2016 em 16 momentos #10 - A divisão de mundos

Fala galera, tudo certo? Aqui é o Justt trazendo o nono texto do nosso especial de fim/começo de ano: o 2016 em 16 momentos. Nesta edição, o Diego Ceratti daqui do site contará um pouco sobre o que mais lhe marcou no ano que se passou.

MOMENTO #10: WWE anuncia o retorno da brand split
No dia 25 de maio de 2016, a WWE anunciava o retorno do WWE Draft e que o SmackDown passaria a ser exibido ao vivo às terças-feiras na USA Network a partir do dia 19 de julho. O Draft aconteceria mais tarde no dia 19 de julho de 2016 e foi a segunda vez que a empresa realizou um Draft com seu roster desde 2011.

Resultado de imagem para wwe brand split 2016
Era uma mudança esperada pelos fãs por anos e enfim a empresa resolveu ouvir os seus fãs. Baseada numa rivalidade familiar entre os herdeiros de Vince McMahon, Stephanie McMahon e Shane McMahon, a WWE deu o pontapé inicial para o Draft após Shane O'Mac retornar no episódio do dia 22 de fevereiro do RAW onde Stephanie McMahon receberia o prêmio, Vincent J. McMahon Legacy of Excellence", do pai de Vince McMahon.

Shane McMahon anunciou que a razão pela qual ele havia retornado era que ele queria o controle do RAW, que era controlado pela The Authority. Vince McMahon anunciou que Shane McMahon enfrentaria The Undertaker em uma Steel Cage Match na WrestleMania 32, acrescentando ao combate a estipulação de que Shane conquistaria o controle do RAW em caso de uma vitória e se The Undertaker fosse derrotado essa seria sua última WrestleMania. Na WrestleMania 32, Shane foi derrotado por The Undertaker.

No RAW após a WrestleMania 32, Shane McMahon realizou uma aparição e Vince McMahon afirmou que ele e Stephanie McMahon eram os comandantes do RAW no show daquela noite. Shane retornou à WWE como um "salvador da pátria" pois este mostrou diversas vezes o desejo de melhorar o produto e queria o controle total do RAW. Por outro lado, existia a poderosa "The Authority" que em meses foi desfeita mas ainda exercia o poder sobre os shows da WWE. Antes de todos esses acontecimentos, o SmackDown Live era um "B-Show" para a WWE e seus ratings eram considerados desastrosos e isso virou um problema para a USA Network que exigiu que o programa fosse ao ar ao vivo devido aos baixos números de audiência.

Devemos considerar que não é a primeira vez que a WWE realiza um Draft. Em 2002, a WWE (até então chamada de World Wrestling Federation) foi obrigada a dividir o seu plantel em dois. Foi anunciado que uma parte do plantel atuaria no RAW e outra parte no SmackDown. A partir do ano de 2004, o Draft passou a ser anual e membros de cada divisão poderiam ser aleatoriamente transferidos para outra divisão. Mas em 2006 com a criação da ECW, membros das duas divisões também poderiam ser transferidos para a ECW.

Em 2011, a WWE sentiu que não era mais preciso uma divisão de brands e tomou a decisão de encerrar o sistema de divisões assim autorizando a membros de seu plantel a atuarem em qualquer um dos shows.

Resultado de imagem para vince mcmahon wwe 2016
Voltando a falar sobre o Draft de 2016, Vince anunciou no episódio do dia 11 de junho do RAW que seus filhos, Shane e Stephanie, seriam comissários, respectivamente, do SmackDown e do RAW, informando a eles que deveriam escolher um Gerente Geral (General Manager) para os seus shows. Assim, a história começou a ser trilhada e a disputa entre Shane e Stephanie começou ser ainda mais acirrada.

Shane escolheu Daniel Bryan como seu General Manager e Stephanie escolheu Mick Foley para ajudá-la no RAW. Já na escolhas do Draft, o RAW dominou escolhendo estrelas como Seth Rollins, Roman Reigns, Finn Bálor, Brock Lesnar, , Kevin Owens. Parecia que o RAW seguiria exercendo o papel de A-Show da WWE, no entanto, o SmackDown Live escolheu estrelas como John Cena, AJ Styles, Dean Ambrose, Randy Orton, The Miz. O Draft também contou com grandes escolhas do NXT como Finn Bálor para o RAW, Alexa Bliss para o SmackDown, Carmella para o SmackDown, entre outros.

Já na área de títulos, o SmackDown saiu beneficiado já que Dean Ambrose derrotou Seth Rollins e Roman Reigns no WWE Battleground, que foi o primeiro pay-per-view após o Draft, para se tornar o novo campeão mundial da WWE e levar o título para o SmackDown. The Miz também levou o título Intercontinental para o SmackDown. No entanto, o RAW não ficou para trás e conseguiu garantir três títulos, o WWE United States Championship, WWE Women's Championship e o WWE Tag Team Championship.

Resultado de imagem para becky lynch wwe womens champion
A divisão de mulheres do SmackDown também não ficou sem título. Shane McMahon e Daniel Bryan anunciaram o novo título do SmackDown, o SmackDown Women's Championship. No entanto, o SmackDown ficou sem título para as divisão de duplas. Esse problema foi logo solucionado após o SmackDown Tag Team Championship ser anunciado como o novo título do SmackDown.

O RAW ficou sem um título principal no entanto foi anunciado a criação do WWE Universal Championship. Foi anunciado um torneio pelo título e também que a final do torneio seria no SummerSlam. Finn Bálor e Seth Rollins chegaram a final do torneio e se enfrentaram no SummerSlam. Finn Bálor venceu Seth Rollins mas sofreu uma lesão que o obrigou a abdicar do título. Com isso, o WWE Universal Championship ficou vago e Stephanie McMahon juntamente com Mick Foley anunciaram uma Fatal 4-Way que iria coroar o novo campeão.

Resultado de imagem para wwe draft 2016
Para mim, o Draft foi algo renovador para a WWE e com certeza para as novas gerações. Espero que realmente levem a sério essa divisão de brands ainda mais com tantas estrelas de imenso talento no plantel dos ambos shows.
Tem alguma dica de notícia ou correção? Envie-nos clicando aqui!