Richard Rodriguez garante ter provas que incriminam Roman Reigns

Alguns dias atrás, nós noticiamos que o traficante Richard Rodriguez, que está atualmente na prisão, foi entrevistado por Jon Bravo para um programa de televisão e apontou Roman Reigns como um de seus clientes mais famosos. O superstar do RAW negou qualquer tipo de ligação com o traficante e a WWE não tomou nenhuma providência sobre o assunto.

Parecia que esta história havia terminado, e estava sendo esquecida com o passar do tempo, mas Richard Rodriguez voltou à acusação com novas declarações. Nesta ocasião, ele assegura que possui provas que incriminam o Roman Reigns; mensagens de texto, números de rastreamento e endereços para onde o produto foi enviado. Rodriguez afirmou que conheceu Reigns "há alguns anos" e seu protocolo mudou devido ao calendário de testes de drogas da WWE.

Quando perguntado por que ele publicou esta série de nomes hoje, Rodriguez respondeu que ele nomeou essas pessoas porque seu caso tem pontas soltas e revelar certos nomes ajudaria com seu acordo com a Procuradoria. Até agora, nem a WWE nem Roman Reigns responderam essas últimas declarações.

Lembrando que Roman Reigns foi suspenso por violar a Política de Bem-Estar da WWE em junho de 2016. Curiosamente, esse foi o ano em que ele supostamente conheceu Rodríguez, embora seja apenas suposição. Aparentemente, a suspensão foi a principal razão pela qual ele perdeu o título no Money in The Bank. Horas depois que a notícia foi tornada pública, o lutador escreveu a seguinte mensagem no Twitter: "Peço desculpas à minha família, amigos e fãs pelo erro de violar a política de bem-estar da WWE, não há desculpa. Foi minha culpa".

Gustavo Nunes Teixeira: Administrador do site e responsável pelas notícias da WWE. É responsável também pela condução dos quadros, "PPV's Rebound" e "Feuds que poderiam ser esquecidas", além de comandar o HOW Universe juntamente com outro colaborador. -