O inevitável crescimento da NJPW no ocidente - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

O inevitável crescimento da NJPW no ocidente

Duas grandes empresas dominam o cenário do Pro-Wrestling mundial, apesar da grande concorrência e diversidade de empresas menores, a WWE e a NJPW conseguem se solidificar no topo como as maiores do mundo, uma no ocidente e outra no oriente. A primeira já é popular mundialmente há muitos anos, mas a última, muito popular no território japonês, finalmente está alcançando seu espaço no ocidente, em especial, nas Américas.

Podemos analisar o crescimento mundial da NJPW a partir da influência que a mesma vem sendo sobre outras empresas. Anos atrás, vários atletas viajavam para a empresa nipônica para tentar algo novo e pareciam tornarem-se obsoletos, ou esquecidos, acontece que de cinco anos atrás até hoje o efeito New Japan está ocorrendo de forma contrária, as maiores estrelas do mundo estão se reunindo no núcleo japonês na intenção de expandir o produto e tornarem-se mais populares, principalmente graças à liberdade que possuem para construirem seus próprios personagens e atuarem no ringue com suas melhores performances. Várias empresas, incluindo a gigante WWE tem se espelhado no modelo japonês para explorarem seus talentos In-Ring, podendo ver a NJPW como uma concorrente ameaçadora ou uma grande aliada.

O maior evento anual da NJPW, o WrestleKingdom está conseguindo chamar a atenção do Pro-Wrestling mundial quase da mesma forma que a lendária WrestleMania. Podemos afirmar que o último grande evento, o WrestleKingdom 12 solidificou a NJPW nos Estados Unidos e na América. Grandes estrelas ocidentais atualmente possuem grande influência dentro da empresa, podemos citar o Bullet Club, Stable esta que reuniu ao longo de toda sua existência lutadores de todo o mundo, em especial americanos e conseguiu expandir-se para fora da NJPW, o que nos leva a concluir que a equipe do Bullet Club desde seu início tem sido responsável por ajudar a New Japan Pro Wrestling a emergir mundialmente e conseguir status positivo com outras companhias. O interesse pelos atletas da NJPW levou nomes como Cody Rhodes, AJ Styles e Ricochet optarem lutar pela empresa apenas na intenção de finalmente interagir com seu grande elenco. O caso mais recente é de Chris Jericho, um forte atuante da WWE que decidiu se arriscar na NJPW em 2018 para realizar combates dos sonhos contra Kenny Omega no próprio WrestleKingdom 12, duplicando a atenção do público para o evento e futuramente se dispondo a enfrentar outros grandes competidores como Tetsuya Naito ou quem sabe Kazuchika Okada.

Este ano teremos como uma das possíveis grande atrações para a WrestleMania 34 o embate entre o atual WWE Champion, AJ Styles e o vencedor do combate Royal Rumble, Shinsuke Nakamura. Essa opção de combate por parte da WWE nada mais é do que um influência direta do combate que ambos tiveram no WrestleKingdom 10 na NJPW em janeiro de 2016. Assim como a vitória de Nakamura e Asuka no Royal Rumble e a atenção especial que atletas japoneses vem recebendo pelo fato de terem feito sucesso na New Japan, a WWE conseguiu ver a NJPW como uma concorrente agradável, capaz de criar talentos que futuramente virão a ser contratados e aproveitados pela empresa de Nashville. Até mesmo aqueles que deixam a WWE fazem a empresa voltar atrás em seu pensamento após conseguirem ter sorte na NJPW.

É possivel perceber que o interesse sobre os lutadores japoneses ou que faem sucesso no Japão aumentou desde que a NJPW passou a ser mais reconhecida mundialmente. Mas este apenas é o começo, se a NJPW já criou um cinturão americano na intenção de expandir seu público que está do outro lado do globo, devemos acreditar que daqui a dez anos a situação esteja muito a frente do que está hoje, com a empresa cada vez mais presente dentro do território ocidental e tendo cada vez mais influência, relacionamento e negociações ativas com as outras grandes empresas do mundo. A concorrência direta é o melhor caminho para melhorar a qualidade do produto, o crescimento de novos concorrentes leva aqueles que estão "estacionados" a um bom tempo a investirem mais no seu produto, para que não sejam superados e substituídos pelos seus novos oponentes de mercado.

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites