Wrestling Culture: 7 WWE Superstars que se aventuraram na música

É muito comum vermos WWE Superstars ou ex-WWE Superstars tentando carreira em outras áreas do entretenimento ao participar de filmes, séries ou lançar livros contando suas experiências. Alguns partem para o mundo da música e as vezes até chegam a lançar álbuns e manter uma carreira sólida.

Então hoje nós vamos falar sobre 7 WWE Superstars ou que já foram e que se aventuraram por esse mundo fonográfico, seja de forma mais amadora lançando apenas um single, seja de forma mais profissional.

Dance All Night - Trinity


Lançada em 2014, "Dance All Night" foi o primeiro single da cantora Trinity, ou melhor, da 2 vezes SmackDown Women's Champion, Naomi. A música junto com o clipe começou a ser divulgado em maio de 2014 enquanto ela participava do Total Divas. O processo de criação da música e do clipe também foi coberto pelo reality.

O clipe ainda conta com a participação do seu marido, o também WWE Superstar, Jimmy Uso. Até o momento, este foi o único investimento dela nessa área, não lançando mais nenhum single ou álbum. Outro momento da vida dela que mais se aproximou da música foi quando ela atuou como dançarina do rapper Flo Rida entre 2007 e 2009.

Bye Bye - Ariane


Conhecida na WWE como Cameron onde ganhou notoriedade sendo parte do The Funkadactyls junto a Naomi, Ariane lançou em 2014 o seu primeiro single intitulado "Bye Bye" ao lado do rapper Ice. A gravação da música também foi noticiado pelo reality Total Divas, assim como o single da Trinity.

A música "Bye Bye" ainda serviu de base para sua gimmick e theme song até o período de 2016 em que ela permaneceu na WWE. Em 2015, ela lançou um novo single chamado "#WrongNumber" que foi tema da campanha anti-bullying que ela tinha iniciado.

Phoenix - Real1


Após a sua polêmica saída da WWE, Enzo Amore, sob o nome de Real1, lançou, em maio de 2018, seu primeiro single no mundo do rap. Intitulado de "Phoenix", a música teve seu clipe divulgado no canal do WorldStarHipHop no YouTube e hoje já conta com mais de três milhões de visualizações.

Uma segunda música, chamada de "Bury Me a G", foi lançado em junho do mesmo ano também no canal WorldStarHipHop. Em novembro, ele usou o nome de nZo para lançar o álbum "Rosemary's Baby Pt. 1: Happy Birthday" que conta com 13 faixas inéditas e está disponível em diversas plataformas de streaming.

Bad, Bad Man - John Cena


Além da sua incrível carreira no wrestling, John Cena também é um rapper. Ele gravou a sua antiga theme song, "Basic Thuganomics", e a música "Untouchables" para dois álbuns da WWE lançados em 2004. Ele ainda colaborou para o remix de "H-U-S-T-L-E" junto aos rappers Murs, E-40 e Chingo Bling no mesmo ano.

Seu álbum de estreia, o "You Can't See Me", foi lançado em 2005 com 17 faixas, incluindo a sua atual theme-song, "The Time is Now", e o single "Bad, Bad Man". Cena também já participou de outras músicas ao lado de artistas como The Perceptionists e T-Boz. Em 2014, ele esteve em duas músicas ao lado de Wiz Khalifa para a trilha sonora do WWE 2K15.

Over & Over - Lilian Garcia


A relação de uma das maiores ring announcer da história da WWE, Lilian Garcia, com a música vem desde a sua infância ao participar de concursos de canto já com cinco anos. Na WWE, já cantou a música "America The Beautiful" no início de três WrestleManias - 2000, 21 e 27.

O álbum "¡Quiero Vivir!", o primeira da sua carreira, foi lançado em 2007 com 12 faixas. Em 2012, ela lançou um EP chamado "My Time" que conta com 6 músicas em inglês, incluindo a canção "Over & Over". Desde então, ela já lançou 6 singles que estão disponíveis no Spotify, sendo "Vale la Pena" o último a ter sido disponibilizado em 2018.

I Don't Give A - Mickie James


A carreira de Mickie James no mundo da música country iniciou em 2010 com o lançamento do álbum "Strangers & Angels". Após isso, ela lançou o single "Hardcore Country" que foi a sua theme song na TNA. Em 2013, ela lançou seu segundo álbum, o "Somebody's Gonna Pay", onde o clipe do primeiro single, que também se chama "Somebody's Gonna Pay", teve a participação de Trish Stratus.

James já fez uma turnê pelos Estados Unidos com pequenos concertos em várias localidades e também já abriu o show para grandes artistas country como Montgomery Gentry e Rascal Flatts. Em 2014, ela e o ex-WWE Superstar James Storm participaram da música "Is Everybody Doing OK" que foi incluída no álbum "King of Clubs" do cantor Cowboy Troy.

No ano de 2017, ela foi induzida ao The Native American Music Awards Hall of Fame e ganhou o prêmio de música do ano pela canção "Shooting Blanks". Ela vem lançando singles desde 2016 para um terceiro álbum, e o seu último trabalho é a música "I Don't Give A" cujo clipe estreio no dia 16 de abril desse ano.

Burn Me Out - Fozzy


Em entrevistas, Chris Jericho já revelou que o sonho de infância dele sempre foi ser um wrestler e uma estrela do rock, e acho que podemos dizer que ele realizou ambos os sonhos. Desde 1999, ele é o vocalista da banda Fozzy, uma mistura de Metallica e Journey segundo Jericho.

A banda já lançou sete álbuns de estúdio e teve a colaboração de M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold, na música "Sandpaper" que fez parte do álbum "Sin and Bones" lançado em 2012. O último trabalho do grupo se chama "Judas" e foi lançado em 2017. O lead single do álbum foi tema do NXT TakeOver: Chicago e theme song de Jericho na NJPW. O último clipe lançado foi "Burn Me Out" em 2018.

Com isso, chegamos ao fim de mais um Wrestling Culture. Deixem seus comentários sobre a edição de hoje e recomendações para próximas edições. Até a próxima.
É muito comum vermos WWE Superstars ou ex-WWE Superstars tentando carreira em outras áreas do entretenimento ao participar de filmes, séries ou lançar livros contando suas experiências. Alguns partem para o mundo da música e as vezes até chegam a lançar álbuns e manter uma carreira sólida.

Então hoje nós vamos falar sobre 7 WWE Superstars ou que já foram e que se aventuraram por esse mundo fonográfico, seja de forma mais amadora lançando apenas um single, seja de forma mais profissional.

Dance All Night - Trinity


Lançada em 2014, "Dance All Night" foi o primeiro single da cantora Trinity, ou melhor, da 2 vezes SmackDown Women's Champion, Naomi. A música junto com o clipe começou a ser divulgado em maio de 2014 enquanto ela participava do Total Divas. O processo de criação da música e do clipe também foi coberto pelo reality.

O clipe ainda conta com a participação do seu marido, o também WWE Superstar, Jimmy Uso. Até o momento, este foi o único investimento dela nessa área, não lançando mais nenhum single ou álbum. Outro momento da vida dela que mais se aproximou da música foi quando ela atuou como dançarina do rapper Flo Rida entre 2007 e 2009.

Bye Bye - Ariane


Conhecida na WWE como Cameron onde ganhou notoriedade sendo parte do The Funkadactyls junto a Naomi, Ariane lançou em 2014 o seu primeiro single intitulado "Bye Bye" ao lado do rapper Ice. A gravação da música também foi noticiado pelo reality Total Divas, assim como o single da Trinity.

A música "Bye Bye" ainda serviu de base para sua gimmick e theme song até o período de 2016 em que ela permaneceu na WWE. Em 2015, ela lançou um novo single chamado "#WrongNumber" que foi tema da campanha anti-bullying que ela tinha iniciado.

Phoenix - Real1


Após a sua polêmica saída da WWE, Enzo Amore, sob o nome de Real1, lançou, em maio de 2018, seu primeiro single no mundo do rap. Intitulado de "Phoenix", a música teve seu clipe divulgado no canal do WorldStarHipHop no YouTube e hoje já conta com mais de três milhões de visualizações.

Uma segunda música, chamada de "Bury Me a G", foi lançado em junho do mesmo ano também no canal WorldStarHipHop. Em novembro, ele usou o nome de nZo para lançar o álbum "Rosemary's Baby Pt. 1: Happy Birthday" que conta com 13 faixas inéditas e está disponível em diversas plataformas de streaming.

Bad, Bad Man - John Cena


Além da sua incrível carreira no wrestling, John Cena também é um rapper. Ele gravou a sua antiga theme song, "Basic Thuganomics", e a música "Untouchables" para dois álbuns da WWE lançados em 2004. Ele ainda colaborou para o remix de "H-U-S-T-L-E" junto aos rappers Murs, E-40 e Chingo Bling no mesmo ano.

Seu álbum de estreia, o "You Can't See Me", foi lançado em 2005 com 17 faixas, incluindo a sua atual theme-song, "The Time is Now", e o single "Bad, Bad Man". Cena também já participou de outras músicas ao lado de artistas como The Perceptionists e T-Boz. Em 2014, ele esteve em duas músicas ao lado de Wiz Khalifa para a trilha sonora do WWE 2K15.

Over & Over - Lilian Garcia


A relação de uma das maiores ring announcer da história da WWE, Lilian Garcia, com a música vem desde a sua infância ao participar de concursos de canto já com cinco anos. Na WWE, já cantou a música "America The Beautiful" no início de três WrestleManias - 2000, 21 e 27.

O álbum "¡Quiero Vivir!", o primeira da sua carreira, foi lançado em 2007 com 12 faixas. Em 2012, ela lançou um EP chamado "My Time" que conta com 6 músicas em inglês, incluindo a canção "Over & Over". Desde então, ela já lançou 6 singles que estão disponíveis no Spotify, sendo "Vale la Pena" o último a ter sido disponibilizado em 2018.

I Don't Give A - Mickie James


A carreira de Mickie James no mundo da música country iniciou em 2010 com o lançamento do álbum "Strangers & Angels". Após isso, ela lançou o single "Hardcore Country" que foi a sua theme song na TNA. Em 2013, ela lançou seu segundo álbum, o "Somebody's Gonna Pay", onde o clipe do primeiro single, que também se chama "Somebody's Gonna Pay", teve a participação de Trish Stratus.

James já fez uma turnê pelos Estados Unidos com pequenos concertos em várias localidades e também já abriu o show para grandes artistas country como Montgomery Gentry e Rascal Flatts. Em 2014, ela e o ex-WWE Superstar James Storm participaram da música "Is Everybody Doing OK" que foi incluída no álbum "King of Clubs" do cantor Cowboy Troy.

No ano de 2017, ela foi induzida ao The Native American Music Awards Hall of Fame e ganhou o prêmio de música do ano pela canção "Shooting Blanks". Ela vem lançando singles desde 2016 para um terceiro álbum, e o seu último trabalho é a música "I Don't Give A" cujo clipe estreio no dia 16 de abril desse ano.

Burn Me Out - Fozzy


Em entrevistas, Chris Jericho já revelou que o sonho de infância dele sempre foi ser um wrestler e uma estrela do rock, e acho que podemos dizer que ele realizou ambos os sonhos. Desde 1999, ele é o vocalista da banda Fozzy, uma mistura de Metallica e Journey segundo Jericho.

A banda já lançou sete álbuns de estúdio e teve a colaboração de M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold, na música "Sandpaper" que fez parte do álbum "Sin and Bones" lançado em 2012. O último trabalho do grupo se chama "Judas" e foi lançado em 2017. O lead single do álbum foi tema do NXT TakeOver: Chicago e theme song de Jericho na NJPW. O último clipe lançado foi "Burn Me Out" em 2018.

Com isso, chegamos ao fim de mais um Wrestling Culture. Deixem seus comentários sobre a edição de hoje e recomendações para próximas edições. Até a próxima.

Sobre / Contato / Anuncie/Advertise / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites