HOW Fantasy - RAGE (03/11/2017) - "Unforgettable..."

A HOW Network transmite está noite mais um episódio exclusivo do RAGE, direto de seu novo local fixo para os shows, o Hammerstein Ballroom em Nova York, EUA.

Destaques:

 Kazuchika Okada provou seu favoritismo e conquistou uma grande e importante vitória. Na mesma noite o "Rainmaker" derrotou Bobby Roode e veio a manter sua vaga no combate principal com a vantagem de entrar com o número #29, e assim o favoritismo se confirmou onde mais tarde mesmo veio a vencer a Royal Rumble Match, porém antes disto, durante o retorno impactante de Bobby Fish que confrontava Pentagón Dark, Bobby Roode pegou todos de surpresa e fez o cash-in usando sua maleta onde veio a derrotar Dark e se tornando o novo World Heavyweight Champion. O que se parecia ser apenas uma vez se torna duas, com os resultados Okada e Roode vão se enfrentar novamente mas desta vez no "Greatest of them All", o HOWniversary. E apesar de faltar um tempo até o embate dos dois, uma coisa que chama a atenção é que Okada está invicto já faz um tempo enquanto Roode é o superstar que mais possuiu e venceu títulos na atual era do HOW Universe. O confronto pelo título de "ACE" da companhia continua!

➝ Ainda sobre a Royal Rumble Match, tivemos o retorno de Daniel Bryan, membro da V.W.O, que fez parceria com seu amigo e também membro de grupo, Triple H. O ex-Intercontinental Champion Joe Hendry retornando após meses e a Best of TNA formada por Trevor Lee e James Storm.

➝  Lana derrotou Tessa Blancard, esta foi bastante inteligente e usou de tudo contra a campeã, mas Lana com seu finalizador devastador deu logo um fim ao combate. Tessa disse que não vai desistir e quer uma revanche, veremos mais sobre isto logo mais.

➝ Gallows e Anderson se tornaram mais uma vez World Tag Champions ao derrotar a nWo, que logo mais tarde após o show veio anunciar sua separação devido a relações com o contrato de John Cena que se encerrava, com isso a "The Club" terá novos oponentes em breve.

O "Prizefighter" Kevin Owens derrotou Triple H e Seth Rollins num combate bastante agitado conseguindo reter o seu título. Owens disse que ainda quer mais e hoje ele fará mais uma Open Challenge pelo seu United States Championship.

➝ E por fim, Batista derrotou Mike Bennett e assim reassume o show, mas devido aos constantes envolvimento dos GM's nas rivalidades, um anúncio a respeito deve ser feito hoje.

Isso e muito mais, à partir das 20:00h (Horário de Brasília) aqui na HOWrestling!


Cobertura:


É exibido um pack de vídeos mostrando momentos no Royal Rumble referente ao RAGE. Em seguida a abertura do show é exibida. 

Vamos a arena, estamos no famoso ECW Ballroom, uma arena bastante famosa na história do wrestling que agora se firma como o local fixo dos shows do RAGE. A câmera destaca faixas pela arena que estão penduradas com a frase "Our Territory". Pra renovar ainda mas o show, os comentaristas são Todd Grisham e Joey Styles. Eles no recebem e destacam as mudanças do RAGE.

Toca "I Walk Alone" e com uma enorme pop Batista vem ao ringue. O mesmo pega um microfone e espera o público agitado se acalmar.

Batista: Bem, eu fiz o que prometi. Garanti o show chegar a um novo nível, aumentar a audiência e livrar ele das mãos de Bennett... é, eu fiz. - O público ovaciona. Com um pequeno e forçado sorriso Batista continua - Gostaria de vir aqui e poder dizer com mais animação isso, porém devido a acontecimentos frequentes na empresa, de um tempo para cá os "comandantes" dos shows tem se envolvido nas rivalidades acima do normal, claro que o nosso dever é manter o show organizado e sempre em alta, porém nós não somos as verdadeiras estrelas deste show, e logo quando resolvem fazer algo... isso atinge a mim. Em quatro dias eu consegui fazer um show mudar, ter uma casa, um novo modelo e um novo estilo de competição. De cabeça baixa e triste eu vos digo que...

Uma grande ovação do público se ouve. Dois homens encapuzados invadem o ringue e atacam Batista pelas costas o derrubando com socos e chutes. Mike Bennett e Bononi revelam ser estes homens após retirarem o capuz por completo causando muitas vaias. Ambos continuam o ataque por um bom tempo com mais e mais chutes repetidos. Bononi desce o ringue e pega algumas cadeiras e kendoo stickes e joga para o meio do ringue. Ambos Bennett e Bononi pegam cada uma cadeiras e começam a atacar Batista com várias cadeiradas seguidas, onde após inúmeros ataques Bononi aplica um "Uranage" e Bennett o finaliza com um "Power Of Love". Bennett pega o microfone que caiu no ringue e diz: "Isso ainda não acabou, G-M".

Bononi fica a exaltar a atitude de Bennett... Miracle In Progress! Bennett ataca Bononi com seu finalizador surpreendendo o público. Bennett pega o microfone novamente e diz: "E eu não precso de você, jobber."

Bennett abre seus braços enquanto a câmera se distância mostrando o público que o vaia. Ele então começa a fazer seu caminho a sair do ringue.

Após um tempo, toca "Welcome To The Queendom" e Stephanie McMahon vem ao ringue assutada com o que aconteceu. Bennett corre pela público e foge enquanto Steph fica a chamar referee's para ajudar Batista. 

É mostrado o replay do que aconteceu. Batista parece ter se lesionado seriamente. 

Para disfarçar o momento enquanto Batista é levado pelos médicos, os comentaristas destacam a "gloriosa" vitória de Bobby Roode no Royal Rumble.


Comerciais...


Toca "Glorious Domination" e novo campeão mundial Bobby Roode faz sua entrada com uma grande reação do público, ele anda lentamente com seu título na cintura e pega um microfone antes de entrar no ringue.

Enquanto isso, é oficializado o combate "Okada vs. Roode II" no HOWniversary.


Após a agitação do público parar, Roode começa a pronunciar.

Roode: Eu lembro de quando a B.o.T começou, lembro de quando nós eramos desacreditados, quando nos chamavam de iludidos por acharmos que poderíamos ser algo nesta empresa, mas a gente não se abalou com isso, lutamos semana após semana para provar que eles estavam errados, e após tanto tempo de dedicação, após tantos treinos e lutas feitas, nós conseguimos oque tanto queriamos e merecíamos, reconhecimento. Nós provamos que todos estavam enganados, que nós termos ganhado os títulos não foi por um acaso, que sim, nós merecíamos estar onde estávamos, a Best Of TNA no final teve seu trabalho reconhecido e assim, o topo alcançado por definitivo, mas como tudo não é um mar de rosas, a B.o.T teve seu fim decretado, os membros seguiram seus caminhos e apenas eu permaneci nesta empresa, no início eu achei que seria apenas mais um em meio a tantos outros, mais um sonhador que almejava alcançar voos mais altos mesmo sabendo que ainda não tinha essa capacidade, porém, eu me surpreendi com oque viria. Logo de cara conquistei a maleta do Money In The Bank e em poucas semanas venci o United States Championship, fiz história me tornando o primeiro a segurar essas dois "títulos", já que como todos sabem, aquela maleta significava muito mais do que aparentava, ela significava uma chance de conquistar o título mais almejado de sua brand, o World Heavyweight Championship. Meses se passaram, e durante esse tempo eu perdi o USA Championship, triste se não fosse pelo que viria a seguir, eu após isso me preparei ainda mais para chegar ao nível que sempre quis estar, treinei e tive uma rivalidade com o antigo ace do Rage, onde fui derrotado, mas logo após, o momento que todos esperavam chegou.... Meu cash in finalmente aconteceu e o último título que me faltava chegou, eu finalmente me tornei o campeão mundial e assim cheguei ao topo, agora eu serei o homem que comandará essa brand e levarei ela a outro patamar, farei do Rage o A-Show novamente e acabarei de vez com todas as dúvidas que ainda me cercavam, todos saberão que Bobby Roode sempre falou a verdade e que Bobby Roode sempre foi o verdadeiro ACE do Rage. Guardem minhas palavras, no Anniversary Kazuchika Okada terá seu fim decretado quando for finalmente derrotado para assim, o falso ACE cair dando lugar ao futuro, dando lugar ao "The Glorious One" Bobby Roode."

A música de Roode toca e ele faz sua pose característica com uma mistura de reações do público, ele sai enquanto diz que a "Era de Bobby Roode finalmente começou".

JoJo está entrevistando a Women's Champion, Lana.

JoJo: Lana, você derrotou Tessa no sábado porém ela disse que não vai desistir e quer mais uma chance ao título. Você dará uma nova oportunidade a ela? 

Lana: Seja lá quantas chances ela quiser, ela nunca vai conseguir me vencer. Ela foi tola o suficiente e agora sabe que não pode derrotar alguém num nível acima dela. Tessa é uma vergonha, para si e para toda a família dela.

JoJo: Bom, e se caso houver uma nova oponente, acha que algo pode mudar?

Lana: Mudar? Isso deve piada não é? Este lindo título está no meu ombro agora porque eu demonstrei força e habilidade o suficiente para segurá-lo. Como uma das melhores campeã que essa empresa já viu, eu não preciso me declarar como a cara da divisão feminina, porque todos já veem isso. E garanto que vão ver muito mais em diante.

Lana se retira dali com um olhar bravo.

Teremos a The Club em ação a seguir. 


Comerciais...


Toca "Omen In The Sky" e os novos campeões Gallows & Anderson vem ao ringue sobre vaias.

Anderson pega um microfone.

Karl: Hey, eles ficam lindos na nossa cintura não é? eu sei. - Vaias - Nós cumprimos o que dissemos e finalmente recuperamos NOSSOS títulos, de uma maneira tão grande que foi o suficiente pra dar um fim a porcaria da falha nWo. Independente de quem seja nossos oponentes, esse títulos sempre ficam com quem devem, e ninguém, isso mesmo, ninguém tem o que é preciso para derrotar uma das melhores duplas nessa empresa. Acha que nós somos convencidos demais? não é isso, é que na verdade nós somos bons o suficiente para saber quem pode vencer aqui ou não. Quem quiser vir de frente com nós, que seja agora.

Gallows e Anderson erguem seus títulos com vaias.

Após um tempo, para uma grande pop do público toca "Can't Be Touched" e Daniel Bryan e Triple H aparecem na stage da arena. Eles ficam a encarar os campeões e logo vem ao ringue, onde os encaram. Anderson começa a ir embora mas Gallows não vai junto, ele diz para eles ficarem e colocarem os títulos em jogo porque vencer eles seria como ganhar numa loteria. Anderson pensa um pouco e concorda.

Eles sobem ao ringue e um referee é chamado, eles os entram os títulos. O referee levanta os títulos oficializando o combate.

▸Tag Team Match - World Tag Team Championship
World Tag Team Champions Gallows & Anderson vs. V.W.O (Daniel Bryan & Triple H)
» (10:00) O combate acaba em Count-Out após Anderson e Gallows fugirem de um golpe combinado da V.W.O.

O referee pega os títulos e entrega a Club que comemoram da rampa rindo de Bryan e Triple H.

Um vídeo sobre Zack Sabre Jr. no backstage é exibido.

ZSJ: Sabe, este tempo com a nWo foi legal, com eles aprendi muita coisa, acho que amadureci um pouco e cresci muito. Graças a eles fiz coisas que achei que não podia fazer, aprendi lições que posso agora usar ao meu favor, consegui chegar ao meu limite e fazer um ótimo combate contra CM Punk... Agora é hora de erguer a cabeça e seguir em frente, é hora de eu mostrar ao mundo o que Zack Sabre Jr. pode fazer.

Sabre coloca sua jaqueta e sai daquele local, assim encerrando o vídeo.


Comerciais...


Voltamos dos comerciais com a música de Kevin Owens a ser tocada, o mesmo vem ao ringue com um bom pop.

Owens cumprimenta o público presente que o ovaciona, ele fala sobre sua vitória sábado e admite que não foi fácil. Owens diz que não ficou satisfeito e quer algo mais que o experimente. Ele convida qualquer superstar que estiver ali para enfrenta-lo agora para um Open Challenge valendo o título. Owens fica a esperar.

Toca "Indestructible" e Davey Richards é quem aparece. Enquanto ele vem ao ringue os comentaristas destacam a grande performance dele no Royal Rumble.

Ambos se cumprimentam antes do combate.

Singles Match - United States Championship:
United States Champion Kevin Owens vs. Davey Richards
» (17:38) Um combate bastante "veloz". Owens e Davey fizeram um combate bastante equilibrado com ambos a usarem vários tipos de roll-ups para tentar fazer a contagem, o combate chega a seu fim após Owens tentar um "Pop-Up Powerbomb" e Davey reverter em um "Small Package", Owens consegue escapar mas logo de surrpesa recebe um "DR Driver I" seguido da contagem. Davey Richards conquista o United States Championship!
Vencedor: Davey Richards

O público fica surpreso com o resultado e aplaude, Davey pega seu título e sai em direção a rampa comemorando. Vemos o replay do combate.


Comerciais...


É anunciado que os superstars Bobby Fish, Joe Hendry, Pentagón Dark, Kazuchika Okada e Chris Jericho estarão de volta na próxima semana num show especial, o RAGE Supershow que terá de destaque Bobby Fish enfrentando Sheamus em seu retorno aos ringues.

Karl Anderson e Luke Gallows estão nos bastidores e, aparentemente, parecem estar a discutir. Anderson ia-se embora, mas, sem Gallows ver, ataca-o por trás. Ele atira-o violentamente contra vários objetos que lá se encontravam e termina o ataque com um Gun Stun em cima de uma mesa. Depois pega no seu cinturão e vai embora.

O público fica sem entender o que aconteceu ali.

Toca “Voices” e Randy Orton aparece com um bom pop do público. Ele caminha, tranquilamente, até ao ringue onde vai discursar

Orton: O que aconteceu no sábado representa meramente o passado. Nem eu, nem ninguém, pode alterá-lo e, por isso, temos de olhar para a frente, sempre focados no nosso objetivo. A Víbora é um animal inteligente e capaz de arranjar novas formas de se adaptar ao meio ambiente. Foi o que eu fiz. Eu, durante a semana, mantive contato com dois lutadores de topo, aptos para estarem sozinhos, mas espertos para se juntarem a mim e criar uma unidade coesa e indestrutível. Vocês devem estar a perguntar “quem?” e, por essa razão vou passar a anunciá-los. O primeiro, caracterizado por ser matreiro e manhoso, esteve num combate por um título no Royal Rumble - O público fica curioso -  Sem mais demoras, trago-vos SETH FREAKIN' ROLLINS!!

Toca “The Second Coming” e Seth Rollins vem até ao ringue com uma boa reação do público. O mesmo cumprimenta Orton.

Orton: Obrigado por teres aceite o meu convite, Seth. Tenho estado de olho em ti desde que ingressaste na HOW e, devo-te dizer que tens um grande futuro pela frente. Queres dizer algo?

Rollins: Claro. Eu acho que devo explicações para todos. Vocês estão bem, Nova York?! - Cheers - Ok, pena que eu não ligo para isso, e o que importa é que eu estou muito bem hoje! (Boos) Hahaha. Então, para começar, eu quero deixar claro que a opinião de vocês não vale absolutamente nada e não tem poder algum na minha decisão. Continuando, eu sou o homem dos planos, para mim sempre há outra alternativa, simples. Cheguei aqui e já recebi todos os holofotes, e isso não é atoa, nasci para ser uma estrela de topo, e tem uma maneira melhor de fazer isso a não ser me juntando com o ex-World Champion, "The Viper", Randy Orton? Digo, era irrecusável. Nós dois acabamos de sair de title matches no Royal Rumble, porém saímos derrotados. Pensando nisso, Orton me chamou para conversar e disse "Hey cara, por que não juntamos três dos melhores superstars dessa indústria, eu, você e mais um à nossa escolha para chutarmos algumas bundas e ganharmos esse novo Trios Championship?" E eu obviamente coloquei essa opção como prioridade e Plano A, e a aceitei rapidamente. E acalmem esses cús, não revelarei o 3º membro agora para estragar a surpresa, tenha a palavra, Orton.

Orton: Obrigado, Seth. Já temos dois membros, mas está a faltar um. O próximo nome é alguém que está categorizado como um mestre a trabalhar em equipa. Quero palmas para... KARL ANDERSON!!

Toca “Omen in the Sky” e Karl Anderson aparece com o seu cinturão na cintura. Algumas pessoas do público reagem com uma cara de surpresa e outras com vaias. Ele cumprimenta Rollins e Orton.

Anderson: Em 1939, um contrato selava a palavra de dois homens, sendo eles Adolf Hitler e Josef Stalin, mas a palavra deles acabou sendo quebrada por Hitler, que falhou na traição tendo seu exército nazista abatido pelo exército de Stalin.
Após isso, as pessoas começaram a achar que a traição era algo obsoleto e ineficaz, mas no dia 03 de Novembro de 2017 as pessoas veriam que estavam erradas. Karl Anderson finalmente trairia Luke Gallows, o motivo? É simples: Anderson estava cansado de sempre carregar Gallows e o mesmo falar que eles eram uma boa dupla, mas na verdade Anderson estava sozinho, ele sempre dava as vitórias a sua dupla enquanto Gallows ficava olhando e pensando que estava enganando ele. Mas agora, eu não preciso mais me preocupar com Gallows, agora eu tenho a Randy Orton e Seth Rollins, WE ARE RKS, AND WE'LL KICK YOUR ASS!

Orton: Obrigado por essa magnífica explicação sobre o sucedido, mas preciso de te perguntar uma coisa. Porque precisas desse cinturão? Afinal, queres esquecer tudo o que te liga ao Gallows. O que você fará com ele agora?

Anderson: Um segundo, Randy. Querem saber, eu tenho que deixar minhas ações falarem pelas minhas palavras. Tenho uma surpresinha para vocês.

Anderson joga o cinturão no chão, tira um spray de seu bolso direito e finge espirrá-lo no cinturão. Ele olha para a arquibancada e tira uma garrafa de álcool do outro bolso - Chants de YES! YES! YES! ecoam na arena -  Depois disso, Orton e Rollins pegam uma lixeira e um isqueiro debaixo do ringue, colocam o título lá dentro e botam fogo em tudo. Ouvimos cânticos de "Holy Shit" pela arena, os fãs vão à loucura.
Quando estavam saindo, os 3 olham para o ringue e dão meia volta. Orton pede o spray de Karl e pixa RKS no ringue.

Toca “Voices” e, Orton vai pro corner fazer a sua posse, Rollins sobe no outro corner e Anderson fica apoiado nas cordas e faz uma simulação de rajada, seguida de um "Too Sweet".

Os três estão caminhando para a saída, até que a theme de CM PUNK começa a tocar para o completo delírio dos presentes, Punk aparece vestindo uma camisa do Mount Rushmore, nela as estátuas estão sem rosto. Ele também está com três delas na mão, as deixa no ringue e se retira da arena rapidamente sem dar maiores explicações. Os três as pegam, hesitam por alguns segundos e decidem vestí-las, e quando a vestem, percebem que há uma diferença, nessa camisa as faces das estátuas estavam preenchidas com os rostos dos quatro wrestlers, com "Mount Rushmore" escrito abaixo. Após isso, os superstars chacoalham a cabeça em sinal de apoio e deixam o ringue ainda surpresos com o acontecido, encerrando ali o show com um clima esquisito com o público em dúvida sobre o que aconteceu.

Fim de Show.


▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬
✕ HOW NETWORK: After RAGE (Highlights)


➨ Renee Young tenta explicar o que aconteceu neste fim de show, coisas inexplicáveis que deixaram pessoas sem entenderem nada.

➨ É informado que Batista sofreu uma lesão no ombro. Mais informações em breve.

➨ Bennett é um convidado, ele diz que Batista não experimentou nem um pouco do que ele ainda tem, no Survivor Series será o clima perfeito para massacrar o que resta do animal. 

➨ Davey Richards está com seu título, bastante feliz ele fala sobre sua vitória e que ainda não está acreditando. Richards mostra ser cachorro loco e chama Renee pra sair, ela aceita.

➨ O Show acaba aqui porque a Renee saiu. Fim.

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

Mais Informações: HOW.com

Emerson Silva: Cuida dos shows Fantasy, grande atração do site, e também é responsável pela parte gráfica do site. -