Aleister Black compartilha história sobre Roman Reigns

Aleister Black compartilha história sobre Roman Reigns

No segmento do RAW de ontem, Roman Reigns revelou que novamente está lutando contra uma leucemia que foi diagnosticada aos seus 22 anos de idade e que se afastará da WWE para se dedicar ao seu tratamento e sua família, assim, deixando o WWE Universal Championship vago.

Em seu Facebook, o ex-NXT Champion, Aleister Black, compartilhou uma bela história sobre Roman. Confira abaixo:

"Roman Reigns,

Eu não sou alguém que normalmente faz isso, mas, devido a circunstância, eu senti que deveria escrever um pouco. 

Quando eu comecei no wrestling, não era fácil como é agora. Voltando aos anos 2000, especialmente por vir da Holanda, era de alguma forma escondido. As pessoas não eram ansiosas para te treinar, e você tinha que procurar treinar em diferentes países e procurar pessoas que realmente queriam te treinar. Não era fácil como pagar uma escola e apenas ir até lá.

Eu gosto de pensar que uma parte do meu treinamento apreciou alguns aspectos clássicos em forma de respeito. Respeitando os movimentos de outras pessoas, os personagens de outras pessoas e algumas 'etiquetas' dentro do vestiário. Algo que também foi encontrado nos Dojos que eu costumava treinar Pencak Silat e Kickboxing. 

Eu carreguei isto comigo ao longo da Europa, Japão e eventualmente, na WWE.

Passando o tempo, 17 anos após e é maio de 2017, e eu estou tendo meu primeiro tour com o RAW, live events e trabalhando no Main Event contra o Curt Hawkins.

Durante esses live events, eu fazia de questão de checar que os vestiários estavam limpos após os lutadores terem indo embora, que o lixo foi retirado, toalhas foram empilhadas e que as pessoas após os combates tivessem água, especialmente os que faziam parte do uppercard. Coisas que, na minha opinião, estão esquecidas e não são praticadas mais. Entretanto, eu sinto que essas coisas são importantes pois elas ensinam sobre respeito e lhe mantém humilde, algo que se necessita muito nessa geração.

Após algumas noites, nós sentamos, e eu tentei deixar as pessoas me conhecerem, já que é importante para as pessoas que você trabalha te verem e interagirem com você. Eles são seus colegas e pessoas que você espera trabalhar por um longo tempo junto. Durante isto, eu tive a oportunidade de conversar um pouco com o Roman e nós conversamos sobre tatuagens, música, seu background e sua linhagem familiar.

Em um certo ponto durante aquela conversa, Roman me olhou e disse: 'Eu não quero você limpando os vestiários mais. Eu quero que você entenda que você pertence a aqui e eu quero que você arrase todas as noites e seja parte do time. Isto é tudo que eu ligo. Você tem lutado tempo suficiente para entender como funciona, então, por favor, relaxe'.

Eu nunca teria parado de ter feito aquilo até que um líder do vestiário como o Roman, Seth, Bray ou Finn tivesse me dito para parar, pois foi assim que eu fui ensinado. Ganhe seu sustento, ganhe seu lugar, ganhe respeito.

Todas as vezes que eu vi ele após aquilo, ele vinha me cumprimentar com um grande abraço e me perguntava como eu estava, em sua calma e serena maneira.

Apesar de não conhecer o Roman muito bem e ter interações limitadas com ele, eu sou muito agradecido por tê-las. No final do mesmo tour, Roman nos disse para sermos agradecidos e não importa que tipo de combate você teve, seja bom ou ruim, a beleza era que podemos fazer novamente no outro dia. 

E ele estava certo...

Todas as forças para um fantástico ser humano, performer e líder.

Até nos vermos novamente, Roman".

Sobre / Contato / Publicidade / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites