NJPW/ROH G1 Supercard: Previsões e análises

Fala, galera, aqui quem vos fala é o Will e hoje estarei trazendo junto ao Justt, nossas previsões e análises para o G1 Supercard, evento em conjunto da New Japan Pro-Wrestling e da Ring of Honor que será realizado neste sábado (06), diretamente do Madison Square Garden.



TITLE VS. TITLE MATCH: WILL OSPREAY VS. JEFF COBB

Will: O combate é válido pelo NEVER Openweight Championship de Ospreay e o ROH World TV Championship de Cobb. Ospreay tem uma vitória direta contra Cobb no Honor Rising em uma tag match, o que culminou no combate entre ambos. Com toda certeza, há uma grande possibilidade disso acabar com o rótulo de Match of the Night por muitos, inclusive por mim, devido ao grande ano que ambos vem tendo. Ospreay finalmente conseguiu achar o equilíbrio perfeito entre seus flips para parecer alguém crível na Heavyweight Division da NJPW e Cobb incrivelmente subiu de qualidade desde que assinou com a ROH, tendo um ótimo reinado até o momento. Como será um combate de contraste de estilos de dois dos melhores no seu estilo, esperar algo menos que ótimo é difícil.

Vencedor: Will Ospreay

Justt: Já está mais do que claro que Will Ospreay já não é mais aquele "spot monkey" que quebrava a internet com seus confrontos contra o Ricochet. Isso não é ruim, isso é excelente. Ospreay vem tendo uma grande evolução como performer desde que diversas personalidades do esporte criticaram-o depois do fatídico 27 de Maio de 2016. Cobb, por outro lado, é um daqueles caras que já parece ter nascido pro negócio e desde que apareceu na cena alguns anos atrás, vem ganhando cada vez mais adeptos. Isso vai ser um styles clash clássico e, como o grandioso Willian disse, pode ser a melhor match da noite. Acredito que veremos Ospreay a derrotar o gigante novamente e sair com dois títulos para, em Maio, ficar, novamente, apenas com o NEVER Openweight Championship após perder para qualquer geek da ROH em um show no interior do Maryland.

Vencedor: Will Ospreay


SINGLES MATCH: DALTON CASTLE VS. RUSH

Will: Castle desafiou RUSH para o combate no ROH 17th Anniversary e teve seu desafio aceito. Confesso que eu estava ansioso para ver o que o RUSH iria fazer na ROH, mas até o momento, infelizmente, não pude ver o que sei que ele é capaz. Esse, similar aos próximos dois combates, deve dar um "descanso" para o público até o evento começar de verdade novamente. 

Vencedor: RUSH

Justt: Se escutam meu podcast com o Leonardo Corradini, o lionMARKS (o qual o Willian está devendo uma participação), sabem que eu cag*ei pra este combate e não comentamos na edição sobre este show no MSG. Eu vi alguma coisa do Rush desde 2015, a maioria por causa daqueles shows conjuntos da NJPW com a CMLL, e achei ele bom. Aparentemente, ele tem tudo para ser uma estrela nos Estados Unidos e deve vencer aqui para ter uma title shot ao TV Title mais pra frente.

Vencedor: Rush


ROH WOMEN OF HONOR WORLD CHAMPIONSHIP: MAYU IWATANI (C) VS. KELLY KLEIN

Will: Desde a criação do Women of Honor Championship no ano passado, não me lembro de ter visto algo que venha a minha memória como bom/ótimo. Apesar da Iwatani ser uma das melhores e mais competentes lutadoras do mundo, não há como salvar algo que não recebe o tratamento que deveria. 

Vencedora: Kelly Klein

Justt: Ah, eu poderia vir aqui e falar como wrestling feminino é chato e uma paumolescência do caramba mas irei me poupar. Não sei muito sobre esse combate e, de fato, não me interessa. Mas como tem que escolher alguém, escolho a japonesa.

Vencedora: Mayu Iwatani


NYC STREET FIGHT MATCH: BULLY RAY VS. ??

Will: É um ultraje que o Bully Ray receba um combate no meio do card do evento mais importante das duas empresas no Estados Unidos. Eu não faço a menor ideia de quem irá aparecer, mas espero que seja alguém que varra o Bully Ray para bem longe.

 Vencedor: Minoru Suzuki

Justt: Eles anunciaram algumas horas atrás que seria o Juice Robinson a enfrentar o Bully Ray e isso prejudicou, para mim, qualquer hype que eu tinha esperando o Suzuki como o nosso amigo acima também ficou. É,


IWGP JR. HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: TAIJI ISHIMORI (C) VS. DRAGON LEE VS. BANDIDO

Will: Apesar do Bandido ter sido adicionado aleatoriamente ao combate, esse provavelmente deve ser o melhor combate pelo título em um longo tempo, provavelmente desde o Dominion do ano passado. Ishimori tem sido um bom campeão de "estabilização" após a saída de KUSHIDA e vem tendo um bom reinado, apesar de achar que provavelmente a NJPW não o utilizará como o Ace da divisão. Mas enfim, o combate tem todo potencial do mundo para roubar o show pela qualidade dos envolvidos e espero que eu esteja certo.

Vencedor: Taiji Ishimori

Justt: Isso aqui vai dar o pontapé as matches grandes do card. Bandido é um cara relativamente novo na cena ROH-NJPW e tem muito a provar pros executivos japoneses para garantir um possível lugar no Best of the Super Juniors desse ano e bookings constantes no futuro, assim como Dragon Lee fez anos atrás. Ishimori é sem dúvida o 'ace' da divisão dos juniors no momento visto que KUSHIDA foi embora e Hiromu está machucado, então acho muito difícil ele sair de Nova Iorque sem o título justamente por isso e por quem está desafiando-o. Falando no Hiromu, ele está cada vez mais próximo de voltar, então, o Ishimori vai ter que ficar um pouquinho mais como campeão.

Vencedor: Taiji Ishimori


TITLE VS. TITLE MATCH: GUERRILLAS OF DESTINY VS. PCO & BRODY KING VS. EVIL & SANADA VS. THE BRISCOES

Will: O combate é válido pelo IWGP Tag Team Championship e pelo ROH World Championship, onde ambos os times campeões (GoD e Villain Enterprises) farão suas primeiras defesas. Apesar da inesperada troca de títulos ter acontecido no ROH 17th Anniversary, já que eles praticamente haviam confirmado Briscoes vs. GoD no Honor Rising, esse é um combate que provavelmente veremos o público dando uma bela dormida após o combate anterior. As adições de última hora provavelmente somarão a qualidade do combate, mas o booking desleixado realmente não me anima para o combate.

Vencedores: EVIL & SANADA

Justt: Esse combate deu algumas voltas no booking mas se você parar para analisar o porquê de cada um estar ali, ele faz sentido. EVIL e SANADA não fazem tag praticamente desde que perderam os IWGP belts no Honor Rising e como cada um tem seu próprio problema para cuidar no Japão, acho difícil vê-los saírem com os dois títulos aqui. O que me parece certo e adequado na questão de booking, disponibilidade para estar tanto no Japão e América e coisas do tipo é os GoD saírem vencedores. Aí então eles podem ter o confronto com os Briscoes em um War of the Worlds da vida.

Vencedores: Guerrillas of Destiny


REVPRO BRITISH HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: ZACK SABRE JR. (C) VS. HIROSHI TANAHASHI

Will: Confesso que não esperava ver ambos figurando tão alto no card, principalmente por um título, o que foi uma grata surpresa. Sabre e Tanahashi estão empatados em confrontos individuais, com duas vitórias para cada lado, com Sabre possuindo vitórias no G1 27 e na final da New Japan Cup do ano passado e Tanahashi no Destruction de 2017 e na New Japan Cup deste ano. Acho que a qualidade de ambos os lados nem precisa ser descrita e o meu "piso" para o combate é ****1/2, já que prevejo os dois dando tudo de si, por Sabre estar representando seu país com o seu título em um evento tão importante e Tanahashi por estar realizando o sonho de lutar no Madison Square Garden, similar a seu herói, Tatsumi Fujinami.

Vencedor: Zack Sabre Jr.

Justt: Esse combate vai ser interessante. O build dele mostrou que o Tana é um mark do Fujinami e em um desses atos de mostrar que é um mark acabou vencendo e, consequentemente, eliminando Sabre Jr. da New Japan Cup desse ano. Eles estão 2-2 em confrontos desde que ZSJ colocou os pés na New Japan e esse vai ser um tiebreaker. Ao meu ver, o britânico vai reter o título aqui para recuperar seu momentum e porque vai ser ele que estará defendendo o cinturão no Reino Unido, enquanto Tanahashi, provavelmente, estará tirando fotos de seu cachorro para colocar no Instagram.

Mas há um porém e foi algo que discuti no lionMARKS, a NJPW fará um show especial na Inglaterra daqui alguns meses, o Royal Quest, e pode ser que Tanahashi vença no MSG e acabe sendo derrotado lá. Enfim, eu acho muito difícil de acontecer esse cenário e, bem, há planos maiores pro ZSJ, acredito eu, e vou explicar daqui a pouco.

Vencedor: Zack Sabre Jr.


IWGP INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP MATCH: TETSUYA NAITO (C) VS. KOTA IBUSHI

Will: Novamente, mais uma grata surpresa, já que esperava que esse combate seria o evento principal de um dos dias do Wrestling Dontaku. Naito e Ibushi possuem uma das melhores sequências de combates dos últimos anos desde o retorno de Ibushi em 2017 e não pode se esperar nada menos que algo grandioso aqui, já que esse é o maior e mais importante de ambos até o momento, com Ibushi levando a vantagem em 2 vitórias contra 1 de Naito. A grande questão é: o vencedor. Por mais que eu tenha certeza que o Naito irá faturar novamente o G1 deste ano, não sei se a NJPW fará ele perder duas vezes seguidas em um curto espaço de tempo. Meu coração diz Ibushi, mas a razão grita Naito.

Vencedor: Tetsuya Naito

Justt: Aparentemente a New Japan quer esquecer que os Golden Lovers existiram em 2018. Desde que o Ibushi apareceu em Osaka no mês de Fevereiro e disse que continuaria na empresa, o pessoal responsável pelos vídeos e promoção da New Japan fez apenas uma menção ao ano passado de Ibushi dizendo que ele teve "uma pequena run com o NEVER Openweight Championship". Se isso é bom? Talvez seja. Não vamos negar o fato que ele estava sendo um second do Kenny e envolvendo-se em rivalidades idiotas.

But it is what it is, temos um novo Ibushi na New Japan e, por ironia, ele vai enfrentar Tetsuya Naito novamente. Lembram quando isso aconteceu em 2017? Pois é, o tempo voa....Naito teve uma ótima defesa contra Taichi em Sapporo e vem de derrota contra o próprio Golden Star no início da New Japan Cup, então o booking da NJPW me faz acreditar que dificilmente ele venha ser batido novamente.

Falando neste momento, Naito tem grandes chances de estar no evento principal do Tokyo Dome novamente e, por mais que ele diga que ser um double-champion, dificilmente ele vai levar esse Intercontinental Championship por mais meses. Se ele perder no Dominion, ok. Se ele perder aqui, ótimo. Mas acho que isso tem muito pano pra manga e, bem, seria um bom fan-service se víssemos Ibushi a sair de Nova Iorque com o belt.

Vencedor: Kota Ibushi


ROH WORLD CHAMPIONSHIP - LADDER MATCH: JAY LETHAL (C) VS. MATT TAVEN VS. MARTY SCURLL

Will: Bom, boa sorte por seguir Naito e Ibushi, ainda mais se tratando de um combate que se baseará em spots. O fato da história do "real campeão" do Taven continuar me irrita enormemente, assim como o fato de ele estar no combate. Lethal conseguiu trazer de volta um pouco do prestígio para o ROH World Championship após os reinados desastrosos do Cody e Dalton Castle, fazendo bons combates e tendo boas rivalidades. Scurll, por outro lado, vem perseguindo o título há um longo tempo e acho que esse finalmente é o momento certo para colocar o título nele. De duas ou uma: ou Lethal retém e perde pro Cobb na próxima defesa, ou o Scurll vence e traz novos ares para o título, e a segunda opção me parece mais sensata no momento.

Vencedor: Marty Scurll

Justt: Tá, isso aqui vai ser uma ladder match e tem, talvez, o pior lugar no card. Mas tudo bem, é um combate de estipulação que o pessoal norte-americano gosta e o japonês não dá a mínima em condições normais. Então, devemos ver vários callbacks a Razor Ramon x Shawn Michaels, Matt Taven se matando e o dilema de Marty Scurll (ESCUTEM O LIONMARKS) em todo o seu esplendor. Assim como o Will, acredito que veremos o Villain sair daqui com o título e terá um reinado até seu contrato acabar e que dê tempo para eles construírem um Jeff Cobb ou o próprio Rush como possíveis ameaças.

Vencedor: Marty Scurll

IWGP HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: JAY WHITE (C) VS. KAZUCHIKA OKADA

Will: Eu sou um grande fã da rivalidade de ambos por ser uma das mais coesas e bem construídas rivalidades dos últimos anos, cumprindo toda sua premissa desde o início e fazendo as peças se encaixarem perfeitamente. Todos devem saber que os planos originais para o combate consistiam em Omega defendendo o título contra Okada, mas, sinceramente, vejo a atual história com mais bons olhos visando o futuro da empresa do que a anterior. 

White representa tudo o que aconteceu com Okada no ano passado, desde sua decaída como o campeão imbatível e líder indiscutível da CHAOS, para ter sua liderança contestada e ver seu maior rival no evento principal do Tokyo Dome, passando por cima do próprio Okada duas vezes para chegar até lá. White, por outro lado, cumpriu tudo o que prometeu desde o início e desbancou o reino de Okada e Tanahashi na NJPW, inclusive forçando Okada a trazer sua persona de Rainmaker de volta no Wrestle Kingdom para tentar derrota-lo, mas de nada adiantou, por estarmos diante da nova era do Switchblade. 

O combate marcará uma nova era para a NJPW em termos de história, já que os dois provavelmente serão o foco central do título nos próximos anos. Desde que o nível de apelação da história se mantenha, não há motivos para me opor, mas sim, apenas apreciar uma nova história sendo escrita no rico livro da NJPW.

Vencedor: Kazuchika Okada

Justt: Isso aqui era para ser Kenny vs. Okada V, mas AEW aconteceu e eles tiveram que usar o Jay White para cobrir o spot do Best Bout Machine. A redenção do Okada acabou sendo "rushada" em alguns meses e, se fosse o caso de termos Kenny ainda na NJPW, ele provavelmente já teria partido para outra lá no Tokyo Dome depois de vencer o Jay. Mas, enfim, essa rivalidade tem sido extremamente bem construída e a única coisa que atrapalha o White é o fato de ele falar inglês e isso deixar ele parecendo um goofy aos olhos dos orientais.

É estranho pensar que podemos ter dois reinados seguidos do IWGP Heavyweight Championship com nenhuma defesa bem sucedida, mas tempos desesperados pedem medidas desesperada. Obviamente que essa feud vai se alongar por mais tempo, claro, que com esfriadas em certos pontos mas sempre voltará a tona quando for preciso.

Vejo Okada sair vencedor aqui pois Jay White, por mais ótimo que seja, não tem adversários críveis para agora e, como disse, Tetsuya Naito tem tudo para ir ao main event do Tokyo Dome e quem melhor que Okada para ser a outra parte nessa jornada? Aliás, uma vitória aqui de Okada abre espaço para, talvez, um desafio de Zack Sabre Jr. no Dontaku, o SANADA que ele derrotou na final da New Japan Cup e, claro, Hiroshi Tanahashi que ainda não teve sua revanche. Vai ser interessante, amigos, e acho que a NJPW vai mandar todos nós "pra casa" bastante felizes.

Vencedor: Kazuchika Okada
Fala, galera, aqui quem vos fala é o Will e hoje estarei trazendo junto ao Justt, nossas previsões e análises para o G1 Supercard, evento em conjunto da New Japan Pro-Wrestling e da Ring of Honor que será realizado neste sábado (06), diretamente do Madison Square Garden.



TITLE VS. TITLE MATCH: WILL OSPREAY VS. JEFF COBB

Will: O combate é válido pelo NEVER Openweight Championship de Ospreay e o ROH World TV Championship de Cobb. Ospreay tem uma vitória direta contra Cobb no Honor Rising em uma tag match, o que culminou no combate entre ambos. Com toda certeza, há uma grande possibilidade disso acabar com o rótulo de Match of the Night por muitos, inclusive por mim, devido ao grande ano que ambos vem tendo. Ospreay finalmente conseguiu achar o equilíbrio perfeito entre seus flips para parecer alguém crível na Heavyweight Division da NJPW e Cobb incrivelmente subiu de qualidade desde que assinou com a ROH, tendo um ótimo reinado até o momento. Como será um combate de contraste de estilos de dois dos melhores no seu estilo, esperar algo menos que ótimo é difícil.

Vencedor: Will Ospreay

Justt: Já está mais do que claro que Will Ospreay já não é mais aquele "spot monkey" que quebrava a internet com seus confrontos contra o Ricochet. Isso não é ruim, isso é excelente. Ospreay vem tendo uma grande evolução como performer desde que diversas personalidades do esporte criticaram-o depois do fatídico 27 de Maio de 2016. Cobb, por outro lado, é um daqueles caras que já parece ter nascido pro negócio e desde que apareceu na cena alguns anos atrás, vem ganhando cada vez mais adeptos. Isso vai ser um styles clash clássico e, como o grandioso Willian disse, pode ser a melhor match da noite. Acredito que veremos Ospreay a derrotar o gigante novamente e sair com dois títulos para, em Maio, ficar, novamente, apenas com o NEVER Openweight Championship após perder para qualquer geek da ROH em um show no interior do Maryland.

Vencedor: Will Ospreay


SINGLES MATCH: DALTON CASTLE VS. RUSH

Will: Castle desafiou RUSH para o combate no ROH 17th Anniversary e teve seu desafio aceito. Confesso que eu estava ansioso para ver o que o RUSH iria fazer na ROH, mas até o momento, infelizmente, não pude ver o que sei que ele é capaz. Esse, similar aos próximos dois combates, deve dar um "descanso" para o público até o evento começar de verdade novamente. 

Vencedor: RUSH

Justt: Se escutam meu podcast com o Leonardo Corradini, o lionMARKS (o qual o Willian está devendo uma participação), sabem que eu cag*ei pra este combate e não comentamos na edição sobre este show no MSG. Eu vi alguma coisa do Rush desde 2015, a maioria por causa daqueles shows conjuntos da NJPW com a CMLL, e achei ele bom. Aparentemente, ele tem tudo para ser uma estrela nos Estados Unidos e deve vencer aqui para ter uma title shot ao TV Title mais pra frente.

Vencedor: Rush


ROH WOMEN OF HONOR WORLD CHAMPIONSHIP: MAYU IWATANI (C) VS. KELLY KLEIN

Will: Desde a criação do Women of Honor Championship no ano passado, não me lembro de ter visto algo que venha a minha memória como bom/ótimo. Apesar da Iwatani ser uma das melhores e mais competentes lutadoras do mundo, não há como salvar algo que não recebe o tratamento que deveria. 

Vencedora: Kelly Klein

Justt: Ah, eu poderia vir aqui e falar como wrestling feminino é chato e uma paumolescência do caramba mas irei me poupar. Não sei muito sobre esse combate e, de fato, não me interessa. Mas como tem que escolher alguém, escolho a japonesa.

Vencedora: Mayu Iwatani


NYC STREET FIGHT MATCH: BULLY RAY VS. ??

Will: É um ultraje que o Bully Ray receba um combate no meio do card do evento mais importante das duas empresas no Estados Unidos. Eu não faço a menor ideia de quem irá aparecer, mas espero que seja alguém que varra o Bully Ray para bem longe.

 Vencedor: Minoru Suzuki

Justt: Eles anunciaram algumas horas atrás que seria o Juice Robinson a enfrentar o Bully Ray e isso prejudicou, para mim, qualquer hype que eu tinha esperando o Suzuki como o nosso amigo acima também ficou. É,


IWGP JR. HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: TAIJI ISHIMORI (C) VS. DRAGON LEE VS. BANDIDO

Will: Apesar do Bandido ter sido adicionado aleatoriamente ao combate, esse provavelmente deve ser o melhor combate pelo título em um longo tempo, provavelmente desde o Dominion do ano passado. Ishimori tem sido um bom campeão de "estabilização" após a saída de KUSHIDA e vem tendo um bom reinado, apesar de achar que provavelmente a NJPW não o utilizará como o Ace da divisão. Mas enfim, o combate tem todo potencial do mundo para roubar o show pela qualidade dos envolvidos e espero que eu esteja certo.

Vencedor: Taiji Ishimori

Justt: Isso aqui vai dar o pontapé as matches grandes do card. Bandido é um cara relativamente novo na cena ROH-NJPW e tem muito a provar pros executivos japoneses para garantir um possível lugar no Best of the Super Juniors desse ano e bookings constantes no futuro, assim como Dragon Lee fez anos atrás. Ishimori é sem dúvida o 'ace' da divisão dos juniors no momento visto que KUSHIDA foi embora e Hiromu está machucado, então acho muito difícil ele sair de Nova Iorque sem o título justamente por isso e por quem está desafiando-o. Falando no Hiromu, ele está cada vez mais próximo de voltar, então, o Ishimori vai ter que ficar um pouquinho mais como campeão.

Vencedor: Taiji Ishimori


TITLE VS. TITLE MATCH: GUERRILLAS OF DESTINY VS. PCO & BRODY KING VS. EVIL & SANADA VS. THE BRISCOES

Will: O combate é válido pelo IWGP Tag Team Championship e pelo ROH World Championship, onde ambos os times campeões (GoD e Villain Enterprises) farão suas primeiras defesas. Apesar da inesperada troca de títulos ter acontecido no ROH 17th Anniversary, já que eles praticamente haviam confirmado Briscoes vs. GoD no Honor Rising, esse é um combate que provavelmente veremos o público dando uma bela dormida após o combate anterior. As adições de última hora provavelmente somarão a qualidade do combate, mas o booking desleixado realmente não me anima para o combate.

Vencedores: EVIL & SANADA

Justt: Esse combate deu algumas voltas no booking mas se você parar para analisar o porquê de cada um estar ali, ele faz sentido. EVIL e SANADA não fazem tag praticamente desde que perderam os IWGP belts no Honor Rising e como cada um tem seu próprio problema para cuidar no Japão, acho difícil vê-los saírem com os dois títulos aqui. O que me parece certo e adequado na questão de booking, disponibilidade para estar tanto no Japão e América e coisas do tipo é os GoD saírem vencedores. Aí então eles podem ter o confronto com os Briscoes em um War of the Worlds da vida.

Vencedores: Guerrillas of Destiny


REVPRO BRITISH HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: ZACK SABRE JR. (C) VS. HIROSHI TANAHASHI

Will: Confesso que não esperava ver ambos figurando tão alto no card, principalmente por um título, o que foi uma grata surpresa. Sabre e Tanahashi estão empatados em confrontos individuais, com duas vitórias para cada lado, com Sabre possuindo vitórias no G1 27 e na final da New Japan Cup do ano passado e Tanahashi no Destruction de 2017 e na New Japan Cup deste ano. Acho que a qualidade de ambos os lados nem precisa ser descrita e o meu "piso" para o combate é ****1/2, já que prevejo os dois dando tudo de si, por Sabre estar representando seu país com o seu título em um evento tão importante e Tanahashi por estar realizando o sonho de lutar no Madison Square Garden, similar a seu herói, Tatsumi Fujinami.

Vencedor: Zack Sabre Jr.

Justt: Esse combate vai ser interessante. O build dele mostrou que o Tana é um mark do Fujinami e em um desses atos de mostrar que é um mark acabou vencendo e, consequentemente, eliminando Sabre Jr. da New Japan Cup desse ano. Eles estão 2-2 em confrontos desde que ZSJ colocou os pés na New Japan e esse vai ser um tiebreaker. Ao meu ver, o britânico vai reter o título aqui para recuperar seu momentum e porque vai ser ele que estará defendendo o cinturão no Reino Unido, enquanto Tanahashi, provavelmente, estará tirando fotos de seu cachorro para colocar no Instagram.

Mas há um porém e foi algo que discuti no lionMARKS, a NJPW fará um show especial na Inglaterra daqui alguns meses, o Royal Quest, e pode ser que Tanahashi vença no MSG e acabe sendo derrotado lá. Enfim, eu acho muito difícil de acontecer esse cenário e, bem, há planos maiores pro ZSJ, acredito eu, e vou explicar daqui a pouco.

Vencedor: Zack Sabre Jr.


IWGP INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP MATCH: TETSUYA NAITO (C) VS. KOTA IBUSHI

Will: Novamente, mais uma grata surpresa, já que esperava que esse combate seria o evento principal de um dos dias do Wrestling Dontaku. Naito e Ibushi possuem uma das melhores sequências de combates dos últimos anos desde o retorno de Ibushi em 2017 e não pode se esperar nada menos que algo grandioso aqui, já que esse é o maior e mais importante de ambos até o momento, com Ibushi levando a vantagem em 2 vitórias contra 1 de Naito. A grande questão é: o vencedor. Por mais que eu tenha certeza que o Naito irá faturar novamente o G1 deste ano, não sei se a NJPW fará ele perder duas vezes seguidas em um curto espaço de tempo. Meu coração diz Ibushi, mas a razão grita Naito.

Vencedor: Tetsuya Naito

Justt: Aparentemente a New Japan quer esquecer que os Golden Lovers existiram em 2018. Desde que o Ibushi apareceu em Osaka no mês de Fevereiro e disse que continuaria na empresa, o pessoal responsável pelos vídeos e promoção da New Japan fez apenas uma menção ao ano passado de Ibushi dizendo que ele teve "uma pequena run com o NEVER Openweight Championship". Se isso é bom? Talvez seja. Não vamos negar o fato que ele estava sendo um second do Kenny e envolvendo-se em rivalidades idiotas.

But it is what it is, temos um novo Ibushi na New Japan e, por ironia, ele vai enfrentar Tetsuya Naito novamente. Lembram quando isso aconteceu em 2017? Pois é, o tempo voa....Naito teve uma ótima defesa contra Taichi em Sapporo e vem de derrota contra o próprio Golden Star no início da New Japan Cup, então o booking da NJPW me faz acreditar que dificilmente ele venha ser batido novamente.

Falando neste momento, Naito tem grandes chances de estar no evento principal do Tokyo Dome novamente e, por mais que ele diga que ser um double-champion, dificilmente ele vai levar esse Intercontinental Championship por mais meses. Se ele perder no Dominion, ok. Se ele perder aqui, ótimo. Mas acho que isso tem muito pano pra manga e, bem, seria um bom fan-service se víssemos Ibushi a sair de Nova Iorque com o belt.

Vencedor: Kota Ibushi


ROH WORLD CHAMPIONSHIP - LADDER MATCH: JAY LETHAL (C) VS. MATT TAVEN VS. MARTY SCURLL

Will: Bom, boa sorte por seguir Naito e Ibushi, ainda mais se tratando de um combate que se baseará em spots. O fato da história do "real campeão" do Taven continuar me irrita enormemente, assim como o fato de ele estar no combate. Lethal conseguiu trazer de volta um pouco do prestígio para o ROH World Championship após os reinados desastrosos do Cody e Dalton Castle, fazendo bons combates e tendo boas rivalidades. Scurll, por outro lado, vem perseguindo o título há um longo tempo e acho que esse finalmente é o momento certo para colocar o título nele. De duas ou uma: ou Lethal retém e perde pro Cobb na próxima defesa, ou o Scurll vence e traz novos ares para o título, e a segunda opção me parece mais sensata no momento.

Vencedor: Marty Scurll

Justt: Tá, isso aqui vai ser uma ladder match e tem, talvez, o pior lugar no card. Mas tudo bem, é um combate de estipulação que o pessoal norte-americano gosta e o japonês não dá a mínima em condições normais. Então, devemos ver vários callbacks a Razor Ramon x Shawn Michaels, Matt Taven se matando e o dilema de Marty Scurll (ESCUTEM O LIONMARKS) em todo o seu esplendor. Assim como o Will, acredito que veremos o Villain sair daqui com o título e terá um reinado até seu contrato acabar e que dê tempo para eles construírem um Jeff Cobb ou o próprio Rush como possíveis ameaças.

Vencedor: Marty Scurll

IWGP HEAVYWEIGHT CHAMPIONSHIP MATCH: JAY WHITE (C) VS. KAZUCHIKA OKADA

Will: Eu sou um grande fã da rivalidade de ambos por ser uma das mais coesas e bem construídas rivalidades dos últimos anos, cumprindo toda sua premissa desde o início e fazendo as peças se encaixarem perfeitamente. Todos devem saber que os planos originais para o combate consistiam em Omega defendendo o título contra Okada, mas, sinceramente, vejo a atual história com mais bons olhos visando o futuro da empresa do que a anterior. 

White representa tudo o que aconteceu com Okada no ano passado, desde sua decaída como o campeão imbatível e líder indiscutível da CHAOS, para ter sua liderança contestada e ver seu maior rival no evento principal do Tokyo Dome, passando por cima do próprio Okada duas vezes para chegar até lá. White, por outro lado, cumpriu tudo o que prometeu desde o início e desbancou o reino de Okada e Tanahashi na NJPW, inclusive forçando Okada a trazer sua persona de Rainmaker de volta no Wrestle Kingdom para tentar derrota-lo, mas de nada adiantou, por estarmos diante da nova era do Switchblade. 

O combate marcará uma nova era para a NJPW em termos de história, já que os dois provavelmente serão o foco central do título nos próximos anos. Desde que o nível de apelação da história se mantenha, não há motivos para me opor, mas sim, apenas apreciar uma nova história sendo escrita no rico livro da NJPW.

Vencedor: Kazuchika Okada

Justt: Isso aqui era para ser Kenny vs. Okada V, mas AEW aconteceu e eles tiveram que usar o Jay White para cobrir o spot do Best Bout Machine. A redenção do Okada acabou sendo "rushada" em alguns meses e, se fosse o caso de termos Kenny ainda na NJPW, ele provavelmente já teria partido para outra lá no Tokyo Dome depois de vencer o Jay. Mas, enfim, essa rivalidade tem sido extremamente bem construída e a única coisa que atrapalha o White é o fato de ele falar inglês e isso deixar ele parecendo um goofy aos olhos dos orientais.

É estranho pensar que podemos ter dois reinados seguidos do IWGP Heavyweight Championship com nenhuma defesa bem sucedida, mas tempos desesperados pedem medidas desesperada. Obviamente que essa feud vai se alongar por mais tempo, claro, que com esfriadas em certos pontos mas sempre voltará a tona quando for preciso.

Vejo Okada sair vencedor aqui pois Jay White, por mais ótimo que seja, não tem adversários críveis para agora e, como disse, Tetsuya Naito tem tudo para ir ao main event do Tokyo Dome e quem melhor que Okada para ser a outra parte nessa jornada? Aliás, uma vitória aqui de Okada abre espaço para, talvez, um desafio de Zack Sabre Jr. no Dontaku, o SANADA que ele derrotou na final da New Japan Cup e, claro, Hiroshi Tanahashi que ainda não teve sua revanche. Vai ser interessante, amigos, e acho que a NJPW vai mandar todos nós "pra casa" bastante felizes.

Vencedor: Kazuchika Okada

Sobre / Contato / Anuncie/Advertise / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites