Tensa discussão entre Daniel Bryan e Mick Foley na conferência do Survivor Series

A WWE Network transmitiu na noite passada um programa especial intitulado "State of WWE Universe" com o objetivo de abordar as lutas tradicionais entre as equipes do RAW e SmackDown que serão realizadas no Survivor Series. Por esse motivo, a WWE convidou Stephanie McMahon, Shane McMahon, Mick Foley e Daniel Bryan.

No entanto, o primeiro convidado apresentado por Renee Young foi Paul Heyman, quem falou sobre o combate entre Brock Lesnar e Goldberg. Heyman afirmou que Lesnar não quis entrar no jogo de seu rival no RAW porque é uma luta muito especial para seu cliente.

Uma vez concluída a entrevista com Paul Heyman, Renee Young abriu espaços para os general managers e comissários do RAW e SmackDown. O diálogo se baseou nas discrepâncias entre as duas principais brands da WWE.

Stephanie McMahon começou o ataque pessoal a seu irmão declarando que admira a coragem de seu irmão, mas que ela sempre deu mais importância ao cérebro. Sobre Daniel Bryan, Stephanie admitiu que ele é o general manager certo para o SmackDown, um show da segunda divisão. Em relação a esta declaração, Shane McMahon lembrou que Daniel Bryan derrotou o marido de Stephanie na WrestleMania 30.

Mick Foley lançou uma indireta a The Miz quando lembrou que ele não queria fazer parte da equipe do SmackDown. Shane McMahon e Daniel Bryan responderam que The Miz está sendo considerado e tem um das melhores posições em seu plantel, melhor que a maioria dos superstars do RAW. Além disso, Daniel Bryan lembrou que The Miz terá uma luta pelo título intercontinental de Dolph Ziggler nesta noite no SmackDown.

Também falou sobre a incorporação de Shane McMahon na equipe do SmackDown. Mick Foley acredita que é um erro que o chefe faça parte do combate porque é um posto que deveria ser ocupado por um lutador.

Cabe destacar que durante a entrevista, Daniel Bryan e Mick Foley mantiveram um diálogo muito tenso, inclusive que poderíamos dizer que foi real. Mick Foley acusou Daniel Bryan de não querer seu posto de trabalho porque ele não tinha escolha a não ser aceitar contrato, não como ele, que decidiu aceitar a oferta da WWE. Bryan admitiu isso, mas também reconsiderou a oferta porque pensou que esse posto deveria ser ocupado por uma pessoa que entendesse os meninos de hoje em dia, não uma pessoa do passado, e lembrou que Foley saiu da WWE em 2001 e logo estava no plantel da TNA. Stephanie McMahon teve que calmar Foley em um momento tenso quando reconduziu a conversa lembrando que tudo terminará quando o RAW derrotar o SmackDown no Survivor Series.

A entrevista terminou com Shane declarando que o melhor de derrotar o RAW será quando ele lembrar a sua irmã na noite do Thanksgiving que o SmackDown é melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário