Rosemary fala sobre incidente com Sexy Star

A lutadora do Impact Wrestling, Rosemary,  finalmente quebrou o silêncio e decidiu falar sobre a vergonhosa atitude de Sexy Star contra sua pessoa. Em uma entrevista concedida ao podcast Killking The Town apresentado por Lance Storm e Don Callis, a ex-campeã da divisão Knockouts falou sobre diversos assuntos, entre eles a origem de seu personagem, The Demon Assassin Rosemary:

"Meu personagem começou porque queria mudar tudo o que vinha fazendo até esse ponto, passava de ser uma lutadora de comédia a uma lutadora séria, e agora buscava fazer um personagem  um pouco excêntrico porque eu amo filmes de terror. A melhor coisa do pro-wrestling é que você pode ser o que você quer ser, seja de comédia, drama, ação, romance ou até mesmo de terror . O que eu notei sobre os personagens de terror feitos anteriormente feitos no Pro Wrestling é que você precisa estar 100% em seu personagem , você não pode apenas ter uma espécie de entrada dramática e depois lutar como todos os demais, então eu tive que mudar tudo sobre mim. Eu só queria mergulhar completamente neste novo personagem ".

Rosemary explicou que a ideia surgiu enquanto lutava para a empresa Smash Wrestling, localizada em Toronto, Canadá. A lutadora contou que sua transformação foi o ponto culminante de sua rivalidade com outra lutadora que também faz parte da divisão das Knockouts, Allie, então conhecida como Cherry Bomb.

"Esse personagem surgiu na Smash Wrestling em Toronto como culminação de uma storyline de um ano e meio de duração onde enfrentava Cherry Bomb. Queria uma mudança drástica, meu cabelo estava arruinado por corante e queria cortá-lo, mas ao mesmo tempo queria tirar proveito do assunto então eu disse a Cherry que ela cortaria meu cabelo, esse seria o momento decisivo em nossa rivalidade. Em nossa storyline, aquilo foi a gota que caiu no copo, que junto com o abuso que sofri por parte dela durante o ano todo, terminou por quebrar minha mente. Além disso, fora dos planos para nossa storyline, Cherry quebrou a clavícula e precisou de uma cirurgia que deixou ela fora por 6 meses. A forma como lidamos com essa situação foi fazendo que meu personagem, com o decorrer dos meses, ficasse mais e mais imerso em sua psicose, não só porque Cherry me quebrou, mas sim porque não podia colocar as mãos sobre sua lesão e mergulhei mais e mais fundo na escuridão até me transformar nessa possessão demoníaca que já não era humana. Uma vez que Cherry se recuperou, conseguimos continuar nossa rivalidade por mais um ano"

Por outra lado, Rosemary falou sobre sua chegada ao Impact Wrestling:

"Eric Young e Crazy Steve têm muito a ver com meu treinamento e com meu trabalho em Ontario. Quando o Impact começou com o personagem do Decay e precisaram de um membro do sexo feminino foi Eric Young quem disse, 'quero que observem essa menina'. Nesse momento estava fazendo o personagem de demônio obscuro por pelo menos 4 meses na Smash Wrestling, então eles me chamaram, eles me deram confiança e eu não desapontei"

Por último, mas não menos importante, a Knockout contou sua versão dos fatos em um dos incidentes mais polêmicos de 2017, estamos falando do ocorrido no Triplemanía 25, evento da empresa Lucha Libre Triple A, onde a lutadora Sexy Star lesionou de maneira premeditada a lutadora canadense.

 "Da minha perspectiva, pude ver que havia algum problema entre as outras três participantes enquanto tentávamos planejar a luta, pude ver que existia certa animosidade e havia problemas para ordenar as coisas, de vez em quando se aproximavam de mim para dizer algo em inglês muito básico e logo voltavam a mudar tudo. Eu pensava 'O que está acontecendo aqui? Houve um momento em que elas claramente estavam brigando entre elas e eu simplesmente fui, de todas as formas não sabia o que elas estavam dizendo, então eu não poderia contribuir com nada, então sai dali. Lembro que sai junto com DJZ e Andre Everett e disse a eles 'elas estão brigando entre elas e não tenho ideia do que posso fazer em relação a isso', eles só poderiam me dizer 'bem, boa sorte com isso'. Sabendo que isso estava acontecendo e vendo como estava a situação entre as outras três lutadoras, lembro de estar no ringue tratando de seguir o que ocorria, mas elas estavam brigando e eu estou ali pensando 'não vou me envolver, ficarei perto das cordas e esperarei uma oportunidade para poder treinar isso'."

Em meio ao caos, Rosemary conta que encontrou o momento para seguir com a luta segundo o planejado, esse fim os envolveu, juntamente com quem naquele momento era a campeã Reina de Reinas na AAA, Sexy Star, e parecia que tudo terminaria segundo o planejado e sem maiores dificuldades.

"A sequência final devia ser entre Sexy Star e eu enquanto que o resto das participantes ficariam fora de ação. Tudo estava saindo bem, o que devia acontecer entre as duas estava indo de acordo com o planejado, então pensei 'está bem, tudo está bem, talvez possamos chegar ao fim', então, nós fizemos a seqüência da terceira corda, eu dei meu braço para aplicar o Armbar e, por algum motivo, o que eu acho que aconteceu foi que as emoções estavam vermelhas e as coisas ficaram fora de controle, acho que não fui o alvo em nenhum momento , apenas penso que as coisas saíram do controle entre as outras lutadoras, talvez ela (Sexy Star) estava mais emocionalmente envolvida do que deveria, tudo o que sei é que senti meu braço sair do lugar, entrar em pânico e imediatamente tentar sair de lá, mas ela não me soltava e ali foi quando fiquei irritada"

Para a assassina de demônios, a parte mais frustante não foi ter saído lesionada já que ela não foi mais que um alvo acidental em uma situação fora do controle. O que realmente frustou a canadense foi a atitude que Sexy Star teve em relação ao ocorrido.

"Para mim foi um incidente muito frustrante e o mais irritante de tudo, é que logo tivemos uma espécie de conferência telefônica entre todos os envolvidos onde eu disse a ela que eu pensava que não era um alvo e que as coisas simplesmente ficaram fora do controle, basicamente deixei o prato sobre a mesa e o único que ela tinha que dizer era 'sim, isso foi o que aconteceu, fiz o que não devia e desculpe', mas continuou se fazendo de vítima"

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook