Matt Hardy: "Eu me sinto mais confortável como 'Woken' Matt porque não há limites" - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

Matt Hardy: "Eu me sinto mais confortável como 'Woken' Matt porque não há limites"

Na última segunda-feira, a WWE transmitiu mais uma nova edição de seu programa Table For 3 por meio de sua plataforma de streaming WWE Network. O episódio em questão contou com a presença de Finn Bálor, Jeff Hardy e Matt Hardy, quem, durante o programa, falou sobre o seu personagem Woken, seu retorno à WWE e o que ele deseja fazer agora. Confira logo abaixo os destaques:

Sobre o fato de se sentir mais confortável como Woken Matt Hardy devido a falta de limitações:

"Quando eu me tornei Woken Matt, ou como você queira chamar, foi algo diferente. Eu me tornei esse ser e me sinto mais confortável porque eu posso chegar ao ringue sabendo que não há limites, e como [Bálor] disse, não há necessidade de se preocupar de ter um aspecto mal, um aspecto raro ou se preocupar do que pensam. Você sai para fazer o seu, e em certo sentido era como um canibal primitivo. E quando saio sendo Matt Hardy, sendo que há olhares fixos em mim e eu tenho que agir como uma pessoa normal, tentar manter uma atitude legal e manter certos parâmetros. Quando atravessei a cortina sendo Broken Matt, eu estava o máximo. Eu era ele. "

Sobre a reação do público durante seu retorno na WrestleMania 33:

"Estava extremamente feliz com a reação que conseguimos na WrestleMania, e acho que foi tão intensa porque foi uma grande surpresa. Acho que os fãs que sabiam estavam cientes de que havia a possibilidade de estarmos lá, mas no fundo não acho que eles estavam pensando nisso. Nesse momento é muito fácil que as coisas se revelem, mas se você é capaz de fazer em segredo e de forma confidencial, é uma verdadeira surpresa para o público no momento em que acontece. Vivendo na era da tecnologia, tudo é revelado facilmente e rapidamente. E no momento em que atravessamos a cortina na WrestleMania, acabávamos de chegar na Gorilla Position porque acabávamos de entrar na arena. E ver todo aquele mar de gente nos animando foi incrível. Sem dúvidas, um dos melhores momentos da minha carreira"

Sobre os objetivos que você definiu nesse momento:

"Estou no mesmo Barco Dilapidado [que Jeff e Finn], eu sinto o mesmo. Eu quero ser criativo, quero inovar, quero ser inovador e fazer coisas diferentes. Estou em um ponto da minha carreira onde eu não acho que 'preciso ganhar esses títulos'. O que eu quero é dar entretenimento de qualidade, quero tentar ser inovador, quero oportunidades, quero sair da minha zona de conforto, gosto mais do que nunca ".

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites