Jimmy Havoc e Excalibur se envolvem em uma briga na frente de Tony Khan

De acordo com o Ringside News, repercutiu a briga que ocorreu entre quinta e sexta-feira em um conhecido restaurante de Baltimore, onde o comentarista e produtor da AEW, Tony Schiavone, comemorou seu aniversário. De acordo com o site mencionado acima, o que começou como um confronto verbal entre o lutador Jimmy Havoc e o comentarista Excalibur rapidamente passou para o nível físico, tudo na frente do proprietário da empresa, Tony Khan.

Aparentemente, Havoc havia bebido demais e, a certa altura da noite, começou a gritar e tentou dar um soco em Excalibur, que esquivou e fez uma chave de estrangulamento contra Havoc. Naquele momento, um dos seguranças do restaurante apareceu e libertou o lutador do comentarista que, longe de terminar o confronto,  Havoc acertou o comentarista com outro soco. Segundo os presentes, esse golpe que Excalibur recebeu, que resultou em uma nova briga entre os dois e para apaziguar a confusão, os seguranças retiraram Havoc do restaurante.

Esses mesmos seguranças tentaram acalmar o lutador. Excalibur também saiu, para conversar com seu parceiro e tentar consertar as coisas, mas Havoc ainda estava muito chateado e disse, gritando, que ele não queria falar com ele e até jogou seu celular, o comentarista se esquivou, e o aparelho foi bater na parede, quebrando o mesmo. Nesse momento, a equipe de segurança teve que intervir novamente para separar os dois e escoltar Excalibur de volta ao restaurante enquanto outros levaram Havoc de volta ao hotel.

Depois de alguns dias, parece que as coisas se acalmaram. Pelo menos, foi o que Tony Khan disse ontem na coletiva de imprensa após o pay-per-view Full Gear, no qual confirmou o que aconteceu, mas também garantiu que o lutador e o comentarista resolveram as coisas, aos quais acrescentou que Havoc está muito arrependido e envergonhado de seu comportamento.
De acordo com o Ringside News, repercutiu a briga que ocorreu entre quinta e sexta-feira em um conhecido restaurante de Baltimore, onde o comentarista e produtor da AEW, Tony Schiavone, comemorou seu aniversário. De acordo com o site mencionado acima, o que começou como um confronto verbal entre o lutador Jimmy Havoc e o comentarista Excalibur rapidamente passou para o nível físico, tudo na frente do proprietário da empresa, Tony Khan.

Aparentemente, Havoc havia bebido demais e, a certa altura da noite, começou a gritar e tentou dar um soco em Excalibur, que esquivou e fez uma chave de estrangulamento contra Havoc. Naquele momento, um dos seguranças do restaurante apareceu e libertou o lutador do comentarista que, longe de terminar o confronto,  Havoc acertou o comentarista com outro soco. Segundo os presentes, esse golpe que Excalibur recebeu, que resultou em uma nova briga entre os dois e para apaziguar a confusão, os seguranças retiraram Havoc do restaurante.

Esses mesmos seguranças tentaram acalmar o lutador. Excalibur também saiu, para conversar com seu parceiro e tentar consertar as coisas, mas Havoc ainda estava muito chateado e disse, gritando, que ele não queria falar com ele e até jogou seu celular, o comentarista se esquivou, e o aparelho foi bater na parede, quebrando o mesmo. Nesse momento, a equipe de segurança teve que intervir novamente para separar os dois e escoltar Excalibur de volta ao restaurante enquanto outros levaram Havoc de volta ao hotel.

Depois de alguns dias, parece que as coisas se acalmaram. Pelo menos, foi o que Tony Khan disse ontem na coletiva de imprensa após o pay-per-view Full Gear, no qual confirmou o que aconteceu, mas também garantiu que o lutador e o comentarista resolveram as coisas, aos quais acrescentou que Havoc está muito arrependido e envergonhado de seu comportamento.

Sobre / Contato / Anuncie/Advertise / Disclaimer / Política de Privacidade / Press Release

online / Design por: Ericki Chites