Impact Unscripted #2 - Parcerias

Impact Unscripted!

Quando uma empresa busca outra para formar uma parceria nem sempre temos o resultado esperado obtido e inevitavelmente um dos lados será mais beneficiado que o outro tendo que ter o cuidado para não acabar sendo “passada para trás” e acabar sendo “engolida” pela empresa parceira. E É sobre isso que iremos tratar nessa edição do Impact Unscripted, até quando uma parceria entre empresas de pro-wrestling pode dar certo?

No Último ano a TNA passou por mudanças extremas na forma que promovia seus shows e a forma que guiava a empresa, chegando até a mudar de nome.  Com o retorno do Jeff Jarrett para companhia ele trouxe de volta a torna uma fórmula já usada pela empresa. Porém que não vinha tendo o sucesso esperado (inclusive com um Bound For Glory sendo custeado através de uma parceria que colocou em confronto a empresa e a Wrestle-1 que para muitos foi um tiro no próprio pé e um dos piores eventos da empresa) e que ele já vinha exercendo na sua companhia GFW até então.

Empresas como NOAH, AAA e The Crash vem tendo destaque nos shows semanais e consequentemente uma troca de talentos vem ocorrendo, porém, tivemos um triste episódio ou melhor alguns episódios vindo à tona no mais recente evento da AAA, a Triplemania, que teve uma polêmica entre a Sexy Star e outra envolvendo o até então diretor executivo da companhia, Jeff Jarrett. E a partir disso, chegamos onde pode ocorrer problemas entre parcerias as polêmicas, confusões e possíveis rivalidades reais em bastidores que podem surgir a partir dessa interação.
Tendo em vista o assunto é importante parabenizar a empresa mexicana que já tomou medidas generosas contra uma das suas principais estrelas femininas que em um momento de insanidade (vamos colocar assim) quase lesionou uma knockout da GFW. Agora irá esperar o mesmo da GFW naturalmente que afastou, ou melhor, o próprio JJ se afastou dando entender que está com problemas de saúde e para evitar maiores problemas.


Parcerias podem dar certo quando as empresas seguem uma mesma linha de pensamento, a uma observação ampla do cenário em que estão envolvidas e quando as empresas se comunicam facilmente. Ao Menos por enquanto, as alianças da GFW estão dando tudo certo e os problemas que surgiram foram facilmente jogados para debaixo do tapete com atitudes, mas temos que lembrar que empresas apesar de parcerias não serão prejudicadas em razão da outra e a AAA pode estar usando a GFW para ter mais facilidade na já quase que inimaginável invasão e conquista do território americano (a LU apesar de um grande show já tem sua continuação questionada). 

Fiquem atentos!
Tem alguma dica de notícia ou correção? Envie-nos clicando aqui!