Last 12 #25 - O ano de Buddy Murphy - House of Wrestling - O melhor do Wrestling!

Last 12 #25 - O ano de Buddy Murphy

Sejam bem-vindos a mais uma edição deste espaço aqui na House of Wrestling. Hoje eu irei falar sobre o ano do lutador da WWE, Buddy Murphy.

Regresso à televisão e introdução no 205 Live

Depois de uma longa ausência dos programas televisivos da empresa devido a falta de planos e, após ter se separado de Blake, Murphy foi anunciado no dia 13 de fevereiro de 2018 como um dos participantes do torneio para coroar o novo Cruiserweight Champion, pois o título se encontrava vago. Na semana seguinte, o australiano derrotou Aryia Daivari na primeira ronda do torneio, mas, no dia 6 de março, ele perdeu nas quartas-de-final para Mustafa Ali. No dia 27 do mesmo mês, ele venceria uma Fatal 4-Way contra Tozawa, TJP e Kalisto para receber uma chance pelo título depois da WrestleMania. Seguiu-se um sequência de três vitórias consecutivas para o tornar num desafiante credível ao cinturão pertencente a Cedric Alexander. A luta pelo Cruiserweight Championship seria no dia 29 de maio e, infelizmente, Murphy acabaria perdendo.

Uma semana depois, ele enfrentaria Ali por mais uma vez, no entanto, a luta terminou em No Contest devido a um ataque de Hideo Itami aos dois. Tudo isso levou a uma Triple Threat Match que se realizou duas semanas depois e que acabou por ser vencida pelo japonês. Para encerrar essa pequena rivalidade com Ali, ambos se voltaram a enfrentar, desta vez numa luta sem desqualificações em que ele perdeu.

A 10 de julho, Nese, acompanhado por Murphy, enfrentou Kalisto que estava acompanhado pela restante Lucha House Party. O mexicano acabou vencendo após Murphy ver que Nese estava em dificuldades e decidir atacar Kalisto, causando a desqualificação. Após uma pequena briga entre os dois times, Murphy e Nese acabaram por abandonar a zona de ringue. No dia 7 de agosto, os dois entraram em ringue para enfrentar Kalisto e Lince Dorado, onde conseguiram uma vitória após Nese fazer um Roll-Up em Kalisto. Um novo confronto ficou marcado para duas semanas depois numa Tornado Tag e com Metalik no lugar no Kalisto. Desta vez, foi a dupla mexicana a conseguir a vitória. Na semana passada, Kalisto e Murphy tiveram um singles match que foi vencida pelo australiano.

Considerações finais

Estes últimos meses têm mostrado que Murphy é dotado de uma boa qualidade in-ring. Nas poucas matches que realizou, ele conseguiu ter seis delas avaliadas em quatro ou mais estrelas por parte de Dave Meltzer. No Super Show-Down, ele vai enfrentar Cedric Alexander pelo título e acho que uma vitória seria mais que merecida para o recompensar pelas suas boas performances.

Assim termino mais uma edição deste espaço, espero que tenham gostado. Deixem o vosso voto nos comentários, pois é com base nele que eu decido quem figura na próxima edição. Fiquem bem, e até à próxima!

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites