AJ Lee diz que a WWE a puniu por se recusar a fazer uma "storyline"

Durante uma entrevista com a New York Post promovendo o seu livro recém-lançado, AJ Lee revelou que em um ponto de sua carreira na WWE, ela foi punida por se recusar a fazer uma storyline que a empresa havia planejado para ela.

Em 2012, Brooks foi "devido a tomar parte em uma série de sátiras patetas em que seu personagem era alucinada, beijou um duende e dançou com dinossauros do espaço sideral." Ela disse que se recusou a fazer pois era filha de uma mãe com a mesma condição, ela não podia passar por isso.

"Parecia que eles desrespeitaram tanto a mim como a minha mãe", diz Brooks, que na época os planos eram fazer storyline coma doença mental de sua mãe. "Foi uma piada, mas, para mim, não era algo para rir."

Como punição por se recusar a fazer tal segmento, ela foi tirada da televisão por dois meses.

Agora, com seu novo livro, Brooks está se abrindo sobre suas dificuldades por meio de seu livro, onde ela desafia o estigma da depressão e outros problemas de saúde mental.

"É difícil não pensar que você está sozinho no mundo, então é bom se conectar com outras pessoas que enfrentam os mesmos problemas", diz ela. "Eu quero mostrar que eles não são algo que toma conta de você."