House of Wrestling - Tudo sobre WWE, TNA e Pro Wrestling Independente: HOW Star Ratings - NJPW The New Beginning - Day 2

HOW Star Ratings - NJPW The New Beginning - Day 2

Ontem eu trouxe a Análise do NJPW The New Beginning in Sapporo - Day 1, e como prometido, vos trago a Análise do segundo dia desse Show, que ao meu ver foi fraco pros padrões da NJPW, mas que teve alguns combates interessantes. Se você quiser encontrar mais Análises e Debates sobre Wrestling em geral, acesse meu Canal do YouTube Clube do Wrestling. Sem mais enrolações, amiguinhos e amigolas (descubram quem eu estou copiando haha), vamos pro vídeo!

Single Match: Katsuya Kitamura vs. Juice Robinson (w) - 2.75

Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.75
Match Psychology: 0.50
Timing: 0.50
Innovation: 0.50

Resultado de imagem para NJPW The New Beginning in Sapporo 2018 Katsuya Kitamura vs. Juice Robinson

Resultado: A segunda derrota de Katsuya Kitamura abrindo o dia do The New Beginning da NJPW. Juice Robinson não é nenhum Wrestler espetacular, mas é melhor que o Kitamura, sacramentando assim uma vitória justa e merecida, se é que foi uma vitória tão significante assim.

Combate: Ao contrário da Match do primeiro dia do The New Beginning, Kitamura atuou melhor na Psycho da Match, conseguindo traduzir melhor o cálculo de dano no impacto dos golpes e dar uma atenção maior ao Storysell. Os golpes ganharam peso e surtiam efeito na Crowd, e ao contrário da sua partida anterior, essa dava um gostinho de ''quero mais'', mas infelizmente, terminou de maneira precoce. Uma boa atuação de ambos.

8-Man Tag Team Match: Jushin Thunder Liger, Ryusuke Taguchi, Tiger Mask & Shota Umino vs. Yoshinobu Kanemaru, Taichi, El Desperado & TAKA Michinoku (w) - 2.75

Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.75
Match Psychology: 0.50
Timing: 0.50
Innovation: 0.50

Resultado: Taichi finalizou Shota Umino, e levou a vitória à Suzuki-Gun, Stable que tem como líder Minoru Suzuki, o atual Intercontinental Champion. Foi uma vitória interessante para aumentar ainda mais a credibilidade da Stable de Suzuki.

Combate: Teve picos de humor interessantes. O momento inicial da Match onde Ryusuke Taguchi abraça a mulher de Taichi é simplesmente muito engraçado. Inclusive, toda essa interação entre Ryusuke, Taichi e sua acompanhante, pode render boas histórias. Além disso, o que dizer do Tiger Suplex do Tiger Mask da terceira corda? Trabalharam muito bem alguns Spots e mantiveram um ritmo bom para apresentar algo credível no pouco tempo que eles tinham para desenvolver a Match. Foi um combate divertido de se assistir.

Tag Team Match: Tomohiro Ishii & Toru Yano (w) vs. Yujiro Takahashi & Leo Tonga - 2.25


Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.50
Timing: 0.50
Innovation: 0.25

Resultado: Toru Yano finalizou Leo Tonga por Roll-Up. Gostei de terem vendido a superioridade física de Tonga e a forma como finalizaram ele, pois assim, mostrou uma certa credibilidade ao gigante, como alguém difícil de se encarar de frente. E a vitória de Tomoshiro Ishi e Toru Yano era muito mais do que justa.

Combate: Foi um combate bem curto, mas com atuações interessantes. A venda da superioridade física de Leo Tonga no desfecho da Match foi bem coerente. Também tiveram momentos interessantes como as hilárias ''loucuras'' de Yano no meio do combate, assim como o dedo do Ishi sendo mordido pelo Yujiro e depois Ishi revidando do mesmo jeito. Com isso, trabalharam um Storytelling leve bem agradável de se assistir, acompanhado de alguns movimentos não tão interessantes, mas com uma coordenação de movimentos impecável, pelo menos na maioria das sequências.


8-Man Tag Team Match: Togi Makabe, Hiroyoshi Tenzan, Manabu Nakanishi & Tomoyuki Oka vs. Bad Luck Fale, Chase Owens, Tama Tonga & Tanga Loa (w) - 1.50


Storytelling: 0.25
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.25
Timing: 0.50
Innovation: 0.00

Resultado: Vitória do Bullet Club. Alguém tinha dúvidas de que isso aconteceria? Previsível demais e não poderia ser outro resultado.

Combate: Eu fiquei muito impressionando com a quantidade de Wrestlers ruins aglomerados dentro do ringue. O Undercard da NJPW é muito fraco no quesito Wrestlers. Sério, é um horror total. Ninguém ali da Bullet Club é realmente bom Wrestler. Chase Owens era o melhor do Bullet nesse combate para vocês terem uma ideia. Do outro lado eu não dou meu braço a torcer para ninguém. Posso até estar parecendo mesquinho e chato. Mas não tem como não ser quando você não vê nada de interessante durante um combate de 10 minutos com diversos Wrestlers que não conseguem apresentar nada de diferente do habitual. Wrestlers ruins (alguns mais ou menos), combate ruim. Sem mais!

Tag Team Match: Michael Elgin & Toa Henare vs. Minoru Suzuki & Takashi Iizuka (w) - 2.50


Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.50
Innovation: 0.25

Resultado: Ok! Mais um resultado previsível, um defeito recorrente do Undercard da NJPW. Mas ''pera'' só um minuto! É sério que colocaram o Togi Makabe para salvar o ex-Young Lion  Henare? É sério que o próximo desafiante ao título Intercontinental vai ser o Togi Makabe? Assim, o Togi Makabe é legal até, mas, ele não é nem de longe o Wrestler mais qualificado para isso. Tomara que a NJPW não escolha ele para ser o próximo desafiante e se for, tomara que ele não vença. Deus é mais!

Combate: O combate terminou de forma precoce, pois ele estava se desenhando bem. Conseguiram abusar bem do Storyselling e do Psychoselling nessa Match. Em questões de ação dentro de ringue, foi um combate bem morno onde não teve momentos tão especiais assim a ponto de ser lembrado, a não ser o fato de que o Deus Suzuki continua fazendo ótimas performances como Personagem dentro de ringue.


6-Man Tag Team Match: KUSHIDA, Kota Ibushi & David Finlay vs. Cody, Marty Scurll & Hangman Page (w) - 4.00


Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 1.00
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.75
Innovation: 1.00

Resultado: Nada mais coerente a equipe de Cody vencer nessa noite. Uma vitória muito bem construída e que de fato dá mais amplitude pro viria ser construído como Storyline depois.

Combate: Em comparação ao combate da noite passada, esse combate foi bem melhor tecnicamente e obteve uma conexão emocional maior do público, que em vista da primorosidade técnica apresentada, apoiaram e se engajaram do início ao fim. A química entre ambas as Tags foi muito bem estabelecida e conseguiram trazer sequências inovadoras e encaixar o arsenal de golpes de todo mundo no combate. Inovação e execução foram um ponto muito forte desse combate, que com ausência de erros técnicos, conseguiu satisfazer o público ali presente. Não teve uma história bem desenvolvida e não construíram o Clímax do combate com mais pudor do que da noite passada, já que apresentaram o enfrentamento principal entre Cody e Kota logo de cara. Por conta disso, os Personagens e suas interpretações ficaram em segundo plano.

10-Man Tag Team Match: CHAOS  vs. Los Ingobernables de Japon (w) - 2.75

Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.75
Match Psychology: 0.50
Timing: 0.50
Innovation: 0.50

Resultado: Novamente, a NJPW numa tentativa válida de valorizar mais o Sanada, para a chance pelo título que ele terá contra Okada. Ele finalizou Gedo, o que foi uma ótima oportunidade da New Japan em conseguir criar algum Hype pelo combate entre Okada e Sanada.

Combate: Foi mais uma Multi-Man normal da NJPW. Como destaque ficou a excelência técnica demonstrada principalmente nas participações de Okada, Naito, Ospreay e Takahashi. São quatro Wrestlers completamente absurdos em ringue. Fora de série. De resto não teve muito do que se orgulhar. Foram participações nada pontuais, com exceção um pouco do Sanada que também fez uma boa apresentação, tendo em vista a construção em cima do seu Personagem que a NJPW quer fazer, pelo menos por agora que ele tem um combate pelo principal título da empresa agendado.

IWGP Junior Heavyweight Tag Team Championship Match: The Young Bucks (c) vs. Roppongi 3K (w) - 4.50


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 1.00
Match Psychology: 1.00
Timing: 0.75
Innovation: 1.00

Resultado: Era o que eu esperava. Como já havia dito no meu Canal do YouTube quando analisei o WK 12, era bem provável que a NJPW iria fazer uma sequência de clássicos entre os veteranos The Young Bucks e a a Tag mais promissora da empresa Roppongi 3K. Eu gostei do resultado, pois levará a um terceiro combate, fazendo assim uma trilogia bastante marcante, principalmente se Roppongi reter o título. Essa rivalidade entre ambas as Tags foi muito proveitosa em todos os quesitos e ainda pode render muito mais.

Combate: O primeiro de tudo a falar sobre esse combate é que ele é uma aula de como introduzir Psicologia ao extremo no combate. A atuação do Storyselling e do Psychoselling nessa Match foi o grande diferencial. A venda de lesões nas pernas e nas costas de The Young Bucks deram uma tensão psicológica gigantesca para esse combate, que em meio a Spots maravilhosos, se consagrou como um grandíssimo combate. Nem tem muito o que dizer sobre defeitos. O único defeito foi realmente o desfecho do combate. O ritmo, a adrenalina, a sequenciação e a estruturação do combate foi algo simplesmente primoroso. Um roll-up foi bem anti-climático para finalizar a obra de arte que se estava tendo, dando a sensação de que o combate poderia ter durado muito mais do que durou, mesmo tendo em torno de 25 minutos. É como se o tempo tivesse passando hiper rápido de tão bom que estava o Pacing do combate. Simplesmente espetacular.


IWGP United States Heavyweight Championship Match: Kenny Omega (c) vs. Jay White (w) - 4.00


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 1.00
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.75
Innovation: 0.75

Resultado: Kenny Omega perder o título para desenvolver a Storyline da sua saída no Bullet Club é genial. O que não é genial é escolherem Jay White para esse papel. Eu entendo os fãs de White que comemoraram a vitória, e mesmo que ele tenha potencial para ir bem na NJPW, acho que o título Americano é muita coisa para ele no momento. Ele não está pronto para carregar nas mãos um dos principais cinturões da empresa. Quanto a traição de Cody e Page ao Kenny Omega, foi simplesmente um momento marcante dentro da Storyline da Bullet Club. E a entrada do Kota Ibushi, ''eterno amigo'' de Omega, para salvá-lo dos ataques de Cody e Page foi uma das coisas mais emocionantes que ocorreram nos últimos anos da NJPW. Um segmento que vai ficar eternizado em nossos corações.

Combate: O combate tinha potencial para muito mais do que foi mostrado. Foram quase 30 minutos de puro sono, por duas questões principais. Jay White não conseguiu fazer a Crowd odiá-lo (algo que foi um erro mais de confecção da Match do que de execução). Com isso, a Crowd praticamente dormiu e não se conectou emocionalmente ao combate em muitos momentos, criando uma atmosfera bem rasa. Porém, a Psicologia do combate ainda assim foi bem desenvolvida quando ambos (principalmente White) vendiam uma fadiga fora do comum. A exaustão física de White foi um componente muito importante para deixar completamente imprevisível a sua vitória. Em nenhum momento parecia que ele tinha chance de vencer, e de repente, piscamos os olhos e ele faz dois Blade Runner's em Omega, que por sinal, foram espetacularmente vendidos pelo Omega, dando aula de como se faz um Over Selling que surte efeito de impacto compassivo com a emoção da Crowd. O ritmo do combate se manteve acelerado no início, mas o andamento foi muito repetitivo levando muito mais tempo do que o necessário, dando uma sensação de sono e lentidão pro combate que não tinha nada a ver com a proposta inicial, deixando inclusive, o Storytelling do combate meio confuso, já que o combate parecia ter propostas diferentes em momentos diferentes. Ainda assim, o trabalho de Personagem do Omega garantiu com que o Storytelling fosse razoavelmente bom, até pelos embates psicológicos que ambos tiveram no início do combate através dos tapas no rosto que ambos deram em cada um , que foi bem interessante. A repetição excessiva de Moves e a pouquíssima variação, não permitiu com que o combate tivesse sequências tão inovadoras quanto poderia ter sido, já que pelo tempo do combate, dava para ter tido uma variação muito maior.

Essa foi a Análise de PPV de hoje. Não se esqueçam de comentar aí em baixo se você concorda ou discorda em alguma coisa do que foi trago aqui. É muito importante que Wrestling seja discutido (de maneira saudável) pois o debate nos leva a adquirir mais conhecimento sobre o assunto. No meu Canal do YouTube eu trouxe a Análise do NXT Take Over: Philadelphia, esclarecendo de maneira mais detalhada as minhas opiniões acerca do que aconteceu naquele PPV. Se quiser dar uma conferida no Vídeo, basta clicar nesse Link! Um abraço e até a próxima!

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites