Chris Hero: "O wrestling é muito mais que uma arte"

Chris Hero esteve presente na última edição do programa The Kevin Gill Show. Durante a entrevista, ele comentou sobre seu futuro e diversos temas. Confira abaixo os destaques:

Sobre o futuro do wrestling:

"O wrestling é para mim muito mais que uma arte, é uma mistura de todas as formas de arte que se possa imaginar. Está em constante crescimento, em constante mudança em diferentes direções."

Sobre seu futuro:

"Eu poderia ter dado uma turnê de despedida com o melhor de Chris Hero, fazer um pouco mais disso e aquilo. Mas não tem desafio nisso. Quero seguir inventando coisas novas, e eu ainda tenho o público na palma da minha mão."

Sobre sua passagem pela FCW e NXT:

"Foram 20 meses cheios de momentos impressionantes, que ajudaram a criar a pessoa e o lutador que hoje sou."

Sobre as mudanças no wrestling atual:

"A paisagem do wrestling mudou, e essa mudança vem da WWE. Figuras revolucionárias como Daniel Bryan e CM Punk abriram a porta da empresa com uma patada, para que meninos como Sami Zayn ou Kevin Owens pudessem entrar."

Sobre Jeff Cobb (Matanza Cueto):

"Jeff não percebe o quão bom ele é, ou quão bom ele pode ser. É apenas uma questão de trabalhar e ser ele mesmo. Ele é um cara educado e agradável, só tem que estar ciente de seu próprio talento, e vai ser incrível, incluindo melhor que agora."

Sobre sua história com CM Punk

"Em nosso primeiro combate, éramos estúpidos e não sabíamos compreender o público. Simplesmente, estávamos fazendo coisas que pareciam divertidas, e bobas, lutamos durante 50 minutos. Chegamos a ter uma boa luta de 30 minutos, uma Ladder Match de, mais ou menos, 50, um empate em uma luta com limite de 60 minutes e, finalmente, a luta lendária de 3 quedas com limite de 90 minutos."

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook