Razão pela qual Daniel Bryan não seria totalmente impulsionado pela WWE

Razão pela qual Daniel Bryan não seria totalmente impulsionado pela WWE

É inegável que Daniel Bryan está vivendo um grande momento. Em pouco tempo, Bryan viu sua vida mudar da água para o vinho. Autorizado para realizar o seu retorno aos ringues na WrestleMania 34, onde atuou ao lado de Shane McMahon contra Sami Zayn e Kevin Owens, o ex-campeão mundial da WWE vem lutando desde então e estará disputando o título de duplas do SmackDown junto com Kane no Extreme Rules. O que estava bom pode ficar maravilhoso já que existe a possibilidade de enfrentar The Undertaker no SummerSlam.

No entanto, muitos fãs queriam que o "The American Dragon" estivesse disputando um título do calibre do WWE Championship, lembrando a época dos grandes combates que Bryan protagonizou antes de ser obrigado a anunciar a sua aposentadoria há dois atrás.

Talvez isso ainda aconteça no futuro com Bryan disputando o WWE Championship e o Universal Championship. Mas isso é algo que Mike Johnson acredita que não vai acontecer. Foi isso que o jornalista comentou na última edição do PWInsider Elite Audio:

"Vão deixar ele lutar, mas tentarão protegê-lo. Se os fãs querem que volte aquele American Dragon, com lutas de 45 minutos de grande esforço físico, a WWE não acha que seja esse o lugar onde você deveria estar. Não querem que ele esteja nessa posição. Eles não vão usá-lo como o núcleo da empresa. Queriam o Daniel Bryan de volta, mas não vão recuperar o American Dragon, então eles têm que aprender a viver com isso”.

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites