate de escadas na história da NJPW, saltei do peso Junior a Heavyweight e eu mereci ganhar o G1 com uma série de combates que eu dificilmente podia se sentir mais orgulhoso. Em algum momento quebrei o molde e comecei a conseguir coisas que os gaijins (lutadores não japoneses) supostamente não poderiam conseguir, foram vitórias pessoais excessivamente grandes para mim ao mesmo tempo que os melhores momentos de minha carreira."

Nenhum comentário:

Postar um comentário