Johnny Gargano: "Andrade e eu deixamos tudo no ringue" - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

Johnny Gargano: "Andrade e eu deixamos tudo no ringue"

O lutador da WWE Johnny Gargano esteve recentemente no podcast de X-Pac para discutir a sua atual situação na empresa, o combate com Andrade "Cien" Almas, a chegada de sua esposa Candice LeRae e sobre quem gostaria de ver assinar pela empresa.

Sobre sua luta contra Andrade Almas

"Só posso dizer coisas boas sobre Almas. Eu acho que, para alguém que trabalhou com máscara a carreira toda e fazendo o que está fazendo, há que dar mérito. Foi a primeira vez que lutamos cara a cara, sempre o fizemos em dupla e, quando chegámos ao NXT, ficámos ansiosos, pois sabíamos que podíamos dar um espetáculo. Andrade e eu deixamos tudo em ringue, queríamos lutar e mostrámos isso."

Sobre a chegada de Candice LeRae

"Eu tenho que viver o meu sonho e, se for com ela, será ainda melhor. Há apenas um ano, eu disse-lhe para vir comigo para a empresa, que nós poderíamos fazer coisas boas, mas ela quis continuar no cenário independente, e ficou ainda mais famosa. Tivemos a nossa última luta juntos numa promotora indie em Cleveland, e pensei que fosse a última vez que eu lutaria com ela. Sempre tive esperança que ela chegasse e aqui estamos, no aguardo da sua estreia."

Sobre quem gostava de ver na WWE

"Um dos que queria ver na WWE era Ricochet, e ele já cá está. Pensando nisso, acho que gostava de ver Gregory Iron, acho que ele pode contribuir muito dentro e fora de ringue. Matt Cross seria outro grande nome, ele é fenomenal, tal como o meu amigo Chuck Taylor, espetacular em todos os sentidos. Outro que gostaria de ver seria Ethan Page."

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites