Finn Bálor diz que gostaria de enfrentar Brock Lesnar na Wrestlemania 34

Finn Bálor foi recentemente entrevistado pelo Sportskeeda e falou várias questões, como sua situação na WWE e falou sobre as diferenças de trabalhar com a WWE em relação a outros países. Em seguida, deixamos você com as declarações mais destacadas:

- Sobre a diferença de trabalhar no Reino Unido, no Japão e na WWE:

''É muito interessante porque quando estava lutando no Reino Unido e no Japão, sempre estive na minha própria bolha até chegar à WWE. A luta poderia ter lugar na prefeitura local ou em um grande estádio no Japão. As únicas pessoas que iriam ver isso seriam as pessoas que estivessem no show ao vivo e não havia muito espaço para vê-lo em outros lugares''.

- Sobre o alcance que a WWE tem em todo o mundo:

''Tendo a WWE Network com o alcance que tem em todo o mundo e canais de televisão em centenas de países, a WWE é realmente um monstro e eles lhe dão a oportunidade de mostrar-se ao mundo. A principal diferença com outras empresas é que tenho fãs em lugares onde nunca lutei''.

- Sobre a estréia de Pete Dunne no Raw:

''Tem um potencial incrível. Ele ainda é jovem e está aprendendo, mas ele faz coisas incríveis sem ter passado muito tempo no Performance Center. Um pouco mais de tempo o beneficiaria, talvez um ou dois anos no NXT, para ajudá-lo a amadurecer e se sentir confortável com o estilo da WWE. Eu acho que ele é um lutador de futuro e meu conselho seria: quanto mais lento você demorar nos próximos dois ou três anos, mais tempo você irá durar. Ele não quer ser como Braun Strowman e desaparecer em um ano e meio''.

- Sobre seu combate dos sonhos na WWE:

''Ganhei de todos no Japão e na Europa. Quero vencer todos na WWE, mas acima de tudo eu quero encarar um: Brock Lesnar. Wrestlemania 34 está perto, eu adoraria um Finn Bálor vs. Brock Lesnar pelo Universal Championship. Pode ser uma ótima luta''.

Gustavo Nunes Teixeira: Administrador do site e responsável pelas notícias da WWE. É responsável também pela condução dos quadros, "PPV's Rebound" e "Feuds que poderiam ser esquecidas", além de comandar o HOW Universe juntamente com outro colaborador. -