HOW Fantasy - Chapter 13 (01/06/2018) - The Tournament Begins! - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

HOW Fantasy - Chapter 13 (01/06/2018) - The Tournament Begins!

Nesta sexta-feira, dia 1 de junho, a House of Wrestling realiza mais um episódio inédito do seu show semanal diretamente da Impact Zone, na Flórida.

Numa das melhores e mais brutais lutas já vistas nesta empresa, Roman Reigns chocou o mundo e tornou-se no novo World Heavyweight Champion. Após a War Games Match, também composta por Bobby Roode, Davey Richards, Tommy End e Ricochet, o “Big Dog” revelou que queria Randy Orton como o seu primeiro desafiante. A “Víbora” acabou aceitando o desafio e a luta já foi oficializada para o HOW Pandora, PPV que se realiza no próximo dia 23 de junho. Hoje, ambos terão o seu primeiro frente a frente.

CM Punk se manteve campeão após vencer Pete Dunne de forma bastante polémica. O “Bruiserweight” colocou o pé na corda durante a contagem, porém o árbitro não viu e deu a vitória a Punk. No entanto, depois do evento terminar, o HOW Champion voltou ao ringue e abdicou do cinturão, alegando que não existe título que o defina, pois ele é o “Best in the World”. Durante a semana, foi anunciado um torneio para coroar um novo campeão que culminará no Pandora. Hoje teremos a realização dos combates da primeira fase, sendo eles: Pete Dunne vs Chris Jericho, Davey Richards Vs Karl Anderson, AJ Styles vs Fergal Devitt e Tommaso Ciampa Vs Bobby Roode. Quem irá avançar para as semifinais?

Muitas outras coisas nos aguardam neste show e você só as poderá acompanhar aqui na House of Wrestling, sexta-feira, a partir das 20 horas.

Main Roster

Cobertura


O show começa com um vídeo que mostra os melhores momentos do War Games, seguido por um espetáculo pirotécnico. Toca “No Chance” e Leonardo vem até ao ringue, onde irá falar sobre a polémica envolvendo o HOW Championship.

Leonardo: Sejam bem-vindos a mais um show da HOW que sucede ao grande evento que foi o War Games. Como todos sabem, CM Punk decidiu abdicar do HOW Championship após o PPV terminar e isso levou a que eu tomasse certas medidas. Para começar, gostaria de anunciar que ele foi severamente repreendido em prol das suas ações. Eu não posso garantir que um lutador ponha em causa o prestígio de um dos cinturões com mais valor da empresa.

O público faz-se ouvir, pois gostou da decisão de Leonardo. Isso obriga a que o GM faça uma pausa em seu discurso.

Leonardo:
Eu não posso permitir que o cinturão esteja vago por muito tempo e, dada essa razão, decidi organizar um torneio que culminará no HOW Pandora para decidir o novo campeão. Teremos grandes nomes participando como Davey Richards (aplausos), Fergal Devitt (aplausos) ou Karl Anderson (vaias). É... parece que não podemos agradar a todos, mas com certeza será um dos melhores torneios realizados na nossa empresa. E o melhor é que ele começa já a seguir! Boa sorte aos participantes, e boa noite para vocês.


Comerciais...


O primeiro combate do torneio pelo HOW Championship irá se realizar de seguida e terá como participantes dois eternos rivais. Toca “Demi-Gods” e AJ Styles entra até ao ringue sob algumas vaias, ele parece confiante em conquistar mais uma vitória sobre o seu oponente. Fergal Devitt surge de seguida enquanto ecoa “Last Chance Saloon”pela arena fora e é recebido com aplausos.

HOWC Tournament - First Round Match: AJ Styles vs Fergal Devitt

(00:23) Devitt e AJ finalmente poderão resolver suas diferenças em uma luta. Devitt corre em direção a AJ enfurecido, porém AJ consegue desviar e aplicar uma sequência de cotoveladas seguidas por um "Lariat". Ele então joga Devitt para fora do ringue e começa a provocá-lo dentro do ringue.

(01:06) Styles corre contra as cordas e tenta aplicar um "Tope Con Hilo" em Devitt, porém Devitt consegue sair do caminho e aplicar um "Sling Blade" em Styles, após isso Fergal joga o "Phenomenal One" contra a barricada, e aplica em seguida um "Shotgun Dropkick" e o leva de volta ao ringue.

(03:57) Fergal dominava a luta dentro do ringue, focando na perna direita de seu adversário, aplicando três "Shin Breakers" em sequência, AJ tenta reagir aplicando um "Pelé Kick", entretanto, Fergal consegue reverter o golpe em um "Ankle Lock", AJ consegue chegar até as cordas, mas Devitt continua a submissão por alguns segundos e em seguida aplica um "Boot Stomp" nas costas de AJ.

(06:12) Styles estava no apron, usando as cordas pra se apoiar, Fergal tenta atacá-lo, mas Styles consegue reverter em um Roll-up seguido de um "Penalty Kick", ele sente uma dor em sua perna, mas continua a match, indo até as cordas e aplicando um "Lionsault", ele tenta a contagem. 1...2...KICK OUT. Styles fica frustrado e leva o "Real Shooter" até as cordas e começa a enforcá-lo com as cordas, o referee exige que ele pare, Styles solta Fergal e coloca o pé sobre seu rosto, enquanto faz o "Too Sweet" para a crowd.

(11:34) Fergal tentava se apoiar em AJ para levantar, AJ apenas ria da situação, esperando Fergal levantar, Fergal consegue ficar de pé e encara AJ por algum tempo, e de repente, aplica um tapa no rosto de AJ, que furioso aplica o "Bloody Sunday" em Fergal, após isso ele retira as cotoveleiras e aplica diversas cotoveladas no rosto de Devitt, Fergal tenta se proteger, mas AJ continua com as cotoveladas em sua cabeça, ele então vai até as cordas, quando Fergal se levanta, AJ aplica o "Phenomenal Forearm", porém, Fergal consegue reverter o golpe em um "Double Knee Facebreaker" no meio do ar, o que faz os dois wrestlers caírem no meio do ringue. 1...2...3...4...5...6...7...8...9... Devitt consegue se levantar e ir para a contagem. 1...2... KICK OUT

(17:07) Os dois wrestlers começam uma trocação de socos e cotoveladas, até que Devitt consegue a vantagem após aplicar um "Pelé Kick" e em seguida fez uma das taunts de AJ, e em seguida tenta aplicar o "Styles Clash", porém AJ consegue se livrar do golpe, dando diversos socos na perna de Devitt e em seguida aplicou um "Fireman's Carry Neckbreaker", ele sobe na terceira corda e aplica o "Spiral Tap", ele então faz a sua taunt e aplica o "Styles Clash" em Devitt. 1...2... Devitt consegue pôr o pé na corda, fazendo o referee interromper a contagem.

(22:56) Após isso, Devitt consegue reverter a situação, e aplicar um "Headbutt" em Styles, seguido pelo "Shotgun Dropkick", ele então sobe na terceira e aplica o "Coup de Grâce" e em seguida aplica o "Bloody Sunday". 1...2...3

Vencedor: Fergal Devitt

Fergal Devitt comemora a sua vitória enquanto AJ Styles está lamentando a sua derrota. Devitt estará enfrentando o vencedor da luta entre Chris Jericho e Pete Dunne que se realizará no Main Event de hoje.

Nós vamos até aos bastidores, onde Renee Young está com Christian para uma entrevista.

Young: Você foi traído por Tye Dillinger há duas semanas, e acabou perdendo para ele no War Games. Gostaria de saber o que tem a dizer sobre isso.
Christian: Eu poderia dizer que isso não me afetou, mas estaria mentindo. Tye…

O antigo campeão de duplas não chega a terminar as suas falas, pois Dillinger o ataca por trás com uma cadeira. O impacto do aço batendo nas suas costas foi tão intenso que se ouviu pela arena fora. Renee se afasta do local com medo de ser também atingida. Tye continua atacando o ex-parceiro, o atirando contra as várias partes do cenário. O “Perfect Ten” enfiou o braço de Christian no interior da cadeira e a pisou por várias vezes sem qualquer tipo de piedade. Alguns funcionários aparecem para o fazer abandonar o local e ele assim o faz, porém o estrago já estava feito. Os médicos são chamados e é com curtiram o Christian gemendo de dor que vamos para intervalo.


Comerciais...


Voltamos ao show e o Atlas Champion Adam Cole entra ao som de “Undisputed”. Ele irá falar sobre a sua vitória no último sábado frente a Chris Jericho.

Cole: Um verdadeiro campeão nunca mente quando profere que reterá o seu cinturão, e desta vez mais foi excepção. Eu lutei com Chris Jericho numa das melhores matches em que participei e consegui manter o meu Atlas Championship. Existem poucas pessoas que se podem gabar de derrotar Adam Cole, aliás, nunca ninguém me bateu num combate individual, tirando aquele traste do Tommaso Ciampa ao me atacar á traição e roubar o meu Hardcore Championship. Por esse motivo, eu acho justo dizer que estou invicto nesta empresa e que sou o melhor campeão da mesma. Mas a minha série invencível irá continuar e eu mesmo tratarei de fazê-la existir por muito tempo, sempre combatendo. Eu quero provar que sou o melhor e estou fazendo um desafio a qualquer lutador que queira me roubar o cinturão, sem excepções!

Adam Cole entrega o microfone a um funcionário e se prepara para combater. Após alguns instantes, toca “Making a Difference” e La Sombra realiza a sua entrada.

Atlas Championship Match: Adam Cole (c) Vs La Sombra

(10:00) La Sombra em alguns momentos quase conseguiu derrotar o campeão, mas no final Cole conseguiu a vitória após aplicar o "Panama Sunrise" seguido pelo "Last Shot".

Vencedor: Adam Cole

Após a luta terminar, Cole festejava mais uma vitória, porém a celebração acabou por ser interrompida por Tye Dillinger, que entrou com “Hero” e ficou no stage, batendo palmas de forma sarcástica.

Dillinger: Eu parabenizaria você pela vitória, mas você derrotou apenas um mero jobber. Você coloca desafios semanais e todos eles são respondidos por lutadores que nem deveriam estar nesta empresa. O único lutador bom que você venceu foi o meu colega Jericho, porém isso foi apenas um golpe de sorte. Mas eu vou terminar com todas as suas esperanças e dizer que, desde já, eu aceito o seu desafio da próxima semana!
Eles se encaram de longe e vamos até ao escritório de Leonardo. O GM está falando com alguém no celular, porém é interrompido por Karl Anderson, que adentra na sala.

Leonardo: Hey, Karl, o que o traz ao meu gabinete?

Karl:
Sabe, chefe, eu não acho justo enfrentar Davey Richards a contar pelo torneio que vale o HOW Championship. Ele é um assassino e a minha integridade física está causa.

Leonardo: Karl, eu dei a chance de você se tornar campeão e você deveria me agradecer. Houve um sorteio que ditou que você enfrentaria Davey Richards e eu não posso voltar com a decisão atrás. Você pode não comparecer na luta, mas fique sabendo que terá graves problemas se o fizer.

Karl Anderson fica chateado com as palavras de Leonardo e iria abandonar a sala, porém o GM ainda tem uma coisa a dizer.

Leonardo: Se você não está feliz com as minhas decisões, tenho uma boa notícia para você, a TNA está a contratar.

Essa última fala deixa Karl ainda mais irritado. Leonardo solta um breve riso enquanto o lutador abandona o seu escritório.


Comerciais…


Toca “Never Alone” e Karl Anderson realiza a sua entrada sob vaias. Ele caminha bastante irritado com as decisões do patrão. Davey Richards surge de seguida enquanto toca “Antichrist Superstar” e é bem recebido pela plateia.

HOWC Tournament - First Round Match: Karl Anderson Vs Davey Richards

(00:40) O combate se inicia com os dois wrestlers a medir forças em uma espécie de Chain Wrestling. Richards acaba por sair melhor na situação, conseguindo levar seu adversário ao chão. Richards tentava alguma brecha para poder tentar algo, mas logo Anderson consegue reverter a situação, e agora é ele quem levava a vantagem. Porém a força de Davey Richards se mostrava superior, e logo o mesmo consegue se colocar de pé. Richards então olha para Anderson, e faz um sinal para que o mesmo se levantar, o que deixa o mesmo bastante irritado.

(06:34) Richards dominava o combate até o momento, mostrando a Karl Anderson a força que o “Dark Messias” poderia impor perante aos seus adversários. Richards aplica uma combinação de German Suplex e Exploder Suplex. Richards tenta o pin, mas Anderson consegue escapar antes da contagem chegar a 2. Richards então ergue seu adversário novamente e corre em direção as cordas, porém na volta Anderson consegue se recuperar e aplicar um Spinebuster. Ele vai para a contagem, mas Richards escapa no 1.

(11:29) Agora é Anderson que se mantém no domínio do combate. O mesmo não abria brechas para Davey Richards tentar alguma reação. Anderson aplica um Jumping Neckbreaker em Richards, emendando um Knee Drop logo em seguida. Anderson tenta o pin, mas Richards consegue escapar rapidamente. Anderson então leva seu adversário até o corner do ringue e aplica diversos socos no mesmo. Anderson então se distância e tenta aplicar um Bicycle Kick, mas Richards consegue espancar, fazendo com que Anderson passasse direto e caísse do lado de fora do ringue. Richards então fica no apron do ringue, a espera seu adversário se levantar. Quando Anderson se levanta, Richards corre em direção ao mesmo e aplica um Penalty Kick.

(14:51) O cansaço começava a ficar visível no corpo de Karl Anderson, enquanto que Davey Richards conseguia manter o gás inicial do combate. Richards castigava Anderson, que se via sem reação, até o momento em que Richards aplica um Bridging German Suplex próximo as cordas, o árbitro vai para a contagem: 1...2... Anderson consegue se soltar da manobra e rolar para fora do ringue, numa tentativa de recuperar um pouco do fôlego....OMG, RICHARDS VEIO EM DIREÇÃO AS CORDAS E APLICOU UM SUICIDE DIVE COM HILO, FAZENDO ANDERSON BATER COM AS COSTAS NAS GRADES DE FERRO. Anderson grita de dor, porém Richards ignora e atira seu adversário para dentro do ringue. Assim que o faz, Richards aplica um Sharpshooter. Anderson agoniza de dor, mas não se rende. Ele fica preso a manobra por quase 1 minuto, até finalmente conseguir atingir as cordas, obrigando Richards libertá-lo da manobra.

(18:22) Anderson não conseguia esboçar nenhuma reação, apenas conseguia se manter vivo no combate. No atual momento do combate, Richards acabava de aplicar um DR Driver II em Anderson, porém o mesmo consegue o kick-out próximo a contagem de 3. Richards após isso tenta levantar Anderson novamente.... NÃO, ROLL UP DE ANDERSON...1...2 RICHARDS ESCAPA DA MANOBRA NO 2...MAMA MIA, GUN STUN DE ANDERSON EM RICHARDS ASSIM QUE O MESMO SE LEVANTOU APÓS SE LIBERTAR DO ROLL-UP! Anderson vai para a contagem novamente...1...2...NÃO, RICHARDS ESCAPA NOVAMENTE! Anderson leva as mãos à cabeça, pois o seu finalizador não foi capaz de parar o "Dark Messiah"!

(21:09) Devido a longa extensão do combate, tanto Anderson quanto Richards já se demonstravam cansados. E devido a este fato, Anderson, apesar de ter neste momento a “dominação” do combate, não conseguia encaixar um golpe de efeito que permitisse que ele pudesse realizar a contagem em cima de seu adversário. No atual momento, encontrávamos Anderson aplicando alguns stomps em Richards, porém Anderson sabia que aquilo não era o suficiente. Ele então se dirige até o corner mais próximo. Ele então respira fundo, corre na direção de Richards e salta aplicando um Senton Splash, porém Richards consegue rolar para o lado, fazendo com que Anderson passasse direto. O golpe acaba por fazer Anderson emitir um alto gemido de dor, levando a mão as costas em seguida. O mesmo permanece no chão durante alguns segundos, até finalmente conseguir se levantar. Ele então vira para Richards e... DEVIL SLAYER DE RICHARDS EM ANDERSON! RICHARDS TENTA A CONTAGEM: 1...2... OMG, ANDERSON CONSEGUIU COLOCAR O PÉ NA CORDA! INCRÍVEL!

(27:47) Sem sombra de dúvidas esse foi o melhor combate da noite. O público estava eufórico, a aplaudir de pé o excelente combate que os dois wrestlers realizavam. Nesse momento, os dois wrestlers trocavam socos no meio do ringue. Já bastante afetados pela fadiga, não eram golpes tão efetivos. O cenário finalmente começa a mudar quando Anderson consegue desferir uma grande sequência de socos em Richards, que o deixa um pouco desnorteado. Anderson, percebendo isso, corre em direção as cordas para aplicar um Rocket Kick, porém Richards se recuperou a tempo e conseguiu desviar do golpe. Anderson se levanta e se vira, sendo recebido por mais um exploder suplex de Richards. Anderson cai bem no meio do ringue. Richards olha então para seu adversário caído, em seguida olha para um dos corners. Feito isso, o “Dark Messiah” se dirige em direção ao mesmo. Ele sobe no topo do corner, olha para Anderson no meio do ringue, e aplica um Diving Headbutt....OMG!!! ANDERSON SE LEVANTOU E REVERTOU O GOLPE EM UM GUN STUN!!! Porém devido a extrema fadiga, Anderson não consegue realizar o pin de imediato. O arbitro então começa a realizar a contagem para que os wrestlers se levantem. Anderson consegue se levantar, porém Richards fica caído no ringue. Ainda recuperando o fôlego, Anderson olha para Richards caído no chão, e com uma expressão de raiva, se dirige a seu adversário. Ele ergue Richards na altura de seu peito, e com um enorme desprezo a seu adversário, aplica-lhe um tremendo tapa na cara. O público fica em silêncio devido a atitude de Anderson, pois ninguém acreditava que Anderson seria capaz de realizar tal feito. Anderon então olha fixamente para Richards, o ergue e coloca nos ombros. Ele então olha para o público, dá uma risadinha, e Gun St... NÃO, RICHARDS REVERTE INCRIVELMENTE O GUN STUN EM UM REINCARNATUS!!! ANDERSON SE DEBATE POR ALGUNS SEGUNDOS, ATÉ FINALMENTE APAGAR, OBRIGANDO O ÁRBITRO A ENCERRAR O COMBATE!

Vencedor: Davey Richards

O “Dark Messiah” comemora, porém sem mostrar nenhum sorriso. Parece que ele só ficará satisfeito quando ganhar o cinturão. Na próxima ronda, ele enfrentará ou Bobby Roode, ou Tommaso Ciampa.


Comerciais...


Vemos algumas repetições da luta que valeu o Hardcore Championship no War Games, onde Edge reteve o cinturão frente a Tommaso Ciampa e The Undertaker. Durante a semana, o “Badass” desafiou Edge para uma luta sem o título em jogo, luta essa que foi aceite.

Toca “You're Gonna Pay” e Undertaker realiza a sua entrada. Edge vem de seguida enquanto ecoa ”Requiem”, ele é bastante ovacionado pela crowd.

Singles Match: The Undertaker Vs Hardcore Champion Edge

(01:26) Logo no início da luta, Undertaker tenta aplicar o "Chokeslam", porém, Edge conseguiu reverter o golpe aplicando algumas cotoveladas, ele então joga Taker contra o corner e começa a aplicar diversos chutes em sua barriga, e depois aplica um "Corner Spear" no adversário.

(05:02) Taker sempre tentava uma reação, mas era sempre neutralizado pelo "Ultimate Opportunist", Edge encaixou uma sequência de "Chop Blocks" na perna de Taker, e após isso, aplicou um "Edgecution". 1...2...KICK OUT

(07:56) No final da luta, Edge apenas brincava com o "American Badass", acertando vários tapas em sua cabeça e provocando-o, Edge levanta Taker e aplica o "Tombstone Piledriver" fazendo a pose característica do "Deadman" e quando Taker se levantou, Edge aplicou o "Spear". 1...2...3

Vencedor: Edge

O campeão Hardcore comemora a sua cintura no ringue, mas SHINSUKE NAKAMURA APARECE POR TRÁS E O ATACA!! O japonês começou a dar vários strikes potentes que colocaram Edge de joelhos e finalizou com um “Boma Ye”. Nakamura vai pegar o Hardcore Championship e o levanta.


Comerciais…


CM Punk se encontra caminhando pelos bastidores e acaba se sentando em uma caixa de equipamentos. Ele parece estar incomodado com alguma coisa.


Punk: É ruim não ser aceite na indústria por ser o melhor do mundo. No sábado, todos me criticaram por ter vencido Dunne enquanto ele tinha o pé na corda. Eu teria o vencido caso isso não acontecesse, pois ele continuaria a ser mais fraco do que eu. Mas isso não importa, porque eu abdiquei do HOW Championship para provar a todos que ele não vale nada. Era apenas um mero ornamento na minha cintura que não me acrescentava valor nenhum. Eu é que dava valor ao título! Agora estão fazendo um torneio para descobrir o novo campeão, mas será apenas mais um fracassado que ficará pensando que é o melhor. Podem vencer os títulos que quiserem, porém, o meu título de “Best in the World” é inalcançável, pois apenas eu o possuo!

Punk termina o seu discurso e se levanta e, continuando o seu caminho, se cruza com Bobby Roode. O ex-World Heavyweight Champion apenas disse “Best in the World?” e lançou um pequeno riso irônico, o que deixou Punk algo irritado. Ambos continuam o seu caminho.

Voltamos à arena e EC3 está realizando a sua entrada ao som de “Byob”. Daniel Bryan aparece de seguida com “Flight Of The Valkyries” e bastante apoio da crowd.

Singles Match: EC3 Vs Daniel Bryan

(04:32) Durante toda a luta Bryan mostrou porque é conhecido como um dos wrestlers mais técnicos da história, punindo Ethan com diversas chaves, ao fim, o "American Dragon" nocauteou o adversário com um "Triangle Choke".

Vencedor: Daniel Bryan

O “Yes Man” fica comemorando mais uma vitória e vamos para intervalo.


Comerciais…


Nós vamos até ao castelo que pertence ao Intercontinental Champion, Ricochet. A câmara se movimenta por um longo corredor e chega à tão aclamada sala do trono. É um lugar que possui uma fraca luminosidade, porém é possível de ver que o campeão está sentado no trono, sozinho, estando nenhum servo por perto. O cinturão estava estendido em frente dos pés do mesmo.

Ricochet: No sábado passado, eu falhei na conquista do World Heavyweight Championship, mas em nada isso é ruim. O meu colega, Roman Reigns, derrotou Bobby Roode e sagrou-se no novo campeão mundial desta empresa, fazendo da BIAE a stable mais dominante de sempre. No entanto, eu ainda sou dono de um dos cinturões mais prestigiados da House of Wrestling, o Intercontinental Championship e não existe ninguém que mo possa tirar. Ricochet é…
Ele ouve alguns ruídos vindos de não muito longe. Pensando que era os seus criados, Ricochet soltou um grito de fúria para eles fazerem menos barulho. Então, ele segue o seu discurso.

Ricochet:
Ricochet é o rei que comanda a HOW ao sucesso. Sempre que entro em ringue, ninguém tem força suficiente para me derrubar. São plebeus todos os que tentam, e são derrotados todos os plebeus. Só…
Mais alguns ruídos se ouvem por perto. Desta vez, Ricochet não diz nada, ficando apenas olhando para a frente com um ar incomodado. De repente, uma neblina surge e aos poucos cobre todo o chão, incluindo a zona em que estavam os seus pés. O campeão fica algo preocupado e é interrompido por uma voz.

???: Ações erradas levaram á queda de vários reis. Vários reinos terminaram perante as suas decisões incorretas e foram incapazes de se reerguer. No War Games, você me atacou quando entrava, e isso trará graves problemas para a sua pessoa.

Ricochet percebe que é Tommy End que se encontra no local e depressa começa a gritar.

Ricochet: End, eu sei que é você que aí está. Não seja tímido, apareça e mostre a sua cara de falhado!
O Intercontinental Champion espera por alguns instantes por End. O “Anjo da Morte” acaba se erguendo poucos metros diante de Ricochet. Ele aparentemente estava deitado no chão e agora se sentou na sua forma tradicional.

End:
Você é um homem tolo, Ricochet. Vive em um lugar como esse, que emana poder e autoridade, nada condizente com um homem como você. O senhor não passa de alguém fraco, que mesmo quando conseguiu a "coroa", conseguiu transformá-la em um insignificante amontoado de metais. Você não é digno de ser chamado como rei e nem digno de possuir essa "coroa", eu serei o responsável por ruir seu império. Aproveite os momentos finais com seu precioso título.

Os dois se ficam encarando por alguns segundos, porém um relâmpago ecoa no exterior. Ricochet desvia o seu olhar por breves segundos, e isso é suficiente para End desaparecer. A gravação termina com o Intercontinental Champion a olhar em seu redor, procurando por End.

“Enemies” toca na arena e Tommaso Ciampa realiza a sua entrada. O ex-World Heavyweight Champion Bobby Roode vem de seguida enquanto ecoa “Off the Chain”. O vencedor da luta estará enfrentando Davey Richards na próxima fase do torneio.

HOWC Tournament - First Round Match: Tommaso Ciampa Vs Bobby Roode

(2:10) Roode dominava o combate no início, aplicando vários golpes no tronco de Ciampa, até que, numa tentativa de Roode de aplicar o "Glorious DDT", Ciampa conseguiu escapar em velocidade, revertendo-o em um "Guillotine Choke". Após alguns segundos, Bobby conseguiu escapar a força, aplicando um "Powerbomb".

(6:02) Roode insistia em golpes nas costas e no tórax de Ciampa, que escapou do ringue rolando por baixo da terceira corda. Roode estava nervoso quanto à derrota no War Games e, para que pudesse demonstrar mais de sua força, evitou a contagem, descendo em busca de Tommaso. Os dois corriam em círculos em volta do ringue até que Ciampa aproveitou-se de sua maior agilidade para aplicar um "Running Knee Smash" em seu adversário e voltar para o ringue. Roode ficou alguns segundos do lado de fora mas conseguiu retornar ao ringue antes que o referee contasse 10.

(14:04) Ciampa havia conseguido tomar o controle do combate, trabalhando muito o psicológico de Roode. Ciampa tentou aplicar um "Project Ciampa" em Roode mas, ao erguê-lo, sentiu o tórax e deixou com que ele escapasse. Roode aproveitou a oportunidade para aplicar um poderoso "Clothesline" em Ciampa e foi para o pin.
1, 2 e... Ciampa consegue o kickout!

(22:11) Ambos estavam exaustos e após consecutivas tentativas de pin, Roode e Ciampa foram para as cordas. Na volta, Ciampa atingiu Bobby com um "Running Knee Smash" ao mesmo tempo que foi atirado ao chão por meio de um "Body Slam" aplicado por Bobby Roode. Os dois ficaram caídos ao chão, Roode não se manifestou enquanto Ciampa contorcia-se por causa das costas.

(25:14) Ciampa tornou a dominar o combate e conseguiu aplicar dois "Knee Smashs" em Roode, travando-o no corner. Ciampa preparava-se para o "Project Ciampa", arrastando Roode para o centro do ringue. Bobby, quando erguido, num último movimento, saltou sob seu adversário e aplicou um "Fisherman Suplex" em Ciampa que sentiu bastante.

(29:01) Roode aplicou um "Glorious DDT" em Ciampa e foi para o pin. Ciampa num movimento desesperado, conseguiu segurar as cordas antes do terceiro tapa, mas foi puxado ao centro do Ringue. Roode aplicou um "Canadian Cloverleaf", fazendo com que o abdômen de Ciampa fosse tensionado ao máximo. Roode pressionou o adversário por doze segundos enquanto gritava. Tommaso não aguentou e cedeu ao tapout.

Vencedor: Bobby Roode

O “It Factor” fica comemorando no ringue e somos levados até a um curto intervalo.


Comerciais…


Voltamos com a notícia de que Christian está lesionado. Os médicos da empresa dizem que ele quebrou o braço e estará fora dos ringues por um período de 2 a 4 meses.

Na arena, alguns músicos começam a tocar tambores na entrada. Cerca de um minuto depois, toca “Beat You Down” e os novos HOW Tag Team Champions, Mike Bennett e Eli Drake, surgem acompanhados por Maria Kanellis. Eles vão até ao ringue, onde vão fazer uma comemoração, e são recebidos de forma bastante amigável pelo público que canta por “Supremacy”. Eles trazem consigo umas placas que dizem “Sim! Nós podemos!” e as pousam no ringue antes de começar a falar.

Maria: Negócios, a palavra que definiu o início desta ligação. Pouco depois, esta dupla virou mais do que isso. Foi preciso apenas um mês para Eli Drake e Mike Bennett se tornarem Tag Team Champions. Amor, tens a palavra.
Bennett: Eu já tive glórias no passado, porém estava sendo difícil levantar das várias derrotas que tive. Foram tempos negros, mas que me fizeram estar aqui hoje com Eli Drake. O meu insucesso levou á criação da The Supremacy. Eu liguei a ele para conseguir esta parceria e não hesitou a dizer que sim. Mike Bennett está de volta ao topo, e desta vez bem acompanhado.

Drake:
Três duplas nos enfrentaram, e três duplas caíram. Todos eles são simplesmente Dummies! (O público grita “Yeah”) Nós somos a nova força superior da divisão de Tags da House of Wrestling. Não nos interessamos com grupos como a BIAE ou a CHAOS, pois eles não são tão bons quanto nós.
Maria: Podem derrotar qualquer dupla da empresa?

Mike e Eli levantam as placas enquanto gritam “SIM! NÓS PODEMOS!” às várias perguntas da Maria. O público grita também.

Mike/Eli: SIM! NÓS PODEMOS!

Maria: Podem dominar esta empresa como mais ninguém?

Mike/Eli: SIM! NÓS PODEMOS!

Maria: Podem ser a dupla a ter pisado este ringue?

Mike/Eli: SIM! NÓS PODEMOS!

Maria pousa o microfone e grita com eles por inúmeras vezes a frase e todo o público presente na arena faz o mesmo. Parece que estamos perante uma revolução comandada por Mike Bennett, Eli Drake e Maria Kanellis. Vamos para intervalo com o momento ainda decorrendo.

Comerciais…

Vamos agora para o último combate da noite. Toca “Courtesy Call” e Pete Dunne realiza a sua entrada com apoio do público. De seguida, toca “Judas” e o ex-Atlas Champion Chris Jericho entra.

HOWC Tournament - First Round Match: Pete Dunne Vs Chris Jericho

(00:35) Muita intensidade inicia-se com os dois ex-campeões, que mostram habilidade e agilidade ao tentarem prender um ao outro e escaparem.

(01:24) Não demorou muito para Jericho sentir a pressão de lutar contra um Heavyweight como Dunne, que abusava de torturar Jericho, prendendo sua mão e a torcendo, em seguida castigava o braço direito do seu oponente.

(05:14) Pete Dunne não estava para brincadeira, ele havia prendido Jericho em um Kimura lock que já durava cerca de 1 minuto. Jericho milagrosamente chegou as cordas, fazendo Dunne largar o golpe. Porém não durou muito até Dunne levantar Jericho e aplicar um DDT no mesmo.

(08:52) Finalmente uma resposta de Chris Jericho! Ele derrubou Dunne com um superkick no queixo do mesmo, e não perdeu tempo em tentar aplicar seu Walls Of Jericho, mas não obteve sucesso, já que Pete não largava a perna de Jericho, este então desiste do movimento e parte para um ataque bruto em no braço esquerdo de Dunne, que já estava machucado após o combate do mesmo no War Games. Jericho jogou Pete nas cordas e foi para o corner e correu em direção a Dunne, RUNNING DROPKICK, Pete caiu, Jericho foi para o Pin, mas a contagem só foi até 1.

(14:25) Jericho em uma tentativa desesperada de acabar com Dunne, armou duas mesas do lado de fora do ringue, lá, Dunne estava sentado na terceira corda, exausto, e foi quando Jericho tentou se aproveitar da situação, ele ia tentar aplicar um Superplex em Dunne, mas espere, este não deixa Jericho completar o golpe, MAS O QUE É ISSO, DUNNE SE JOGOU MAS ELE SEGURA JERICHO E.... POWERBOMB!!! Chris Jericho acaba e sofrer o Powerbomb mais doloroso de sua vida. Jogado da terceira corda nas duas mesas que ele mesmo havia armado. Agora ambos estão caídos do lado de fora do ringue.

(21:48) O combate estava chegando a seu final, Chris Jericho mostrou muita garra lutando contra Pete Dunne, mas ele parecia ainda não estar no nível do Bruiserweight. Dunne estava de pé, aguardando Chris se levantar para aplicar seu Bitter End, e quando ele menos esperou... CODE BREAKER!! JERICHO SURPREENDE DUNNE, ELE VAI PARA A CONTAGEM...1...2.... ESCAPOU!! Jericho em um movimento desesperado tenta levantar seu adversário, o que é isso?? CANADIAN DESTROYER!! PETE DUNNE NÃO CAI, SE LEVANTOU, MEU DEUS ELE APLICOU UM BITTER END!! QUE COMBATE É ESSE?? AMBOS ESTÃO ESTIRADOS NO RINGUE!!!

(22:59) E quando se menos esperava, Chris Jericho tentou mais um Code Breaker, mas foi parado por um Figure 4 Leg Lock de Dunne, Jericho estava prestes a desistir, mas ele conseguiu reverter o golpe em um Inverted Figure 4, Pete rapidamente se livrou golpe, ambos estão pé, a crowd os aplaudia muito, o combate estava intenso, e um ato inusitado, roubou a cena, Pete Dunne aplicou um Superkick em Jericho, ELE APLICOU MAIS UM BITTER END, MAS NÃO, ESPERE!!! CHRIS JERICHO REVERTEU EM UM SMALL PACKAGE, PUTA QUE PARIU, 1...2...3!! ISSO É INACREDITÁVEL, CHRIS JERICHO VENCEU PETE DUNNE!!! ELE CORRE PARA FORA DO RINGUE.

Vencedor: Chris Jericho

O membro da BIAE comemora com um sorriso arrogante na cara. Dunne, que pela segunda vez seguida falha a conquista do HOW Championship, fica se lamentando profundamente fora do ringue.

Comerciais…

Vemos um curto vídeo mostrando a vitória de Roman Reigns no War Games. De seguida, toca “The Truth Reigns” e o novo World Heavyweight Champion realiza a sua entrada até ao ringue. Ele se preparava para falar, porém tocou “Voices” e, de imediato, Randy Orton foi até ao mesmo. Ambos os lutadores soltam um breve olhar, mas rapidamente o “Big Dog” começa o seu discurso.

Reigns:
Ora vejam bem quem temos aqui, a “Víbora”, Randy Orton. Um homem que já esteve no topo e acabou caindo poucas dias depois, no entanto, nunca se mostrou fácil de derrotar. Eu escolhi você porque sei que me pode dar uma luta como mais ninguém consegue. No Pandora, você se debaterá comigo o World Heavyweight Champion e espero que me leve ao limite, senão vai me desiludir imenso.

Orton: Reigns, eu sei que você não me escolheu por esse motivo, mas sim porque acha que eu sou um lutador quase retirado que pode ser fácil de vencer. Você sabe que venho de duras derrotas nos últimos meses e que posso não estar na minha melhor forma devido a isso. Você…

Reigns: Randy, não complique as coisas, não fique a dar desculpas para a sua futura derrota. Eu já estive com você num ringue antes. Foi no dia 21 de janeiro, em pleno Tokyo Dome, que nós nos enfrentámos em uma War Games pelos HOW Trios Titles. Foi uma luta brutal, onde eu castiguei você e você me castigou a mim. No entanto, haviam muitas outras pessoas que não nos deixaram espancarmo-nos até à morte. Eu sinto que ainda tinha problemas que precisaria de resolver com você, essa sim, é a principal razão da minha escolha. Eu vi você derrotar Pentagón Dark para vencer este cinturão no SummerSlam do ano passado e devo dizer que fiquei impressionado. Me entusiasmei por ver alguém que pudesse ser um verdadeiro desafio para o “Big Dog”. Eu não estou desvalorizando você, é você quem se está desvalorizando. Mude a sua mentalidade de menosprezado, senão ela será o seu pior inimigo no nosso embate. Eu estou preparado para a luta, e você estará?

Orton: Você está me zoando? Acha que eu não estarei entrando no ringue para vencer? Eu sou um ex-campeão mundial, já defrontei alguns dos melhores nomes desta indústria e você ainda não acredita que irei dar tudo de mim para conquistar isso que tens a teu ombro? Abra os olhos! Não importa o que você está ou não pensando sobre mim porque o que importa é que estarei me tornando World Heavyweight Champion por duas vezes. Basta um RKO para fazer você cair e apenas três segundos para terminar com o seu reinado. Agora não importam os motivos por trás da sua escolha, pois já não pode voltar atrás. No Pandora, traga o seu melhor, e mesmo assim terá a sua bunda chutada pela “Víbora”!

Reigns: Esse é o Randy que eu quero ver, destemido e confiante nas suas ações. Você sabe o quanto gosto de uma boa luta e, no dia 23 de junho, eu sei que você me dará ela. Mas não comece a pensar que vai vencer, porque você está diante mim. Olhe em para o meu currículo, já fui Trios Champion, Tag Team Champion, Hardcore Champion e agora sou World Heavyweight Champion. Eu sou o portento desta empresa, eu carrego-a nos meus ombros a cada dia que passa. Você será apenas mais um que cairá a meus pés!

Reigns deixa o microfone cair ao chão e dá dois passos em frente. Orton acabou por fazer o mesmo e ambos se ficam encarando no centro do ringue. Um momento de tensão que é aplaudido pelo público, que espera ansiosamente pela grande luta. Eles parecem ter um enorme ódio um pelo outro, porém também parecem se respeitar mutuamente. Após algum tempo se encarando, CHUCKIE T E BERETTA APARECEM VINDOS DO PÚBLICO E OS ATACAM!! Os Best Friends pisoteiam Randy e Roman por várias vezes e terminam o ataque com um “Strong Zero” em cada um deles. Eles acabam por abandonar o ringue e a arena sob vaias da crowd. O show termina com Randy Orton e Roman Reigns se contorcendo com dores no ringue.


Fim de show

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites