Santino Marella comenta sobre sua academia e lutadores considerados pequenos

O ex-lutador Santino Marella foi o convidado de Steve Austin no episódio 384 de seu podcast, The Steve Austin Show.

Entre os temas tratados durante a entrevista, surgiu o de lutadores considerados pequenos. Marella declarou que tem vários alunos em sua academia de wrestling (A Battle Arts Academy, situada em Mississauga, Canadá) que pertencem a esse grupo e que repete a eles a cada dia que não poderão aparecer em um show enquanto pesem cerca de 65 quilos, pois correm risco de se lesionar. Além disso, ele afirma que se tornou honesto com eles desde a aparição de alguns lutadores:

"Agora mesmo, temos no cenário caras como James Ellsworth ou Spike Dudley... o mero fato de que estejam alí, mantém viva a esperança dessas crianças. Graças a eles, eles vêem que existe uma oportunidade para os lutadores mais pequenos de sair a frente no wrestling profissional, mas devo fazer eles entenderem que se chegam assim aos shows, essa etapa durará pouco. Muitos de meus meninos ficam muito chateados quando eu digo isso, mas eu estaria prejudicando eles se eu não tivesse aconselhando eles."

Marella também afirmou que Shelton Benjamim e Bobby Lashley pensariam que são o paradigma do campeão perfeito do wrestling profissional, se o wrestling profissional fosse real, momento em que ele pontualizou que o pro-wrestling não é real, mas sim um entretenimento, e lembrou que o lendário treinador de wrestlers profissionais Rip Rogers sempre dizia que, vença ou perda uma luta, tudo é falso.

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook