Review: AJPW New Explosion 2016

A All Japan Wrestling realizou no mês passado o New Explosion, mais precisamente no dia 27. Abaixo vos trago um review do evento que aconteceu em Tóquio no Japão.

TAKUYA NOMURA DEF. NAOYA NOMURA

Meus amigos, é assim que se começa um show.

Essa não era uma match entre dois Young Lions que fazem holds e que tentam aplicar Boston Crabs, esta era uma luta entre dois rookies, dois jovens, que  se mantiveram acima com um ou outro hold-for-hold, strike-for-strike, counter-for-counter, lutaram como se tivessem algo para provar.

Takuya Nomura - para um cara que tem sido um lutador profissional ativo por menos de um ano - é assustadoramente talentoso. Estou quase convencido de que a Big Japan fez esse cara em uma fábrica, não sei como é possível pegar algo tão rápido como ele pegou essa coisa de wrestling. Se eu não lhe dissesse que ele era um novato, você veria sua luta e acharia que ele tem anos de experiência sob o ringue. Tudo o que ele faz parece suave, nítido e real.

Eu o colocaria contra qualquer outro novato no wrestling, eu o colocaria contra a maioria dos lutadores em geral. O cara tem algo. Salte a bordo, aproveite o passeio, observe como ele lentamente, mas seguramente sobe para o topo. É apenas uma questão de tempo até que ele chegue lá. *** 1/2


KAJI TOMATO, KAZUHIRO TAMURA & NAOSHI SANO DEF. SUSHI, TSUYOSHI KIKUCHI & MASAO INOUE

Foram onze lutas ocorridas neste show. Essa foi uma delas. Não houve nada em especial

Kikuchi parece um zumbi, Tomato fez o seu estilo pateta, Inoue foi ... Inoue, Sano estava lá, Tamura e SUSHI juntos se entrosaram,essa foi a parte boa. Desnecessario, uma luta com varios caras apenas no começo de um show com 11 lutas. Muito esquecível. ** 1/2


SUPER TIGER, RYUJI HIJIKATA, REY PALOMA & DIABLO DEF. MITSUYA NAGAI, TATSUHITO TAKAIWA, TAKESHI MINAMINO & BLACK TIGER VII

Eu não tenho idéia do que a All Japan está fazendo com todos esses Tigers. Você tem o Super Tiger, você tem o Tatsuhito Takaiwa, também conhecido como o Black Tiger V, você tem o Black Tiger VII que pode ou não ser NOSAWA Rongai, há um Great Tiger agora, o que diabos esta acontecendo?

Então você teve Rey Paloma, que 90% das pessoas presentes nunca ouviram falar, obtendo sua própria entrada e sendo posicionado como o foco claro da luta. Isso tudo era muito bizarro. Outra luta desnecessaria e totalmente esquecível na parte inferior do card. ** 1/4


DORY FUNK JR., CHAVO GUERRERO SR., ULTIMO DRAGON & TAJIRI DEF. THE GREAT KABUKI, OSAMU NISHIMURA, YUTAKA YOSHIE & ISAMI KODAKA

Dory Funk Jr. foi muito claramente o cara pra quem este segmento foi construído, e embora a luta em si não tenha tido nada de especial, foi muito legal vê-lo no Sumo Hall para o que pode ser a sua última vez. Quero dizer, eu não gosto muito do cara historicamente, eu nunca o achei muito agradável e sempre preferi seu irmão (como a maioria das pessoas para ser justo), mas ele é visto como um grande homem no Japão,e é legitimamente apresentado como uma lenda.

A luta foi decente o suficiente para a diversão, não posso fingir que era qualquer tipo de boa luta, foi simplesmente divertido. Ultimo Dragon fez algumas coisas legais como ele tende a fazer, Kodaka não fez muito, TAJIRI foi agradável, e o resto deles fizeram o que os velhos fazem. Eles fizeram alguns headlocks,alguns toeholds e eles estiveram na sua praia. A multidão foi para ele e isso é o que importa. Eu não posso avaliar isso. N / R


KENGO MASHIMO, RYOUJI SAI & KONOSUKE TAKESHITA DEF. JAKE LEE, YUMA AOYAGI & KOJI IWAMOTO

Lutas como essa me fazem desejar que houvesse um título de trios no puro que fosse defendido em todos os tipos de promoções diferentes contra todos os tipos de equipes estranhas em todo o Japão para dar como resultado lutas desse tipo.

Eu vim para desfrutar toda a  NEXTREAM com Miyahara e todos os rookies, e eu gosto especificamente quando os rookies chegam lá por si mesmos e obtem a prova entregue a eles por caras como Mashimo, Sai e Takeshita.

Todos os envolvidos neste combate pareciam ótimos, especialmente Sai, que realmente cresceu para mim este ano. Se você está olhando este show em pedaços e só vai assistir a algumas lutas, assista a essa. Uma boa luta de trios sempre vale a pena o seu tempo. *** 3/4


JUN AKIYAMA & KENDO KASHIN DEF. TAKAO OMORI & MANABU SOYA

Muitas das lutas deste show foram estúpidas, mas estúpidas de uma maneira divertida, alegre e agradável. Esta luta não foi nada disso, foi apenas estúpida

Kendo Kashin não era bom em 1992 e ele não é bom agora, mas ele continuamente consegue se colocar em shows e em lutas que ele simplesmente não se encaixa. O que o Kendo Kashin tem a ver com Akiyama, Omori e Soya? Akiyama não poderia encontrar um parceiro melhor? Alguém como Shuji Ishikawa não era bom o suficiente? Ele não poderia chamar um de seus velhos amigos para se juntar com ele por uma noite? Eu não entendo.A match durou oito minutos, foi chata, estava desprovida de toda e qualquer emoção, e se eu não tivesse que me sentar para assistir outra luta de Kendo Kashin nunca mais, eu morreria um homem feliz. * 3/4


GAORA TV CHAMPIONSHIP
JIRO KUROSHIO DEF. YOHEI NAKAJIMA (C)

Nakajima consegue o mesmo *** - *** 1/2 em toda luta,e isso tem acontecido por um longo tempo. Você assiste suas lutas e diz a si mesmo "foi uma boa pequena match" e isso é legal por um tempo, mas desaparece eventualmente, e já está gasto para ele.

O GAORA TV title não significa absolutamente nada, é simplesmente um título mid-card, eu não tenho nenhum problema com isso, na verdade, eu gosto de mid-card titles que dão aos mid-carders um pouco a fazer. Nakajima, no entanto, está agora na necessidade de um pouco de algo para fazer. Ele já desgastou este título, ele está com ele há mais de um ano, e agora é a hora de colocá-lo em outra função. Ele estaria bem como um singles ou tag team supondo que ele seria usado como um júnior, ele só precisa ficar longe deste title. Jiro é o cara perfeito para conquista-lo. Ele é popular, ele é jovem, ele é a definição de um mid-card, e há um monte de novas matches para acontecer na All Japan e WRESTLE-1. É para isso que serve essa coisa.

Enquanto a luta em si não era nada espetacular, o desempenho de Jiro foi tremendo e a multidão o apoiava, o que era legal de se ver. *** 1/4


AJPW JUNIOR HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP
KEISUKE ISHII DEF. SOMA TAKAO (C)

Esta foi a luta errada para ter neste momento no show e me senti mal por ambos os lutadores como resultado. A crowd não poderia se importar menos com qualquer um deles para começar, e em um show de cinco horas, era impossível obter atenção no que eles estavam fazendo quando estavam na nona luta no final da terceira hora , Independentemente da qualidade.

Ambos trabalharam duro, ambos fizeram tudo o que puderam para fazer uma boa luta, ambos pareciam felizes por estar na posição em que estavam, mas nem uma única pessoa na platéia se importou com nada disso. Yuma Aoyagi saltou no ringue depois e desafiou Ishii para o seu título recém-conquistado, por isso não se surpreenda se Ishii acabar tendo um curto reinado. *** 1/4


ALL ASIA TAG TEAM CHAMPIONSHIP
ATSUSHI ONITA & MASANOBU FUCHI DEF. ATSUSHI AOKI & HIKARU SATO (C)

Essa foi claramente mais espetáculo do que luta. Foi uma squash alongada que deu Onita e Fuchi uma vitória definitiva sobre os campeões. Eu não sei por que Onita e Fuchi são All Asia Tag Champions, eu não sei o que isso realiza, acho que é bastante bobo, mas hey, eles são apenas All Asia tag champions, eles não tem toda essa importancia. Quem se importa?. Match divertida, suponho. ** 1/2


AJPW WORLD TAG TEAM CHAMPIONSHIP
ZEUS & THE BODYGUARD DEF. DAISUKE SEKIMOTO & YUJI OKABAYASHI (C)

Há alguns caras no wrestling que simplesmente não podem ter uma luta ruim juntos: Kazuchika Okada e Hiroshi Tanahashi nunca tiveram uma luta menos do que estelar juntos. Chris Hero e Sabre Jr., Will Ospreay e Marty Scurll conseguiram ter várias matches em um curto período de tempo e fazer cada uma diferente da outra.

Algumas pessoas no wrestling têm essa química, você nunca sabe quem é, não é exatamente algo que é tangível. Essas duas equipes aqui têm isso. Você pode ficar todos os quatro deles lá em seus piores dias e eles ainda conseguem produzir uma luta ****, incapaz de entregar qualquer coisa abaixo.
Eu disse isso um milhão de vezes até agora, mas se Zeus não receber o seu voto para Most Improved, eu não sei o que dizer a você. Ninguém se aproxima se você me perguntar. Ele é ótimo, e quanto ao parceiro ... olhe, há uma razão para que The Bodyguard seja principalmente um tag guy. Seu carisma é mais adequado para um papel de tag team. Ele é bom nessas lutas, ele é bom em seu papel. Contanto que mantenham ele e Zeus juntos, ele ficará bem. Ele tem 50 anos, ele está fora de si, e ele é divertido de se assistir.

Este foi de longe a melhor luta do show e uma das melhores tag team matches do ano, bem como as lutas que Sekimoto e Okabayashi fizeram no show da BJW de 31 de outubro.
Se The Revival não existisse, esses dois teriam meu voto como minha Tag Team of the Year. Eles nunca deixam de se entregar, eles são sempre um dos, se não o destaque de cada show em que eles estão. Isto foi duro, stiff, áspero, istofoi uma luta entre quatro grandes wrestlers que desesperadamente quiseram derrotar um ao outro. se ainda não viu,recomendo. **** 1/4


TRIPLE CROWN CHAMPIONSHIP
KENTO MIYAHARA (C) DEF. SUWAMA

Eu tive que assistir a esta luta duas vezes antes que eu pudesse apreciá-la. O show foi de cinco horas de duração, e eu assisti todas as cinco. Eu estava cansado, eu estava exausto, e às vezes, quando você está nesse estado, você não pode apreciar uma boa luta como essa é.

A primeira metade foi com Miyahara lento mas seguramente sendo trabalhado, incapaz de dominar o homem que o conhece tão bem, o homem que o derrotou várias vezes no passado, e o homem que ele nunca foi capaz de superar. Suwama foi o Ace da All Japan por um longo tempo, Suwama foi main eventer no Sumo Hall como o Ace e campeão mais vezes do que eu posso contar, e se ele não tivesse se machucado no início do ano, as chances eram que ele teria feito isso de novo este ano.
Como a All Japan foi forçada, eles colocaram o título em Miyahara, uma decisão em que fui cético em primeiro lugar, mas uma decisão que foi claramente certa. Foi a melhor coisa que aconteceu a eles em um longo tempo, e não por escolha.

Suwama foi o maior desafio de Miyahara até agora, e não porque Suwama é um melhor lutador, não porque Suwama é mais resistente do que Miyahara, mas por causa da experiência de Suwama, por causa de seus elogios acima mencionados, porque ele conhece Miyahara melhor do que Miyahara o conhece, Como tem batido Miyahara ao longo dos anos. Se Miyahara for realmente o Ace, se ele fosse realmente o homem que iria levar a bandeira da All Japan no  futuro, ele teria que passar pelo antigo Ace primeiro.

Suwama está fora de forma, ele fica sem folego com muita facilidade, ele não tem sido muito bom entre as cordas, e eu me preocupei com o que poderia a vir. Eu me preocupava que o homem de 40 anos, claramente no final de sua carreira, Não seria capaz de lutar mais uma vez no main event do Sumo Hall. Eu me preocupava sobre como essa match iria, eu não acho que um carry-job iria funcionar aqui. Todos nós sabíamos que Miyahara poderia fazer isso, todos nós sabíamos que Miyahara poderia levar Suwama para fazer um bom combate se ele tivesse que, todos nós sabíamos que Miyahara iria se entregar porque é isso que Miyahara faz, ele nunca falha, e ele especialmente não iria falhar aqui .

Suwama fez o que pôde, dada a sua condição atual, eu não posso chamá-lo de ruim, mas ele estava longe de ser bom. Ele tentou, por isso, eu tenho que dar-lhe crédito. No entanto, essa foi uma smoke-and-mirrors match. Miyahara fez tudo com seu poder para fazer Suwama parecer a maior ameaça imaginável. Não houve um segundo nesta luta onde Suwama não parecia que ele não estava no nível de Miyahara, apesar do fato de que ele claramente não estava se você estava prestando qualquer tipo de atenção desde que ele fez o seu retorno em julho .

Suwama estava no controle firme dele durante a primeira metade da luta como mencionado e o sell de Miyahara foi um dos melhores que já vi no wrestling todo o ano. Embora isso possa não ter sido a melhor luta de Miyahara, era certo que foi o seu melhor desempenho. Seu desempenho aqui era como o de Kazuchika Okada em seu combate com Genichiro Tenryu em torno dessa época no ano passado no mesmo lugar. Miyahara estava além de bom nessa luta, ele era incrivel, até o ponto onde eu considerei seriamente dar a ele meu voto para Wrestler of the Year.

Eu poderia imaginar que a luta aborreceria algumas pessoas, foi construida um pouco diferente do que você provavelmente esperaria, e me entediando na primeira visualização. Eu não gosto de falar sobre lutas no vácuo, eu acho que o contexto é uma coisa muito importante no wrestling, esta foi a ultima luta em um show de cinco horas, todo mundo estava cansado, todo mundo estava exausto, esses caras estavam em um ponto difícil . Eu precisava ver o jogo com olhos frescos para apreciá-lo, e agora que eu reassisti, eu pensei que era uma luta realmente boa.

Quanto a onde Miyahara vai daqui ... a história o tempo todo era ele e Suwama. Miyahara precisava passar por Suwama para se tornar o Ace, e agora que a história acabou, agora é a hora de passar para outra história. Quem é eo proximo? Quem poderia ser o próximo na fila depois de Suwama?. Joe Doering, o único homem que Miyahara nunca derrotou uma unica vez, o homem que derrotou Suwama para conquistar o título de Triple Crown em 2014, e o homem que tem um registro de 3-1 sobre Suwama, está fazendo seu retorno em janeiro. A história de Miyahara e Suwama terminou, Miyahara é agora o Ace da All Japan, enquanto Suwama toma um banco de trás, no entanto, isso não significa Miyahara não pode perder o título para outro homem. Pense nisso como a história de Tanahashi e Okada. Tanahashi, por anos, é o que impediu Okada de se tornar o Ace da New Japan. Você tem que superar definitivamente o Ace atual, a fim de se tornar o novo Ace. Só faz sentido. Okada pôs fim a essa história no maior show do ano em janeiro, Okada tornou-se o homem que Tanahashi foi, Okada tornou-se o Ace. Essa história terminou e uma nova começou. Tetsuya Naito ganhou um shoot, e bateu o Ace novo quatro meses depois que a saga de Tanahashi chegou ao fim. Isso não tira da história de Okada e Tanahashi, simplesmente acrescenta a história de Okada e Naito. Okada teve que aprender a superar outro obstáculo, como Miyahara agora terá que fazer no futuro. A história de Miyahara e Suwama terminou. Miyahara é o Ace, e agora ele vai ter que aprender a sobreviver como o Ace. Podemos assumir com segurança que Joe Doering é o seu próximo caminho na estrada, o homem que ele nunca derrotou antes. A história se repetirá? Será que o ex-campeão ira retirar o que era seu? Este não é um novo capítulo para Miyahara, esta é uma nova história, uma história que vai acabar da mesma forma que este fez. É como nós chegamos lá que importa. ****

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Este não foi um show que você senta em um sábado à tarde e ve do início ao fim por si. Isto, como o Tenryu Project show do ano passado, foi um show que exigia algum tipo de interação com os outros assistindo no decorrer. Este foi um show que tinha de ser visto em tempo real. Isso é de onde a diversão veio. Como um show de wrestling, isso não era nada. Havia quatro lutas que eu recomendaria assistir, mas como alguém que assistiu isto do começo ao fim em tempo real enquanto interagindo com outros assistindo, eu realmente gostei de todo o tempo. Não é uma daquelas coisas que você pode recriar, então eu não posso recomendar assistir todas as cinco horas. Veja o que lhe agrada, a menos que você realmente queira todas as cinco, caso em que eu não posso impedi-lo de fazer. Não foi um show ruim, não foi um ótimo show, foi simplesmente um divertido show para se passar a noite assistindo ao vivo.