HOW Star Ratings - WWE NXT Take Over: Philadelphia - House of Wrestling - Tudo sobre Pro Wrestling

HOW Star Ratings - WWE NXT Take Over: Philadelphia

No dia 27 de Janeiro de 2018, um dia antes do tão esperado Royal Rumble da WWE, tivemos o NXT Take Over: Philadelphia, um PPV bem regular e consistente pros padrões do NXT, com bons combates. Em meio às curtas apresentações de War Machine, Trevor ''Ricochet'' Mann e EC3 no meio da Crowd, tivemos combates interessantes e que serão analisados por mim, Josué Elias, do Canal Clube do Wrestling. Se quiserem apoiar meu projeto, podem dar um conferida no conteúdo lá, que eu venho postando vídeos toda semana falando sobre Wrestling em Geral. Bom, sem mais enrolações, vamos para mais uma Análise de PPV!

NXT Tag Team Championship Match: Authors of Pain vs. Undisputed Era (c) (w) - 3.00


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.50
Innovation: 0.50



Resultado: A Undisputed Era reteu, com o combate vendendo muito bem tanto a superioridade do Authors of Pain e a derrota deles, que foi mais eventual e por esperteza da Unidisputed Era, o que de certa forma não descredibiliza os Gigantes que agora podem ingressar com um grande Hype pro Main Roster. Já os campeões vão ter uma difícil caminhada pela frente contra Sanity e novas Tags que estão por vir como War Marchine por exemplo.

Combate: Executaram os eventos históricos da Match de maneira bem realista, dando a sensibilidade exata pro público da diferença de pesos entre as duas Tags. Com isso, a psicologia do combate foi muito bem vendida, dando sentido pros movimentos ali executados. Obviamente que apesar da boa apresentação de ambas as Tags, faltou mais emoção e movimentos grandiosos para essa Match poder se configurar no alto escalão do Show.

Single Match: Velveteen Dream (w) vs. Kassius Ohno - 2.75


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.25
Innovation: 0.50



Resultado: Vitória de Velveteen Dream, de forma completamente merecida. É uma pena que Kassius seja usado no NXT para esse papel de elevar outros talentos, pois embora ele faça esse papel muito bem, ele poderia perfeitamente vencer mais partidas do que de costume. Anda perdendo muito e eu não sei até que ponto isso é benéfico inclusive para ele ser ''escada'' de outros.

Combate: Novamente Velveteen Dream tendo uma presença de palco e de personagem impressionante, levantando bastante o público ali presente. Kassius Ohno teve alguns erros de Selling, que ele não costuma cometer, como no DDT do Velveteen, onde não pareceu nada natural, fazendo com que a Match perdesse o tom de realismo que Ohno costuma dar em suas lutas. Alguns erros de execução do Velveteen, que não é um grande aplicador de Moves, também abaixou um pouco o nível de qualidade do combate, que entre momentos bons e ruins, conseguiu entregar exatamente o que esperávamos dele.

NXT Women's Championship Match: Shayna Baszler vs. Ember Moon (c) (w) - 2.25


Storytelling: 0.50
In-Ring Execution: 0.50
Match Psychology: 0.75
Timing: 0.25
Innovation: 0.25



Resultado: Um resultado bastante coerente. Ember Moon precisa receber seu teste e ir se valorizando no NXT com um reinado minimamente decente, e obviamente que para isso, a vitória dela sobre uma adversária dominante como a Shayna ajuda muito no crescimento da credibilidade de Ember. E nem preciso falar que a derrota de Shayna para a Ember não a atrapalha em nada em relação ao percurso que ela pode ter no NXT, até mesmo pela forma como ela perdeu, que não a descredibilizou. E com a sua atuação em ringue hoje, fazendo uma sequência de submissões no braço de Ember, já demonstra mais ou menos o estilo que ela quer propor, fazendo suas lutas se aproximarem um pouco de como é o MMA.

Combate: Shayna conseguiu muito bem entregar seu estilo, e a sequência de submissões dela foi o grande ápice do combate e que foi muito bem executado, onde ela brigou por muito tempo para conseguir executar a submissão para vencer a partida. Isso colaborou bastante para a dramaticidade e para a imprevisibilidade do combate, onde a qualquer momento, qualquer uma das duas poderia vencer. A estruturação do combate foi inclusive muito boa, embora houve uma ausência enorme de outros movimentos do arsenal de ambas as lutadoras, fazendo com que o combate pecasse bastante em quesitos como Timing e Inovação.

Extreme Rules Match: Aleister Black (w) vs. Adam Cole - 4.25


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 1.00
Match Psychology: 1.00
Timing: 0.75
Innovation: 0.75



Resultado: Eu realmente esperava uma vitória de Aleister Black, mesmo ele já tendo vencido o Adam Cole antes. Alguns motivos esclarecem bem isso. Primeiro, o fato de que Adam Cole está ocupado com rivalidades da sua Stable. E segundo, que o Aleister Black está sendo construído para disputar o título do NXT a muito tempo com essa sua sequência de vitórias. E quebrar essa sequência agora seria completamente inapropriado. Mas de certa forma, Adam Cole perder também não é algo tão legal assim, já que ele anda perdendo muito no 1 contra 1 nesse início de NXT. Porém, era um ''mal'' necessário já que não faria sentido ele vencer Aleister nesse momento.

Combate: O combate foi muito bem estruturado e energizado. Uma Extreme Rules costuma ser difícil manter um bom Pacing, mas eles conseguiram entregar um Pacing agradável, sob medida e bem dinâmico, construindo sequências e estruturando o combate com Spots bem situados no decorrer da Match. Até pela estipulação, é um pouco difícil exigir tamanha inovação, já que os Spots ficam a frente da técnica executada em ringue, e acaba que muitos golpes do arsenal deles não tenham tido a necessidade de serem inseridos na Match. O Storytelling foi bem contado, mas faltou um pouco mais de presença dos Personagens na luta para ter sido considerado perfeito.

NXT Championship Match: Andrade ''Cien'' Almas (c) (w) vs. Johnny Gargano - 4.50


Storytelling: 0.75
In-Ring Execution: 1.00
Match Psychology: 0.75
Timing: 1.00
Innovation: 1.00



Resultado: Qualquer resultado nesse combate era aceitável. Mas acredito que a opção pela retenção do NXT Championship por parte de Andrade ''Cien'' Almas fazia mais sentido de acordo com o resultado da luta anterior, já que é o momento ideal para Aleister Black ter a sua chance pelo título. Com a conquista de Gargano, a chance de Aleister Black teria que ser novamente adiada. E agora que o Ciampa retornou, Gargano terá uma boa ocupação sem o título do NXT, enquanto a próxima defesa de ''Cien'' Almas vai dar o que falar. Próximo campeão fatalmente será o Aleister Black.

Combate: Foi um combate maravilhoso principalmente pela sua excelência técnica, garantida pela qualidade em ringue dos Wrestlers ali presentes. Além disso, foi um combate extremamente emocionante e imprevisível do início ao fim, tendo diversos finais possíveis pela forma que ele foi construído. É um combate de um nível técnico tão grande que um olhar mais leigo não exitaria em dar 5 Stars para ele. Porém, num olhar um pouco mais crítico, se percebe alguns defeitos que o separam da tão almejada nota perfeita. Embora seja um combate muito bom, ele não entrega o pacote completo. Primeiro que, no Storytelling, mesmo que a Match tenha sido bem estruturada, houve uma ausência de atuação dos Personagens muito grande dentro do combate. Focaram muito na atuação técnica e esqueceram completamente de atuarem como Personagens dentro de ringue. O Over Booking da Match, com as boas interferências de Candice e Zelina Vega, garantiram uma nota alta nesse quesito e foi um grande a favor, mas algumas repetições de golpes excessivas não surtiam mais efeito na Crowd e alguns eventos ficaram meio desalocados na estruturação. Segundo, houve também ZERO expressão facial de ambos os lutadores. Eu realmente estava abismado com isso, pois foi a única luta em que os lutadores pareciam esquecer o básico de como se atua em ringue. Isso quebrou um pouco a psicologia do combate, onde em determinados momentos era necessário expressões faciais condizentes para demonstrar as emoções sentidas ali na Match, algo que faltou, e muito. Faziam a mesma expressão para todos os Moves ali aplicados. A Crowd realmente ajudou muito no drama no combate junto dos Kickouts de Finisher, pois se não fosse por isso, a Psicologia desse combate estaria em maus lençóis.





Essa foi a Análise de PPV de hoje. Fiquem ligados aqui na House of Wrestling que sairá amanhã a Análise do Royal Rumble aqui no Site. Um abraço e até a próxima!

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade

online / Design por: Ericki Chites