Lex Luger fala sobre seus excessos e sua lesão da medula espinhal

O ex-lutador da WCW, Lex Luger, recentemente concedeu uma entrevista ao WGRZ, onde comentou sobre vários aspectos de sua vida e sua carreira como lutador. Veja na íntegra os destaques da entrevista:

Sobre seus últimos anos no mundo do wrestling:

"Vivia uma vida dupla, e isso acabou prejudicando as pessoas que estavam perto de mim. Enquanto que parecia que eu tinha tudo no ringue, que era 'o pacote completo', existia um vazio fora do ringue que eu estava tentando preencher. Nunca era suficiente o dinheiro, mulheres, festa e passei por alguns caminhos muito escuros ".

Sobre sua lesão na medula espinhal:

"Tinha muitos combates e um duro treinamento na academia. Até que eu peguei um vôo que me levou da costa leste à costa oeste, e acordei na manhã seguinte paralisado do pescoço para baixo. Não podia movimentar absolutamente nada do pescoço para baixo. Felizmente, ao longo do tempo eu recuperei certa mobilidade, e eu tive períodos de tempo em que eu pude estar de pé e caminhar. "

Sobre o uso de esteroides no wrestling:

"Os esteroides eram usados, tanto no futebol americano como no wrestling. Era muito comum, e se o resto dos meninos usavam, eu não queria que eles tivessem vantagem"

Sobre os lutadores que tinha o controle criativo:

"Hogan era um dos poucos casos, ele e Andre The Giant, eram os dois únicos lutadores que tiveram o controle criativo. Eles poderiam dizer 'sim' ou 'não'. Se você dizia a eles 'você vai perder nesta noite', poderiam dizer 'não, isso não me convence'."