Sasha Banks: "Sou a melhor lutadora que já existiu"

Recentemente Sasha Banks concedeu uma entrevista ao portal talkSPORT. Durante a entrevista, a ex-RAW Women's Champion falou sobre o vontade que ela tem de retomar sua rivalidade com Bayley e de seus momentos favoritos do RAW, que completa 25 anos de existência na próxima segunda-feira (22). Confira abaixo os destaques:

Sobre retomar sua rivalidade com Bayley:

"No ano passado, meu personagem foi mudando de heel a face e não sei se neste ano continuaremos assim. O fato é que, o que quer que seja, a rivalidade com Bayley é algo que eu adoraria recuperar. Bayley me conhece muito bem e isso é algo que realmente me incomoda porque, no fundo, eu sei que sou a melhor lutadora que já existiu. Agora é mostrar isso primeiro a ela e depois para o mundo, e é por isso que seria ótimo retomar nossa rivalidade, sempre que... Não estou com pressa; minha idéia é estar na WWE por muito, muito tempo, então podemos voltar com ela em qualquer momento, não precisa ser agora. Eu sou a melhor no que faço e não é arrogância, é confiança".

Sobre seus momentos favoritos do RAW:

"Há tantos! Eu amo tudo o que "Stone Cold" Steve Austin fez com Vince McMahon... tudo o que "Stone Cold" e Kurt Angle fizeram... quando os Dudley Boyz fizeram Mae Young atravessar uma mãe...Lembro que estava assistindo com minha mãe e ela  exclamou com horror: 'Oh, meu Deus, você não pode fazer algo assim!' e pensei: 'Bem, é para isso o que eu quero dedicar o resto da minha vida'. Agora, minha mãe é minha fã número um. Há tantos momentos para lembrar ... até mesmo que eu mesma criei, por exemplo, quando ganhei o título feminino em Los Angeles; Foi um momento muito importante para mim".

Quem você gostaria de ver participando da Women's Royal Rumble Match?

"É claro que eu adoraria ver Trish Stratus e Lita, Beth Phoenix, Molly Holly, Jazz, Jacqueline ... todas as mulheres que cresci assistindo. Medusa... isso seria incrível... Inclusive ver as meninas do NXT seria ótimo. Mas as possibilidades são infinitas, porque entre as lutadoras de ambas as brands não alcançamos 30, então precisamos de alguns reforços para o Rumble. Se eu tivesse que entrar como a primeira e estar no ringue, esperando meu oponente, eu adoraria ouvir a música de Trish Stratus... não só porque seria ótimo poder enfrentá-la, mas porque acho que sua música é tão emblemática, e ela é uma lenda tão importante neste negócio, que seria uma ótima maneira de começar a batalha".

Diego Ceratti: Também com o cargo de administrador, é responsável por boa parte do conteúdo que se encontra aqui, tanto em notícias, coberturas, além de fazer parte do pessoal que cuida do HOW Apostas, um dos principais espaços do site. - Facebook