Alexa Bliss falou sobre sua relação com o restante da Women's Division - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

Alexa Bliss falou sobre sua relação com o restante da Women's Division

O The New York Post recentemente fez uma entrevista com a atual Raw Women's Champion Alexa Bliss,  Entre vários assuntos, Bliss falou sobre sua batalha contra a anorexia e sobre sua relação com as outras mulheres nos bastidores, veja os destaques da entrevista:

Sobre suas batalhas contra a anorexia:

"Oh Deus, eu era uma pessoa completamente diferente. Isso controla você e isso o consome de muitas maneiras diferentes. Lembro da minha mãe me dizendo que eu estava no hospital, logo depois ela dizia 'Você provavelmente irá morra por causa disso", porque os médicos lhe diziam que 1 em 4 pessoas morreram e eu ia ter o mesmo destino, porque meu corpo não estava reagindo. Meu coração não estava respondendo. Tudo estava indo ladeira abaixo e eu não percebia. Seu cérebro não o vê. Lembro de estar no hospital e não saber porquê. Por isso, tento ser aberta sobre isso porque as pessoas passam por isso, ele os consome e você diz a eles que não tem que se preocupar. Você pode passar além de seu transtorno alimentar para deixar de ter controle sobre sua vida."

Sobre ser Women's Champion:

"Foi uma jornada maravilhosa que tive com a WWE. Eu sempre penso no primeiro dia em que cheguei à FCW na época. Lembro de entrar e tive botas UGG de sequência acentuada, jaqueta brilhante e uma mochila. O instrutor principal, Bill Dumont, diz: "Quem é você?" Eu disse, 'Sou Lexi'. Eu não sabia o que mais dizer. Você provavelmente poderia ver mais do espaço. Eu simplesmente não sabia o que fazer, ainda mais vendo as meninas no meu primeiro dia. Eu pensava, 'Meu Deus, eles são tão boas.' Naquele dia, não pensei que poderia chegar ao seu nível e ter a oportunidade de ser campeã, foi absolutamente incrível".

Sobre ganhar respeito nos bastidores:

"Oh, Deus, eu não sei se eu tenho isso agora. As coisas estão mudando, não faz parte das coisas das indies, e está indo bem. Uma coisa é não vir de Indys e fazer as coisas irem bem. Outra coisa é agora, com pessoas que foram campeãs em indys vindo pra cá. É algo em curso, mas as garotas que trabalham comigo agora são ótimas. Quando eu fui para o Smackdown, eu estava bem nervosa. Eu nunca tinha trabalhado com essas garotas antes. E tenho que dizer, as meninas do 'Smackdown Live' foi o grupo mais acolhedor e surpreendente que eu trabalhei até então."

Caso queira ver a entrevista na íntegra, clique aqui.
COMENTÁRIOS

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites