Mick Foley: "Sem Jimmy Snuka, não existiria Mick Foley"

O atual General Manager do RAW Mick Foley foi entrevistado por Jim Ross no The Ross Report. O ex-lutador falou sobre a morte de Jimmy Snuka, que faleceu há algumas semanas atrás. Confira:

"Me vem a cabeça o que disse Bruce Springsteen sobre acreditar na arte, não no artista. Por isso, você pode ver um filme protagonizado por um ator que talvez abusou de meninos. E ele era gentil e cavalheiro. Ou seja, acho que não existe um juiz ainda mais duro, creio eu, que a Internet. E se Jimmy fez aquilo do que ele é acusado, espero que a bondade que ele mostrou a todos por décadas e amor que ele tinha por sua família superem esse incidente que teve final."

Além disso, Foley falou sobre o impacto que o "The Superfly" teve em sua vida. Lembrando da época que esteve entre o público assistindo a Hell in a Cell Match em que Snuka saltou do topo da estrutura, Mick Foley revelou que sem Jimmy Snuka, não existiria Mick Foley. Veja:

"Sem Jimmy Snuka, não existiria Mick Foley. Não estaria fazendo essas coisas, pois esse é o sentimento que ele me passou estando no Garden e sentindo a emoção. Esse momento capturado no tempo que lembro com toda certeza quando aconteceu há 30 anos. Eu sabia naquele momento que queria fazer as pessoas sentir o mesmo sentimento."