RECENTES
Na noite do próximo sábado, a House of Wrestling realiza o seu segundo Pay-Per-View da história. Fique com todas as informações sobre o mesmo.

Data: Sábado, 16 de novembro
Local: Mercedes-Benz Arena em Berlim, Alemanha
Theme Oficial: “Do You Wanna Start a War?” - Fozzy
Horário: Kick-off: 18h30 / Main Show: 19h
Tempo limite para promar: 17h de sábado

Poster Oficial:




Card Oficial:


Kick-Off:


Singles Match:
Matt Sydal vs Adam Cole

19-Man Battle Royal - Atlas #1 Contendership:
Shorty G vs Buddy Murphy vs CM Punk vs Triple H vs Humberto Carrillo vs Kenny Omega vs Finn Bálor vs Chris Jericho vs Marty Scurll vs Bubba Ray Dudley vs Kane vs Cesaro vs Roman Reigns vs AJ Styles vs Drew McIntyre vs Sting vs  Dolph Ziggler vs Johnny Gargano vs Nobuhiko Takada

Main Show:


Last Man Standing Match: 
Sami Zayn vs Matthew Justice

Singles Match: 
Kevin Owens vs EC3

Atlas Championship - Singles Match:
Luke Harper (c) vs Austin Matelson

Submission Match: 
Zack Sabre Jr vs Brock Lesnar

Openweight Championship - Singles Match:
“The Fiend” Bray Wyatt (c) vs Zack Ryder

Tornado Tag Team Match: 
The Miz & Mike Bailey vs Seth Rollins & Jon Moxley

Intercontinental Championship - Singles Match: 
Chris Hero (c) vs “New” Daniel Bryan

HOW Championship - Hell of War Match:
Shane Strickland (c) vs Baron Corbin vs Andrade “Cien” Almas

___________________________________________________


*Promos para o PPV devem ser postadas aqui.
*Peço que utilizem este post somente para colocar promos e as avaliar.
*Caso alguém se queria inscrever no projeto, também aceito. Para isso basta dizer o lutador, theme song, finishers e promo introduzindo o personagem.
*Se divirtam.

Na noite desta terça-feira a AXS TV transmite mais um episódio inédito do IMPACT Wrestling, diretamente de Windsor, em Toronto, no Canadá.

Confira abaixo os tópicos destacados pela IMPACT Wrestling para o show desta noite:

- No evento principal, teremos o IMPACT World Champion, Sami Callihan se juntando ao seu parceiro de oVe, Madman Fulton, para enfrentarem Rich Swann e Tessa Blanchard!

- Em um grande combate sem o World Tag Team Championship em jogo, a The North medirá forças frente a Eddie Edwards e Naomichi Marufuji!

- Num combate singular, Daga continuará a sua busca implacável pelo fim da oVe ao enfrentar Jake Crist!

- Em combate de seis homens, Petey Williams, Aiden Prince, Trey Miguel, Rohit Raju, Willie Mack e Brent Banks, batalharão por uma futura oportunidade ao X-Division Championship!

Veja tudo isso e muito mais, hoje, a partir das 22 horas, na cobertura do House of Wrestling.

Cobertura:
Em tempo real, assim que o show começar.
Durante uma recente entrevista ao Sports Illustrated para promover sua parceria com a FitOps, Cena comentou sobre vários assuntos, tais como um possível retorno à WWE para trabalhar na próxima WrestleMania e como Randy Orton lhe citou no Twitter algumas semanas atrás.

Confira:

"Eu nem sabia disso", disse Cena sobre o desafio de Orton. "Todos os dias, sinto falta cada vez mais da WWE. Estou me tornando mais honesto comigo mesmo sobre o quanto sinto falta." Estou muito ansioso para voltar a um ringue da WWE em breve."

"E sobre a WrestleMania, posso dizer-lhe uma coisa, eu não perdi uma WrestleMania desde a minha primeira aparição na WrestleMania 19, e eu não pretendo perder uma WrestleMania nas próximas décadas."
Durante mais um episódio do WWE After The Bell, Corey Graves discutiu o atual produto da WWE. Entre alguns elogios dirigidos ao "The Fiend" Bray Wyatt, Graves explicou que a luz vermelha que é colocada na arena durante os combates de Wyatt, é algo que ele não gosta.

"Tudo o que Bray Wyatt está fazendo é incrível, é o melhor que existe na WWE, Raw ou SmackDown. Mas posso dizer que não quero ver aquela luz vermelha maldita novamente durante as lutas do 'The Fiend'. Não vou lançar um discurso porque já falei o suficiente no programa, mas espero que Bray Wyatt defenda o título (no Survivor Series). As músicas, luzes e bonecos do Firefly Fun House poderiam ser usados ​​em um pay-per-view da WWE."
Ken Shamrock tem 55 anos, mas ainda acredita que tem muito a oferecer dentro do mundo do Pro Wrestling, enquanto trabalha para o Impact Wrestling. Shamrock falou sobre como está se sentindo fisicamente e mentalmente durante uma entrevista com o Wrestling Inc.

"Eu me sinto bem, cara. Tirei um ano de folga e deixei meu corpo descansar, algo que eu não fazia há 20 anos", revelou Shamrock. "Voltei ao wrestling me sentindo muito bem. Fiz algumas coisas na Austrália e agora estou aqui no Impact."

"Vamos ver o que acontece. Tenho algumas metas definidas para mim e espero ter a oportunidade de alcançá-las e veremos o que acontece a partir daí", afirmou Shamrock.
Durante um novo episódio do podcast After The Bell, Corey Graves, comentarista da WWE, falou sobre as luzes vermelhas que começaram a acompanhar o "The Fiend" Bray Wyatt durante seus combates e sobre a história em que Bobby Lashley, Lana e Rusev estão envolvidos. Em seguida, suas declarações:

Sobre não estar gostando da história de Rusev, Lana e Bobby Lashley.

"Meu Deus, deixe acabar. Deixe o sofrimento acabar. Eu não me sinto mal por Rusev, só acho que ele está sendo ridículo. Ele tem uma esposa incrivelmente atraente, mas ela o traiu por razões mencionadas, mas não explicadas. No entanto, estou bravo por Bobby Lashley se esforçar até o ponto de se lesionar, o que já é uma conquista em si. Estou curioso para saber o que estava acontecendo para sofrer uma suposta dor na virilha que mais tarde descobrimos que não era realmente uma dor na virilha."

"Eu não entendo como Randy Orton se encaixa nisso tudo além do fato de que ele simplesmente gosta de distribuir RKOs nas pessoas. Isso deixa o público feliz, mesmo se formos honestos, o público da semana passada em Long Island ficou em silêncio durante a maior parte do tempo. Mas bem, deixe Rusev e Lashley fazerem o que sabem fazer, dois atletas capazes e talentosos, lutadores, o que você quiser chamá-los, eles são muito talentosos, deixe-os ter um combate incrível, porque eles são capazes, acho que é aí que para onde estamos indo, mas eu gostaria que houvesse menos dessa história horrível. É como se alguém que nunca esteve em um relacionamento estivesse escrevendo sua ideia de como seria um escândalo romântico. É muito estranho."
Na última sexta-feira, no último episódio do SmackDown, o "The Fiend" Bray Wyatt apareceu nos bastidores para atacar Daniel Bryan, que estava ouvindo Sami Zayn. As luzes se apagaram, Sami fugiu e Bray Wyatt aplicou um Mandible Claw em Daniel Bryan para finalizar o segmento.

Nos últimos dias, houve rumores sobre a possibilidade de Daniel Bryan enfrentar Bray Wyatt pelo WWE Universal Championship no Survivor Series, o próximo grande evento da WWE a ser realizado no dia 24 de Novembro. Estamos a apenas duas semanas do pay-per-view, mas o fato de Brock Lesnar não participar de um clássico combate entre campeões e defender o título contra Rey Mysterio especulou sobre a possibilidade de o título do SmackDown ser disputado, apesar da falta de construção para o combate em si.

A única coisa que se tornou oficial é a aparição de Bray Wyatt na próxima sexta-feira no SmackDown. A WWE anunciou que um dos dois personagens, Bray Wyatt ou "The Fiend", estará presente no SmackDown. Será a primeira aparição diante do público de Bray Wyatt desde sua vitória contra Seth Rollins no Crown Jewel. O novo campeão estava programado para aparecer no dia seguinte no Miz TV, mas os problemas no Aeroporto Internacional de Riyadh impossibilitaram a participação no programa.

Não é a primeira vez que os caminhos de Bray Wyatt e Daniel Bryan se cruzam. Ambos coincidiram no final de 2013 e no início de 2014, quando Bryan, depois de ser atacado várias vezes, decidiu se juntar à Wyatt Family. O experimento durou apenas algumas semanas desde que Daniel Bryan decidiu se separar do grupo, embora ele tivesse que lutar contra Wyatt pela última vez no Royal Rumble de 2014 e ser derrotado, tudo isso antes do Yes Movement entrar em sua fase de plenitude.
O Survivor Series será o próximo evento em formato de pay-per-view a ser realizado pela WWE nesta temporada. Sua característica consiste em colocar as três grandes marcas da empresa em confrontos, decidindo qual é a maior. O WWE Survivor Series 2019 será realizado em 24 de novembro, na Allstate Arena, em Chicago, Illinois.

Confira abaixo todas as informações referentes ao pay-per-view:

Card oficial:
WWE Championship Match:
Brock Lesnar (c) c/ Paul Heyman vs. Rey Mysterio

5 on 5 Men's Traditional Survivor Series Elimination - Triple Threat Match:
Team RAW (Seth Rollins (c), Randy Orton, Drew McIntyre, Ricochet e Kevin Owens) vs. Team SmackDown (???, ???, ???, ??? e ???) vs. Team NXT (???, ???, ???, ??? e ???)

5 on 5 Women's Traditional Survivor Series Elimination - Triple Threat Match:
Team SmackDown (Sasha Banks (c), Carmella, Dana Brooke, ??? e ???) vs. Team RAW (???, ???, ???, ??? e ???) vs. Team NXT (???, ???, ???, ??? e ???)

Triple Threat Match:
RAW Women's Champion Becky Lynch vs. SmackDown Women's Champion Bayley vs. NXT Women's Champion Shayna Baszler

Triple Threat Match:
NXT North American Champion Roderick Strong vs. WWE United States Champion AJ Styles vs. WWE Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura

Triple Threat - Tag Team Match:
RAW Tag Team Champions Viking Raiders (Ivar e Erik) vs. SmackDown Tag Team Champions The Revival (Dash Wilder e Scott Dawson) vs. NXT Tag Team Champions The Undisputed ERA (Bobby Fish e Kyle O'Reilly)
No próximo dia 24 de novembro, imediatamente após as transmissões do Survivor Series, a WWE Network passará a estreia do novo podcast de Steve Austin, na plataforma, o Broken Skull Sessions. O primeiro convidado será ninguém menos do que The Undertaker.

Na sinopse publicada na plataforma, a WWE garante que o "Ministry of Darkness" será visto de uma forma totalmente oposta a que conhecemos.

Lembrando que os maiores destaques desta grande entrevista, você conferirá com exclusividade no House of Wrestling.
Numa recente postagem promocional em seu site oficial, a Infinity Energy Arena, em Duluth, no estado da Georgia, local do WWE Starrcade 2019, anunciou grandes combates para o evento, incluindo uma Steel Cage Match, onde, Bray Wyatt defenderá o Universal Championship frente a The Miz.

Com isso, o esperado é que o "Awesome One" entre na rota do título logo após o Survivor Series, uma vez que neste pay-per-view, o "Fiend" deverá defender o seu título contra Daniel Bryan.

Confira abaixo a lista oficial de combates anunciada pela arena local:

- "The Fiend" Bray Wyatt vs. The Miz (WWE Universal Championship - Steel Cage Match)

- Kabuki Warriors vs. Charlotte e Becky Lynch (WWE Women's Tag Team Championship - Texas Tornado Match)

- AJ Styles vs. Kevin Owens (WWE United States Championship Match)

- New Day vs. The Revival (SmackDown Tag Team Championship Match)

- Roman Reigns vs. "King" Baron Corbin (Singles Match)

- Seth Rollins vs. Randy Orton (Singles Match)

- Rusev vs. Bobby Lashley c/ Lana (Singles Match)
Informamos anteriormente que o WWE Superstar, Sín Cara, pediu liberação de seu contrato com a WWE, através de uma mensagem publicada em sua conta oficial no Twitter, porém, seu desejo pode não ser concedido pela empresa.

Fontes relatam que Cara tem ao menos três anos de contrato com a WWE e que a empresa pode não ter uma liberação imediata em seus reais planos, pelo menos por agora.

Cara quer abandonar a sua carreira no pro-wrestling para ingressar no MMA, mais precisamente na Combate Americas, onde, seu grande amigo e também ex-WWE Superstar, Alberto El Patron, atua. Fique ligado para maiores informações.
Outro Superstar da WWE pediu a liberação de seu contrato. Sin Cara foi as suas redes sociais para anunciar que pediu para ser liberado de seu contrato com a WWE.

Em uma declaração publicada em espanhol, Sin Cara explicou que tomou uma decisão difícil, mas sente que está preso em um lugar onde não é valorizado. Ele sente que foi leal, respeitoso e trabalhou muito em equipe, mas não obteve nenhuma recompensa por isso.

Veja a declaração de Sin Cara abaixo:


Ontem à noite, depois de orar e considerar muito, pensando nos meus filhos e no futuro deles, tomei uma das decisões mais difíceis, mas sensatas, que tive que tomar na minha carreira profissional de luta livre; Eu pedi a minha liberação da WWE. Desde criança, tudo o que eu queria era lutar e, durante toda a minha vida, tomei decisões e sacrifícios para me colocar em posição de realizar esse sonho. São 20 longos anos de experiência e total dedicação ao meu esporte que eu amo e respeito. Eu viajei pelo mundo, conheci pessoas incríveis e lutei pelos fãs incríveis do Universo WWE. Sou muito grato pela oportunidade que eles me deram, no entanto, percebi que estou preso em um lugar onde não sou valorizado como atleta ou talento. Trabalhei duro e honestamente por muitos anos para aperfeiçoar meu ofício, fui leal, respeitoso, participei da equipe, apoiava e aguardava pacientemente a oportunidade de mostrar ao mundo tudo o que posso fazer. Infelizmente, depois de todos esses anos, essa oportunidade nunca chegou e não sinto que venha alguma vez enquanto permanecer onde estou. Os melhores anos da minha carreira de wrestler profissional estão chegando e acho que o melhor ainda está por vir! Sou um homem saudável e disciplinado, respeitoso com minha profissão e seu ambiente, com meus colegas e principalmente com o público a quem nunca falhei. Este não é o fim, pelo contrário, este é o começo do próximo capítulo e estou empolgado com o que o futuro reserva! (Isaías 43:18-19). Quero agradecer à WWE por este capítulo incrível, sempre serei grato. Mais importante, graças ao Universo WWE por seu apoio inabalável e a todo o meu público que em todas as partes do mundo me apoiou e demonstrou seu amor, a única maneira de me corresponder é continuar me fornecendo toda a dedicação, paixão e profissionalismo que sempre mostrei. Obrigado do fundo do meu coração.
Na noite desta segunda-feira, a USA Network transmitirá mais um episódio ao vivo do Monday Night RAW, diretamente da Manchester Arena em Inglaterra.

Confira abaixo os tópicos destacados pela WWE para o show desta noite:


- Seth Rollins foi nomeado o primeiro membro do Team Raw no Survivor Series, ficaremos a saber quem serão os outros?

- Becky Lynch vai abordar a luta que terá contra Shayna Blaszer e Bayley.

- As Kabuki Warriors vão defender os Women's Tag Team Titles.

- Lana vai fazer uma revelação chocante.

Veja tudo isso e muito mais, hoje, a partir das 22 horas, na cobertura em tempo real do House of Wrestling.

Cobertura:


O show desta semana foi gravado na última sexta-feira em Manchester, no Reino Unido. Confira:

- Vic Joseph e Jerry Lawler estão comandando o show na mesa de comentaristas. Dio Maddin não está com eles, provavelmente vendendo o ataque que sofreu de Brock na semana passada.

- As Women's Tag Team Champions Asuka e Kairi Sane vencem Becky Lynch e Charlotte Flair para se manterem campeãs. A NXT Women's Champion Shayna Baszler apareceu durante o combate e assistiu ao combate enquanto estava sentada em uma cadeira, mas a SmackDown Women's Champion Bayley, apareceu para lhe atacar. Asuka aproveitou a distração e fez o roll-up em Lynch.

- Drew McIntyre derrotou Sin Cara em um combate dominante.

- R-Truth vs. Singh Brothers terminou em No Contest.

- Seth Rollins vem ao ringue para uma reação mista da crowd. Rollins fala um pouco sobre Triple H e o NXT. Rollins desafia o melhor que o Reino Unido tem a oferecer. A Imperium aparece no palco para um pop enorme. O UK Champion WALTER, Fabian Aichner, Marcel Barthel e Alexander Wolfe caminham até o ringue. WALTER aceita o desafio de Rollins.

- Seth Rollins venceu WALTER em uma luta sem o título em jogo via DQ devido à interferência da Imperium. Os Street Profits e Kevin Owens correram ao ringue para ajudar Rollins.

- Seth Rollins, Kevin Owens e Street Profits venceram a Imperium em uma 8-Man Tag Team Match.

- Segmento de bastidores com a The OC confrontando Ricochet e Humberto Carrillo. Eles dizem a Ricochet e Carrilo para encontrarem um parceiro para um combate contra eles esta noite. Randy Orton se aproxima e se junta a eles.

- Andrade derrotou Cedric Alexander

- Lana vem ao ringue e continua falando sobre estar grávida. Ela diz que agora está grávida de 9 semanas porque Rusev a engravidou. Ela não teve relações sexuais com Bobby Lashley até 7 semanas atrás. Rusev aparece e admite que é viciado em sexo. Bobby Lashley também veio ao ringue e atacou Rusev antes de ir embora.

- Erick Rowan venceu um talento local. Rowan estava carregando algo com ele, mas não revelou o que era.

- RAW Tag Team Champions Viking Raiders venceram Flash Morgan Webster e Mark Andrews.

- Humberto Carrillo, Ricochet e Randy Orton venceram a The OC no evento principal. Carrillo conseguiu realizar o pinfall para sua equipe.
Um dos assuntos mais comentados atualmente no universo da WWE, é a história de traição envolvendo Lana, Bobby Lashley e Rusev. Muitos fãs da empresa não estão gostando da forma em que a empresa está lidando com o relacionamento real entre Rusev e Lana, fazendo vários questionamentos nas redes sociais.

Embalado na onda, o atual integrante da All Elite Wrestling, Jake Hager (Jack Swagger) publicou uma mensagem no Twitter, pedindo para que o "Bulgarian Brute" deixe a empresa. Provavelmente, Hager está se referindo a uma possível falta de respeito da companhia para com o lutador.

Lembrando que nesta segunda-feira, no RAW, Lana fará uma confissão chocante acerca de sua traição para com Rusev. Fique ligado para maiores informações.
Segundo informa o Wrestling Inc, o ex-detetor do ROH World Championship, Jay Lethal, deverá fazer o seu regresso aos ringues da Ring of Honor no Final Battle, pay-per-view que será realizado em 13 de dezembro. Lethal se juntará a Jonatham Gresham para enfrentarem os Briscoes Brothers, pelo World Tag Team Championship.

Lethal está fora de ação desde a ROH Honor United Tour, em Bolton, na Inglaterra, onde, quebrou o seu braço durante um combate contra PCO, o atual desafiante ao World Championship, título pertencente a RUSH.
Logo após a realização do pay-per-view Full Gear, no último sábado, em Baltimore, Maryland, Kenny Omega publicou uma mensagem sua conta oficial no Twitter, onde, afirma ter precisado da ajuda de médicos para conseguir chegar aos bastidores, depois ter ter perdido sua luta contra Jon Moxley.

Omega foi derrotado em uma Unsactioned - Lights Out Match, luta que não teve qualquer regra ou contagens, sendo considerado uma verdadeira guerra.

Sites internacionais relatam que Omega não possui condições médicas para competir, pelo menos até o momento desta postagem. Provavelmente o mesmo retorne a ação no Dynamite, show que vai ao ar pela TNT na próxima quarta-feira.
O presidente da All Elite Wrestling, Tony Khan, concedeu uma coletiva de imprensa após o pay-per-view Full Gear. Khan queria esclarecer várias questões que estão surgindo sobre o mundo da AEW. Para começar, ele confirmou que a empresa terá quatro pay-per-views anuais.

"A AEW terá 4 pay-per-views por ano. Queremos mantê-lo por um momento em 2020 e faremos Double or Nothing e All Out como se fosse um evento tradicional. Posso confirmar que o DoN 2 será na semana do Memorial Day e novamente será no MGM Grand em Las Vegas e o All Out retornará a Chicago no final de agosto", disse Khan.

A AEW quer realizar shows Dynamite fora dos Estados Unidos.

"Estamos procurando lugares fora dos Estados Unidos. Nossas metas durante 2020 são de transmitir episódios do Dynamite no Canadá e também chegar em Londres. No entanto, também queremos chegar a outros lugares no Reino Unido, onde sabemos que as pessoas querem nos ver ao vivo." Khan explicou em referência aos programas de seu programa de televisão.

Ele também falou sobre o público, os considera "muito bons e melhores do que eu esperava" para levar seis semanas no ar, e afirmou que a AEW não quer ser "reacionária por sua competição com o NXT", além de dizer que nunca assistiu ao programa. Tony Khan também garantiu que o episódio de Pittsburgh "é o programa de luta livre que eu tive o melhor tempo e o que eu mais gostei da minha vida".
De acordo com o Ringside News, repercutiu a briga que ocorreu entre quinta e sexta-feira em um conhecido restaurante de Baltimore, onde o comentarista e produtor da AEW, Tony Schiavone, comemorou seu aniversário. De acordo com o site mencionado acima, o que começou como um confronto verbal entre o lutador Jimmy Havoc e o comentarista Excalibur rapidamente passou para o nível físico, tudo na frente do proprietário da empresa, Tony Khan.

Aparentemente, Havoc havia bebido demais e, a certa altura da noite, começou a gritar e tentou dar um soco em Excalibur, que esquivou e fez uma chave de estrangulamento contra Havoc. Naquele momento, um dos seguranças do restaurante apareceu e libertou o lutador do comentarista que, longe de terminar o confronto,  Havoc acertou o comentarista com outro soco. Segundo os presentes, esse golpe que Excalibur recebeu, que resultou em uma nova briga entre os dois e para apaziguar a confusão, os seguranças retiraram Havoc do restaurante.

Esses mesmos seguranças tentaram acalmar o lutador. Excalibur também saiu, para conversar com seu parceiro e tentar consertar as coisas, mas Havoc ainda estava muito chateado e disse, gritando, que ele não queria falar com ele e até jogou seu celular, o comentarista se esquivou, e o aparelho foi bater na parede, quebrando o mesmo. Nesse momento, a equipe de segurança teve que intervir novamente para separar os dois e escoltar Excalibur de volta ao restaurante enquanto outros levaram Havoc de volta ao hotel.

Depois de alguns dias, parece que as coisas se acalmaram. Pelo menos, foi o que Tony Khan disse ontem na coletiva de imprensa após o pay-per-view Full Gear, no qual confirmou o que aconteceu, mas também garantiu que o lutador e o comentarista resolveram as coisas, aos quais acrescentou que Havoc está muito arrependido e envergonhado de seu comportamento.
O WWE Superstar Cesaro foi entrevistado pelo jornalista Tom Colohue, do site Sportskeeda. Nessa entrevista, o lutador abordou vários temas como: sua carreira, seus sentimentos no ringue, sua posição na empresa, mas também sobre seu tempo na divisão de duplas, onde ele tem uma vasta experiência.

"Tive a sorte de estar fazendo dupla com alguns dos melhores lutadores, com pessoas com quem me dou muito bem: Jack Swagger, Tyson Kidd e Sheamus. Gostei muito de todos, mas do The Bar mais, porque a ideia foi tanto minha quanto de Sheamus de formar essa dupla."

Em sua experiência na divisão de duplas, Cesaro comentou que adora. "É ótimo fazer parte de uma dupla. É um desafio diferente do que obviamente ter sucesso como lutador solo. Sou muito exigente em tentar ter sucesso como lutador individual, então é nisso que estou me concentrando agora. Mas. nunca deixo de lado a divisão de duplas."

Apesar da lesão delicada, Cesaro disse que continua conversando com Sheamus sempre. "Estamos sempre conversando no WhatsApp, quase todos os dias, eu me dou muito bem com ele e quero vê-lo novamente no ringue e me diverti muito com ele. Desejo voltar com o The Bar, muito em breve, e sermos campeões."
A All Elite Wrestling anunciou duas lutas para o episódio desta semana do AEW Dynamite, que será realizado no Nashville Municipal Auditorium, TN. O presidente da All Elite Wrestling, Tony Khan, confirmou dois confrontos para o programa semanal durante seu discurso com a imprensa após o Full Gear.

O AEW World Champion, Chris Jericho e Sammy Guevara, desafiarão a SCU (Scorpio Sky e Frankie Kazarian) a lutar pelo AEW World Tag Team Championship na próxima quarta-feira. Jericho reclamou que ele e Guevara não estavam na classificação da divisão de duplas da AEW. Jericho disse que está invicto em Tag Team matches e disputará os títulos na quarta-feira.



Além disso, o Hangman Page e o PAC se encontrarão novamente em uma revanche nesta quarta-feira em Nashville. Hangman foi quem exigiu a luta entre os dois, durante seu discurso para a imprensa após o Full Gear, para tentar desempatar sua rivalidade. 

Sobre / Contato / Anuncie/Advertise / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites