Mais detalhes sobre a liberação de Daniel Bryan - House of Wrestling - Tudo sobre WWE e Pro Wrestling em geral

Mais detalhes sobre a liberação de Daniel Bryan

Como foi informado anteriormente, a WWE anunciou hoje que seus médicos autorizaram o gerente geral do SmackDown, Daniel Bryan, a retornar aos ringues da empresa. Bryan abriu o show da marca azul esta semana para discutir as grandes novidades.

Dave Meltzer observou no Wrestling Observer Live esta tarde que Bryan foi ao Dr. Joseph Maroon, um dos médicos da WWE, que não o liberou e perguntou o que ele precisava fazer para ser liberado. Meltzer notou que Bryan perguntou a Maroon quem ele considerava os maiores especialistas em concussão do país, aparentemente para que ele pudesse trabalhar para ser liberado por eles. A WWE confirmou no anúncio de hoje que Bryan foi inocentado pelo Dr. Robert Cantu, pelo Dr. Javier Cárdenas e pelo Dr. Jeffrey Kutcher. Acredita-se que esses médicos o liberaram no mês passado e uma vez que eles o liberaram, havia a sensação de que Maroon faria o mesmo, o que consequentemente ocorreu depois.

O retorno de Bryan estava sendo discutido a algumas semanas atrás, mas a informação sobre seu retorno acabou vazando esta manhã o que acelerou este processo. Nós relatamos mais cedo nesta manhã via Meltzer que um retorno aos ringues poderia ocorrer muito em breve. Alguns sabiam na noite passada que Bryan estaria na WrestleMania 34 com Shane McMahon, Kevin Owens e Sami Zayn, indicando que sua liberação tinha ocorrido. Foi notado que o plano atual é para Bryan e Shane se unirem para enfrentar Owens e Zayn em Nova Orleans.

Em relação ao status de Bryan nos ringues, ele está atualmente livre e liberado para lutar em qualquer nível e com um cronograma intenso, isso dependerá de Bryan e da WWE. Ainda não se sabe se Bryan quer trabalhar em um horário integral. Meltzer afirmou que Bryan falou sobre querer trabalhar em um horário limitado, talvez cerca de 60 datas em vez de 200 datas, mas isso quando ele esteve referindo-se a trabalhar fora da WWE.

Também foi notado que Bryan fez mais testes do que qualquer talento da WWE na história e possivelmente mais do que qualquer outro lutador da história. Bryan tem visitado muitos médicos durante estes 23 meses. O acordo de Bryan com a WWE expira em setembro e acredita-se que ele não tem mais interesse no cenário indie agora que foi liberado.

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites