WWE restringe uso de lutadores do NXT UK no cenário independente europeu

A WWE restringirá as aparições de todos os lutadores de sua divisão britância, NXT UK, em outras empresas do cenário independente europeu. Segundo relata o portal Voices of Wrestling, a empresa já teria comunicado ou comunicará dentro de alguns dias as empresas que agora não podem contar com nenhum talento inglês que esteja sob contrato com a empresa de Stamford.

Essa política inclui duas novas mudanças destacadas: o primeiro é que as empresas afiliadas como PROGRESS ou wXw não poderão transmitir qualquer combate em seu serviço sob demanda com alguns de seus lutadores da divisão britânica. Esses lutadores podem aparecer nos shows, mas em combates que não estejam sendo transmitidos.

Quando foram contratados pela WWE, os talentos da divisão britânica assinaram três tipos de contratos: o primeiro é o mais exclusivo, assinado por lutadores como Pete Dunne, que está restringido a realizar aparições apenas em eventos de empresas afiliadas. Os outros dois tipos permitem ao lutador lutar a sua escolha em qualquer promotora independente.

Está ainda nesse contexto a segunda mudança importante que refere-se as aparições de todas as estrelas da divisão. O portal informa que a WWE estaria restringindo ainda mais as aparições de seus lutadores para que só apareçam nos programas do NXT UK.

Essas mudanças significam uma mudança de políticas dentro da empresa de Stamford. A partir de agora, qualquer talento britânico contratado pela empresa já não poderá aparecer mais em shows do cenário independente europeu.
A WWE restringirá as aparições de todos os lutadores de sua divisão britância, NXT UK, em outras empresas do cenário independente europeu. Segundo relata o portal Voices of Wrestling, a empresa já teria comunicado ou comunicará dentro de alguns dias as empresas que agora não podem contar com nenhum talento inglês que esteja sob contrato com a empresa de Stamford.

Essa política inclui duas novas mudanças destacadas: o primeiro é que as empresas afiliadas como PROGRESS ou wXw não poderão transmitir qualquer combate em seu serviço sob demanda com alguns de seus lutadores da divisão britânica. Esses lutadores podem aparecer nos shows, mas em combates que não estejam sendo transmitidos.

Quando foram contratados pela WWE, os talentos da divisão britânica assinaram três tipos de contratos: o primeiro é o mais exclusivo, assinado por lutadores como Pete Dunne, que está restringido a realizar aparições apenas em eventos de empresas afiliadas. Os outros dois tipos permitem ao lutador lutar a sua escolha em qualquer promotora independente.

Está ainda nesse contexto a segunda mudança importante que refere-se as aparições de todas as estrelas da divisão. O portal informa que a WWE estaria restringindo ainda mais as aparições de seus lutadores para que só apareçam nos programas do NXT UK.

Essas mudanças significam uma mudança de políticas dentro da empresa de Stamford. A partir de agora, qualquer talento britânico contratado pela empresa já não poderá aparecer mais em shows do cenário independente europeu.

Sobre / Contato / Anuncie/Advertise / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites